História My Paradise - 2Jae - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Jaebum, Jinyoung, Markson, Youngjae, Yugbam
Visualizações 461
Palavras 973
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello bbs💕

Capítulo 12 - Presos no escuro


Fanfic / Fanfiction My Paradise - 2Jae - Capítulo 12 - Presos no escuro

Minhas bochechas estavam muito quentes, fiquei paralisado sem pronunciar nada. Olhei para JaeBum e o mesmo sorria com a minha reação. Me afastei dele cobrindo meu rosto com as mãos. 

E se essa moça tiver ouvido o gemido que dei?  Não quero nem pensar. Que vergonha! 


- Essa cabine está ocupada! - ele diz e logo vejo a moça se afastar da porta.

- B-Bummie aqui não é lugar pra isso! - digo levantando minha boxer. - Que vergonha! 

- Você que me deixa assim! - cruzou os braços e sentou  no pequeno banquinho que tinha no trocador. - Eu só queria te fazer um carinho. 

- Dentro de uma loja, no shopping? Belo lugar em. - Ele ri. 

- Vamos continuar isso em casa, o que acha? - se levanta e me prensa na parede encostando nossos narizes e selando nossos lábios. 

- Eu não sei se estou pronto pra isso. - nossos olhares se conectam. 


Eu estou o amando. Sim estou, isso é uma certeza que tenho. Ele é tão maravilhoso comigo. Até pouco tempo atrás eu jamais imaginaria que encontraria alguém que fizesse meu coração acelerar a ponto fazer minha respiração ficar pesada, mas, agora eu sinto que encontrei a pessoa perfeita pra mim. E sim essa pessoa é esse ser tarado.


- Ok, eu vou me controlar então. Eu respeito o seu tempo. 

- Sério? - ponho meus braços em volta do seu pescoço. 

- Sim. Vou evitar ficar sem camisa perto de você, sempre que estiver no quarto vou me trocar no banheiro pra não te apressar e... 

- NÃO! - digo alto e logo tampo minha boca. 

- Por que não? - ele sorri travesso.

- Porque eu adoro te ver sem roupa. - faço bico e logo fico corado ao perceber o que falei.

- Depois eu que sou safado! Eu percebi as vezes que  você ficou me espiando  quando tomamos banho juntos. - mordeu o lábio e passou a mão delicadamente nos meus fios de cabelo. 

- É q-que... - sou interrompido quando ele junta nossas bocas num beijo. 

- Bom, já estamos aqui tempo demais. Vou sair para que você se troque. - assenti e ele me deixou só no pequeno espaço quadriculado. 


Conforme ia vestindo as peças de roupa abria a cabine e mostrava como tinha ficado para ele que sempre dizia coisas como, "Amor você está lindo!" , "Assim você me mata do coração!" , "Vou te processar por ser tão lindo, e depois vou ser seu advogado só pra você ter que ir no meu escritório falar comigo e eu te agarrar na minha sala."  Eu e a atendente riamos com isso.

Depois de pagar as roupas voltamos para casa. Durante o caminho de volta ficamos conversando sobre a vergonha que passei, se isso acontecer de novo eu vou ter um infarto!


- Que bom que chegaram o almoço já está pronto. - diz Katy se levantando do sofá e nos ajudando com as sacolas. 


Fomos para o quarto e guardamos minhas roupas novas logo em seguida descemos para almoçar. 


- Katy o cheiro está ótimo! - elogio enquanto ela nos serve.

- A Katy é a melhor cozinheira que conheço. - JaeBum diz começando a comer.

- Obrigada meus amores! Ainda vai sair hoje? 

- Jae que tal irmos ao cinema? - sorrio.

- Boa idéia, eu quero! - ele sorri e pega o celular. 

- Tem um filme bem legal que está em cartaz, daqui a pouco te mostro o trailer. Já vou comprar os ingressos tudo bem? - assenti enquanto comia.


Passamos a tarde conversando e contando os micos que já passamos durante a adolescência e infância. 

Quando eram cinco e quarenta decidimos ir nos arrumar para ir ao cinema. 


- Pega um casaco, está frio lá fora. - entreguei um moletom pra ele antes de sairmos de casa. 

- Ok! Senhor preocupação. - sorrimos. 

- Já está na hora do filme? - pergunto massageando  meus fios de cabelo.

- Faltam... - olha a hora no relógio. - trinta minutos. 

- Vamos se não iremos perder a hora. - puxo seu braço e saio correndo do quarto. 

- Quero meu beijo antes! - fez bico pra mim.

- Ok meu amor!  - sorrimos e colamos nossos lábios num beijo calmo. Toda vez que sinto seus lábios me arrepio todo, seus beijos são tão maravilhosos fico perdido neles. Separamos nossos lábios por falta de ar. 

- Agora podemos ir! - saímos de casa e fomos para o carro. 


Era um filme de ação e eu chorei. Chorei quando um personagem morreu. JaeBum começou a rir de mim e levou alguns tapas no braço. 

O filme acabou e já era um pouco tarde da noite passava das nove e quinze. 


- Bummie é melhor voltar pelo mesmo caminho. 

- É só um pequeno atalho para sairmos mais a frente. - entramos numa estrada escura e começamos a ouvir barulhos. 

- B-Bummie o que é isso? - pergunto olhando para os lados. 

- Uma cachorra no cio. - ele aponta numa direção onde tinha vários cachorros juntos brigando por uma. Do nada o carro para com um barulho que me assustou. - Ah não. 

- O-O que f-foi isso? 

- O pneu estourou. Vou ter que trocar. 

- Eu tô com medo Bummie. - abraço ele que beija minha bochecha. 

- Fica aqui eu vou trocar o pneu. 

- É perigoso. - insisto para ele ficar.

- Eu vou trocar rápido para irmos para casa Ok?!  - assenti e ele saiu do carro.


Enquanto ele trocava o pneu eu olhava para todos os lados, ainda dentro do carro com medo. 

Me arrepio todo quando vejo uma pessoa. Parecia ser uma mulher, ela estava toda de preto e carregava uma cesta. 

E se for uma bandida? E se ela não estiver sozinha? Eu tô parecendo o Mark com as teorias. 


Socorro. 

Eu tô com medo!!!



                          ••••



Notas Finais


Se fosse eu já tinha infartado ali mesmo

Se acalma JaeJae!

Bye💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...