História My Paradise - 2Jae - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Jaebum, Jinyoung, Markson, Youngjae, Yugbam
Visualizações 429
Palavras 850
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello bbs💕
Eu não estava mais me aguentando para postar logo esse capítulo, então dêem amor a ele ❤

JaeJae super normal nessa foto 😂😂❤❤

Capítulo 13 - Pequena anjinha


Fanfic / Fanfiction My Paradise - 2Jae - Capítulo 13 - Pequena anjinha

- B-Bummie? - o chamei com a voz trêmula por estar imaginando que ela pode ser uma assassina ou coisa do tipo. - Bummie? - me encolhi no banco abraçando meus joelhos. 

- O que foi? - perguntou pondo o rosto na janela do carro.

- Eu vi uma mulher esquisita vestida de preto. - ele olhou pra frente logo avistando a mulher sair correndo e deixando a cesta no chão. 

- Parece que ela já foi. - volta o olhar pra mim. - Amor não se preocupa já vamos embora, só vou lavar minhas mãos com a água que eu trago no porta malas pra alguma emergência. - assenti e ele abriu o porta malas e foi lavar as mãos. 


O que será que essa mulher veio fazer aqui, num beco escuro a essa hora da noite? 

O que tem naquela cesta? 

O que pode ter ali para aquela mulher deixar no chão e sair correndo? 

Seria algo que queria se livrar? 

Será que tem uma bomba ali dentro? Seriam drogas? Seria uma arma que ela pode ter usado pra matar alguém? 

Choi Youngjae você só pensa besteira! Pode ser que não tenha nada ali. 

Mas por que ela saiu correndo desse jeito? 

Eu quero logo ir pra casa para parar de ter essas paranóias! 


- Pronto, já podemos ir! - entra no carro logo fechando a porta e colocando o cinto. 

- Bummie aqui é assustador. - coloco minha cabeça em seu peito o abraçando com força. 

- Calma sunshine. - levantei meu rosto e ele selou nossos lábios. - Já vamos pra casa. 


Me ajeitei no banco e ele ligou o carro e deu partida. 

Estava tudo silencioso e para o meu alívio não estava vendo mais ninguém andando por ali. 

Ufa! 

Mas para o meu desespero, começo a ouvir um... Choro? 


- Bummie para o carro! 

- Pra que? - ele me olha confuso. 

- Não está ouvindo esse choro? - ele para o carro e pude ouvir com mais clareza. 

-  De onde está vindo? 

- Olha o que está do lado de fora do carro. - olhamos diretamente para a cesta que fora deixada no chão por aquela mulher esquisita. 

- Parece um choro de criança. - tirei meu cinto de segurança e abri a porta logo colocando um pé para fora. - Jae o que está fazendo? 

- Vou olhar o que tem nessa cesta. - saio do carro.

- Amor é perigoso ficar aqui dando sopa pra bandidos. - falou preocupado. 

- Se não aconteceu nada com nós dois esse tempo todo não vai acontecer só enquanto eu olho o que é isso.

- Youngjae!  - me chama enquanto eu fecho a porta e olho em volta. 


Isso é assustador! 

Se eu estou com medo? Claro que sim. Se fosse um pouco mais medroso já teria feito xixi nas calças. 

O choro fica mais alto e agora eu tenho certeza. 

É uma criança. 

Pra ser mais direto, esse é o choro de um bebê. 

Corro em direção a cesta sendo seguido por JaeBum. Tinha um lençol cobrindo ela. Rapidamente o puxo e me deparo com um bebê chorando, com lágrimas no rostinho pequenino de anjinho. 

Me ponho de joelhos no chão, meus olhos marejam e as lágrimas não tardam para molhar todo meu rosto. 


- BUMMIE!  - grito para o mesmo que vem correndo e se agacha ao meu lado. - Um bebê. - olho para ele fungando.


Como alguém pode fazer isso com uma criança?  Como alguém pode jogar um bebê fora? Porque foi isso que aquela bruxa fez. Jogou uma criança inocente na rua. 

Bummie afasta um pouco o pano que cobria o pequeno a nossa frente.


- É uma menina. - pego a pequena em meus braços e começo a balançar a mesma numa tentativa de fazê-la parar de chorar. 

- Bummie ela tá com frio. - digo vendo o queixo da garotinha batendo e sua pele ficando roxa. Ele tira o moletom que vestia e cobre a pequena ainda nos meus braços.

- Entra com ela no carro! - assim fiz. Levei ela para dentro do automóvel e ele logo me seguiu adentrando o mesmo. 

- Vamos levar ela pra casa. Eu preciso cuidar dela, a barriguinha dela está vazia. Deve estar morrendo de fome. - digo chorando abraçando a bebê que já parava de chorar. Já havíamos saído do atalho e entramos numa rua próxima de casa. 

- Olha o que estava na cesta. - ele me entrega uma carta e acende a luz do carro para que eu possa ler.



       "Eu não tenho como cuidar dessa praga que só atrapalhou minha juventude. Perdi longos nove meses sem sair de casa por vergonha de dizer que estava grávida e que a peste que estava esperando não tem um pai. 

Se encontrar ela antes que morra fique com ela. Ou a deixe morrer de vez. 

Eu odeio essa menina com todas as minhas forças!" 


Me derreti em lágrimas e agarrei mais ainda a menina contra meu peito.


- Vamos cuidar de você anjinha! - digo e dou um beijinho na pequena em meus braços. 



                         ••••



Notas Finais


Eu tô chorando!!!! 💔😭😭


Bye💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...