História My perdition - Imagine Jimin hot - BTS - Capítulo 44


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 2.297
Palavras 1.032
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ♥

Capítulo 44 - Telling The Truth


Fanfic / Fanfiction My perdition - Imagine Jimin hot - BTS - Capítulo 44 - Telling The Truth

Fico mais um tempo deitada, até que me levanto, vou no banheiro e tomo um banho rápido. Quando termino coloco meu pijama e dou uma arrumada na minha casa, pois faz 6 meses que não arrumo nada. Estou arrumando a sala, até que sinto alguém me observando pela janela, vou até ele não vejo ninguém, então fecho a cortina e continuo, quando termino era 21:30, me sento no sofá exausta e fico olhando pro nada, me levanto e vou pro meu quarto, me deito e facilmente apago.

Acordo com o alarme, me levanto, tomo um banho, coloco o uniforme e vou pra escola, como sempre quando os alunos me viam, se eles estivessem sorrindo, o sorriso sumia quando me via, acho que eles querem mostrar que também estão tristes com a morte do Jimin, mas assim eles só fazem a dor que eu tenho no meu peito crescer. Vou pra minha sala. Quando entro, Baekhyun da um sorriso pra mim, retribuo e sento no meu lugar, logo o professor chega e começa a aula. 

Já se passaram os 3 primeiros horários, então o sinal toca, saio junto a Baekhyun da sala, ele me pede pra ir com ele no refeitório, no começo recusei, mas ele me pediu fazendo aegyo, então aceitei ir. Quando pisei o pé na entrada da cantina todos olharam pra mim, os sorrisos como sempre desapareceram e um silêncio tomou conta do lugar, do nada me deu uma vontade de chorar, não aguentava mais isso, então vou até o meio do refeitório e digo (grito) já quase chorando :

-  Por que vocês estam me tratando assim ? Por que toda vez que entro em qualquer lugar dessa escola, todos os sorrisos desaparecem e todo mundo fica em silêncio ? Sei que a maioria faz isso pra mostrar que também estão tristes pela morte do Jimin ! Mas com esses atos vocês só me fazem pensar mais nele, querer mais que ele volte e fique comigo, com esses atos vocês só fazem aumentar a dor que está no meu coração, só fazem a saudade aumentar ! Eu só voltei a estudar pra mim tentar esquecer um pouco tudo que aconteceu, mas como vocês me tratam só me faz mais mau, só me fazem ter mais vontade de desistir dessa vida, só me fazem ficar cada vez mais triste ! Por favor não me tratem assim ! Fingem que não estou aqui ou agem pelo menos naturalmente ! Assim vocês só fazem eu me sentir mais triste... Digo já chorando sem parar, todos estavam olhando pra mim, saio correndo de lá e consigo ouvir Baekhyun me chamando, mas eu não queria parar de correr, queria que aquela dor passasse, meu coração está doendo como se alguém tivesse enfiado uma faca nele, por que temos que sentir saudades, sentir essa tristeza quando alguém que a gente ama vai embora ? Sinto que é melhor eu me matar, assim não vou me sentir tão triste e essa dor vai sumir... 

Paro de correr quando chego no terraço da escola, o céu está todo cinza, quase preto, com certeza vai chover, do nada começa a trovejar, fico em pé na beirada do terraço, podendo sentir o vento frio bater sobre o meu rosto, os meus fios ficarem voando no ar e minhas mãos começarem a suar e ficar frias, meu coração ainda dói como da vez que Jimin morreu nos meus braços, pensei que ia passar, mas a cada dia aumenta mais, é melhor eu acabar com tudo aqui, assim essa dor vai passar, inclino o meu corpo mais pra frente e quando vou saltar, braços envolvem minha cintura e me puxa contra o seu corpo, me viro e vejo Baekhyun, tento me soltar dos seus braços, me debato e ele continua me segurando, cada vez mais forte, ele estava me olhando com um olhar triste, começo a chorar e não paro de me debater, então ele diz :

- pra que você quer fazer isso ? Diz ele se referindo a eu me matar.

Paro de me debater, o olho nos olhos e então digo :

- eu só quero que essa dor que está no meu peito suma, só quero parar de sofrer... Digo chorando.

Ele me abraça e então diz :

- por que você está sofrendo tanto ?

Fico pensando se devo dizer pra ele e então digo sem olhar nos seus olhos :

- a pessoa que eu mais amei me deixou pra sempre... a pessoa que era dona do meu sorriso, lágrimas e tudo, morreu...

Quando digo isso Baekhyun me abraça mais forte, ficamos em silêncio, até que começa a chover, mas mesmo assim ele não me soltou, ficamos lá abraçados debaixo da chuva, eu chorando e ele me abraçando. Me separo, o olho e então ele diz :

- vem... Diz ele me puxando levemente pelo pulso, não hesito, vou com ele, passamos por um lugar onde não havia nenhum aluno, ele me deixou em um lugar e foi até a nossa sala pegar nossas mochilas. Passam-se alguns minutos e ele aparece, ele entrelaça nossas mãos e nós saímos correndo debaixo da chuva, até que nós paramos em frente a uma casa, o olho e então digo :

- pra onde estamos indo ?

Ele dá um pequeno sorriso, abri a porta da casa e me puxa pra dentro, era uma casa arrumada, olho pra ele e então ele diz :

- essa é minha casa, se sinta a vontade.

O olho e fico parada olhando tudo, então ele me puxa e me senta no sofá, eu estava toda molhada, então digo :

- o sofá vai ficar todo molhado...

Ele rir e diz :

- não tem problema. Diz ele dando um sorriso, ele se senta ao meu lado e continua a dizer :

- você pode me contar mais sobre essa pessoa que você amava que morreu ?

O olho com um olhar triste e então ele diz :

- se você não quiser não contar, não precisa.

Sem pensar muito começo a contar tudo, Baekhyun é a primeira pessoa que eu conto tudo isso, eu sinto que posso confiar nele. Quando termino o abraço e volto a chorar, ele me abraça, agora mais forte, assim acabo dormindo, em meio ao seu abraço e minhas lágrimas.



Notas Finais


Me desculpem pelos erros ^^
Espero que vocês estejam gostando ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...