História My Personal Hell - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Personagens Originais, Peter Pan, Wendy Darling
Visualizações 64
Palavras 812
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Max


Fanfic / Fanfiction My Personal Hell - Capítulo 3 - Max

- O que faz aqui Peter ?- Eu perguntei de novo

Ele estava encostado na minha mesa do computador 

- Ah também senti saudades - Ele disse chegando mais perto de mim, aguenta Wendy, resista a essa tentação 

- Você está bem ?- Perguntou ele com um sorriso debochado, eu não tava nada bem 

- To ótima- Eu disse- Mas pode ir embora

- Achei que queria respostas- Ele disse me encostando na parede, agora ficou difícil 

- Eu quero- Eu disse, e mordi o lábio, era melhor eu não ter feito isso 

- Eu o matei Wendy, o matei porque ele estava ajudando o Max, e sabe que eu não gosto do Max- Ele disse e eu fechei os olhos

Então eu tinha visto mesmo o Max 

Eu empurrei Peter com a mão e sentei na minha cama 

- O que vocês querem aqui ?- Eu perguntei, tentando olhar para os olhos do Peter, as roupas que ele usa agora estão me deixando louca e ele percebe isso 

- A mesma coisa - Ele disse e eu balançei a cabeça

- Nenhum dos dois vão conseguir- Eu disse e ele veio até mim me deitando na cama e se deitando por cima de mim

- Eu não teria tanta certeza- Ele disse e beijou meu pescoço, ah que merda 

Sua mão entrou por baixo da minha blusa e foi subindo chegando até um ponto abaixo do meu sutiã, ele olhou pra mim e me beijou

Eu correspondi o beijo não devia mas correspondi , minhas mãos foram para o seu cabelo e a mão dele foi para a barra da minha blusa, nisso eu voltei a minha consciência e o empurrei 

- Melhor ir embora- Eu disse levantando também 

- Você não quer isso- Ele disse 

- Q-Quero si-sim - Eu disse gaguejando, droga

- Só espero que Max não chegue perto do que é meu Wendy e tome cuidado, se seus irmãos descobrirem toda a verdade acho que não vão gostar- Ele disse saindo pela janela, eu não ia conseguir dormir 

Neverland - Anos atrás 

- Wendy-  Eu escutei Max me chamar, ele tinha a mesma idade que a minha quando fui levada para Neverland 

- Ah oi Max- Eu o cumprimentei ele era legal e tinha ficado muito amigo meu, mas alguma coisa mudou recentemente e ele estava diferente e algo me diz que Peter notou a diferença só não me diz 

Fui pega de surpresa com o beijo que ele me deu, não correspondi não gostava dele e não iria alimentar falsas esperanças, o empurrei devagar 

- O que foi ?- Ele perguntou, Max era cinco centímetros maior que eu, eu me senti um pouco mal ao olhar para ele

- Eu não gosto de você assim Max- Eu disse - Desculpa

Eu sai andando e fui até a Cachoeira 

***&***

Peter chegou lá um pouco depois, e pela sua cara ele viu o beijo 

Merda

- Você viu- Eu disse

- Vi, mas ele percebeu que você não gosta dele- Ele disse, aquilo era estranho, Peter Faria alguma coisa com ele mais tarde

- O que vai fazer com ele ?- Eu perguntei

- Nada- Ele respondeu

- O que o Felix vai fazer ?- Eu perguntei e ele deu de ombros, aquele olhar de demônio significava alguma coisa 

Ele chegou mais perto e me beijou, o beijo era urgente e intenso, deixei de me importar assim que suas mãos entraram por baixo da minha camisola e apertou minhas coxas, fazendo eu soltar um baixo gemido, ele começou a beijar meu pescoço

***&***

Mais tarde eu tinha entendido tudo , Max tinha nos visto juntos, dias depois ele foi dado como morto mas não achamos o corpo e eu achei que ele estava mesmo morto 

Naquele mesmo ano foi quando eu sai de Neverland.

Agora 

Fiquei no quarto o resto do dia, só sai a noite na hora do jantar , John e Michael tinham chegado e já estavam na mesa esperando o jantar que Thay tinha feito

Me sentei e esperei as perguntas do dia 

- Como foi a escola ?- Perguntou John, eles agiam como se fossem meus pais e as vezes isso me irritava 

- Foi boa - Eu respondi e Thay falou que poderíamos nos servir 

- Hoje chegou um estagiário novo no jornal, ele tem sua idade Wendy - Disse Michael- Ele se chama Max Payne 

Eu engasguei, era coincidência demais .

Thay me deu água, e eu aos poucos voltei a respirar

- Ele vai vir jantar aqui amanhã a noite - Disse Michael, pronto, maravilha, eu estou totalmente ferrada, demoraria quanto tempo até Peter descobrir ?

- Nossa que legal- Eu disse e sorri, minha vida virou um inferno e só vai piorar

- Você não parece tão animada- Disse John 

- Só estou com sono- Eu disse e  me arrependi, para Thay eu passei o dia dormindo, ela me olhou de um jeito que eu entendi, mais tarde ela iria conversar comigo 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...