História My pervert. ─ Taegi;; - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Chaelisa, Chanbaek, Jensoo, Jihope, Namjin, Taegi, Taehyung!tops, Yoongi!bottom
Visualizações 148
Palavras 1.345
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu espero que gostem do capitulo de hoje, eu fico feliz com os comentários de vocês e com os favoritos que vocês me dão, isso me ajuda a continuar a fic :").

Obrigada mesmo rs ai♡

Boa leitura ─ Não revisei.

Capítulo 9 - Primeiro dia com o psicólogo!¡!



Yoongi




Quando senti aqueles lábios macios de Jungkook em minha boca, fiquei sem reação, não sabia o que fazer, parecia meu primeiro beijo, mais nunca tinha beijado assim, apenas selinhos demorados e enfim, ele havia colocado sua mão em minha cintura, queria poder vê-lo como ele me vê, sentir o que ele sentia, já era provável que ele me amava, mais não podia o corresponder, gosto dele mais apenas como um amigo e não como um namorado ou sei lá o que seja.


Nos separamos do beijo por falta de ar, eu senti minhas bochechas esquentarem, ele me deixou tão sem jeito, que deu vontade de dar um tapa na cara dele, não que seja por mal, mais não gosto de ficar envergonhado assim, principalmente por causa disso, mas tenho meus motivos.


Me afasto um pouco e coloco minhas mãos nas minhas bochechas, o impedindo de me ver vermelho, mais não iria adiantar o mesmo já havia visto esse rosto igual um tomate.


─ E-eu hum... Já v-vou Gukkie! ─ olho para o mesmo que também estava um pouco vermelho, dava para notar. ─ nos vemos amanhã.


─ Yoonnie. ─ ele segurou minha mão, o que ele vai fazer. ─ desculpa ter ti beijado, eu meio que não pude me segurar, sinto muito por isso!


─ Tudo bem... Não se preocupe, f-foi apenas um beijo... ─ penso um pouco, para ele deve ter significado muito, não quero partir o coração dele... ─ um beijo... necessitado de sua parte, digamos assim, sim?


─ Sim! ─ ele sorrio e beijou minha bochecha delicadamente, tão fofo. ─ bom vou deixar você ir agora, tchau pequeno.


─ Tchau Gukkie!! ─ dou um sorriso fechado, logo indo diretamente para dentro de minha casa.


Esperei alguns minutos para que Jungkook desaparecesse, queria apenas ver se nada iria acontecer, pôs nunca sabemos o que pode acontecer daqui a algumas horas ou dias.


Andei em direção a entrada de minha casa, eu ainda estava envergonhado pelo o que ocorreu à pouco tempo atrás, fiquei tão sei jeito, minha nossa.


Quando entrei em casa não avistei ninguém, fui para a cozinha, beber um pouco de água, daqui a pouco tinha que ver meu psicólogo, eu espero que ele não me faça muitas perguntas.


Termino de bebericar minha água até que acabasse o líquido que havia dentro do copo de vidro, deixo o mesmo em cima da mesa logo me direcionando para meu quarto. 


Entro no mesmo e deixo minha bolsa em cima de uma cadeira que havia no quarto, me deito por alguns segundinhos, estava cansado demais, para pensar e andar, mas eu precisava ir para aquela clínica. 



                                                 ღ ღ ღ



Tinha acabado de me arrumar para ir à clínica, ouvi minha omma me chamar, arrumei meus cabelos e suspirei indo na direção onde a mais velha se encontrará. 


Chegando lá dou um abraço na mesma que me dá um sorriso, o sorriso que eu tanto gosto de ver.


─ Você vai para a clínica hoje Yoongi? ─ ela pergunta enquanto me levava para a sala.


─ Sim... e-eu acabei de me arrumar ─ olho para a mesma. ─ v-você irá me levar hoje omma?


─ Quer que eu leve você? ─ ela pergunta e eu assinto. ─ eu acho que você já está bem grandinho querido, você pode ir só, eu quero apenas descansar. 


─ Ah tudo bem... ─ digo meio triste e olho para minhas mãos, eu queria que ela me levasse, não gosto de andar sozinho por ai, sou muito inseguro comigo e com os outros. ─ Eu já vou então.


Beijos sua bochecha e dou um sorriso fechado, o típico sorriso sem vontade, vulgo o falso.


─ Espere! ─ direciono meu olhar para a mais velha a minha frente. 


─ Sim?! ─ mordo o lábio, comecei a ficar nervoso, tenho essa mania mesmo.


─ Cadê Baek? Ele não veio com você? 


─ Não... ele ficou com o namorado dele, Jungkook me trouxe para casa. 


─ Tá bom então, pode ir agora, não quero que minta para seu psicólogo, seja sincero, sim? ─ perguntou a mais velha e eu assenti.


Sai de casa depois do diálogo que tive com minha omma, estava caminhando na calçada, estava ventado demais, parecia que ia chover mas não liguei e continuei andando; comecei a observar as pessoas ao meu redor, sorridentes, será que aqueles sorrisos eram verdadeiros, algumas pessoas costumam sorrir falso, eu sou uma delas, mas não ligo muito, olhei para o chão e chutei as folhas caídas no chão, era mais divertido fazer isso do que olhar para as pessoas que andavam pelo local.


Depois de alguns minutos eu avistei a clínica, logo adentrei no local, comecei a caminhar em passos longos, avistei o homem que a omma havia falado naquele dia ele acena para mim e apenas movo minhas mãos, não sou muito bom com esse tipo de coisa, isso não é para mim, eu tinha que falar com uma assistente para ver se podia ver meu psicólogo. 


Avisto a mesma e ando até ela, quando chego vejo a mesma olhar em minha direção. 


─ O-olá! ─ falo, a mesma tinha cabelos pretos meio roxeados, eram bonitos.


─ Olá pequeno, o que procura? ─ essa mania de me chamarem de pequeno, nossa, nem sou tão pequeno assim.


─ E-eu vim ver meu psicólogo, er... Kim Taehyung o-o nome dele, o conhece? ─ ela me olha e sorri, não entendi o porque do sorriso.


─ Ah sim! Ele está livre, ou seja, esperando por você. ─ por essa eu não esperava, sinto um frio na barriga logo depois de escutar suas palavras. ─ você deve ser o Yoongi né? O garoto de cabelos negros?



─ Ah... s-sim eu mesmo. ─ ela passa as mãos sob meus cabelos e começou a acaricia-los. 


─ Olha que fofinho, eu me chamo Jisoo, sou amiga do Tae, quer que eu leve voce até o consultório dele? ─ ela diz e eu assinto.


Assim como dito, Jisoo me acompanhou até o consultório do Kim, ela estava dialogando bastante comigo, até me senti seguro ao lado dela, a mesma parecia ser uma pessoa legal e divertida. 


Chegando lá a mesma bateu na porta do consultório do meu psicólogo,  depois de alguns minutos o mesmo abri a porta, e logo o vejo, o mesmo estará me olhando como no dia em que nos vimos pela primeira vez, isso fez meu coração acelerar. 


─ Olá Taehyung, eu pedi para que eu deixasse Yoongi aqui e ele concordou, então aqui está ele. ─ Jisoo diz e eu desvio o olhar dele para o lado, esse homemnera bonito de mais, não posso ter muito contato visual. 


─ Tudo bem então... Venha Yoongi, pode entrar. ─ eu olhi para Jisoo e me despeço da mesma logo entrando no consultório de Taehyung. 


Adentrei no local e olhei em volta, era bonito havia uma janela ao lado, o céu estava escuro parecia que iria chover, olhei em sua mesa, não era muito organizada mas era bonita, havia um vazo de flores no canto da sala, aqui é tudo agradável, só falta Kim Taehyung também ser.


─ Er... pode se sentar Yoongi, eu quer ficar em pé? ─ Taehyung fala com um jeito brincalhão, e movimentei minha cabeça para o não e comecei a olha-lo, porque estou olhando sendo que eu queria evitar isso. ─ é o seguinte Yoongi, eu irei passar algumas "atividades" para você fazer e também lhe fazer perguntas, quero ser seu amigo e também dar conselhos, sim?


─ Sim... ─ digo e olho para meus dedos e começo a brincar com os mesmos.


─ Certo, então me diga, como tem passado esses últimos dias? ─ Kim perguntou e eu voltei a olha-lo.


─ Bem, eu acho... ─ respondi com um tom baixo, mania de falar assim com as pessoas as vezes, eu ainda não sentia confiança nele.


─ E na escola, como é seu relacionamento com seus colegas? ─ ele parecia interessado na minha vida, eu me alegrei um pouco por que ele se interessava coisa que poucas pessoas não faziam, conheci muitas pessoas que figiam se importar.


Fiquei por um tempo calado, mesmo que ele estivesse interessado eu não tinha coragem para contar aquilo, eu estava nervoso só pela pergunta feita do mais velho. 


Notas Finais


Então foi isso!! Eu espero que tenham gostado, obrigado pelos favoritos e continuem me acompanhando.

Bjins♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...