História My possessive criminal - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Kylie Jenner
Tags Drogas, Família, Morte, Romance, Sexo, Violencia
Exibições 257
Palavras 705
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Policial, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voltei com um cap delicinha só pra vocês.

Capítulo 19 - Party2


P.O.V KYLIE

Assim que voltei para a pista comecei a dançar de novo só que dessa vez com as meninas. Dançava feito louca acompanhada delas que sempre grudavam nossos corpos de uma forma sexual,não vou dizer que odiei pois adorei,ainda mais com os olhares fulminantes de Bieber em mim.Decidi provocar um pouco mais e fiz movimentes de desce sobe e rebolava continuamente. Dancei por mais alguns minutos até perder Justin de vista mas não liguei até que novamente mãos tocam em minha cintura,mas essa pegada era diferente da de antes. Me viro e vejo que era ninguém mas ninguém menos que Tyga. Isso tá virando perseguição .

-Tá me perseguindo meu amor?-sorri

-Tô achando que é você que anda me perseguindo-disse sapeca 

-O que faz aqui?-perguntei

-Decidi esfriar minha cabeça em algum lugar e acabei vindo pra cá-disse passando suas mãos em seus cabelos

-Ih o que aconteceu dessa vez?-curiosa?nem sou

-Não quero pensar nisso,entende,quero é esquecer essa merda e beber pra caralho-disse sorrindo e que sorriso

Ficamos conversando por alguns minutos e quando eu olho para o lado lá estava Justin pegando uma mulher qualquer que antes dançava. Senti uma tristeza dentro de mim e era parecida com a que eu senti quando ele me traiu com a Kimberly. Ele a abraçava e apertava sua cintura fortemente conta si mesmo,me fazendo lembrar da primeira vez que dançamos. Como eu pude amar um idiota como ele com tantas pessoas no mundo.

Fiquei olhando eles por alguns segundos até percebo que estou chorando;Eu não quero parecer frágil mas é foda ver o pai do seu filho pegar outra mulher só que dessa vez na sua frente é horrível sentir isso. Enxugo minhas lagrimas que caiam ainda e abracei Tyga;foi a única coisa que eu consegui fazer.

Acho que isso deve ser um grande efeito do alcool mas foda-se eu sou humana e pelo menos uma vez na vida eu tenho que chorar.Acabo sorrindo com meus pensamentos e recebo um carinho nas bochechas. Tyga poderia ser sempre um babaca retardado que só quer farrear e viver a vida com seu filho mas ele sempre sempre sempre foi um ótimo amigo pra mim.

-Hey não chora beleza,é a bebida fazendo efeito-disse ainda acariciando minhas bochechas

-Eu acho que vou pra casa. Vai lá amanhã dai você me conta o que aconteceu e me faz companhia.-disse forçando um sorriso

-Tá

-Leva o King ele e o Kenny vão gostar de ficar juntos -ele assente- Vou indo antes que fique pior-o abracei e não esperei ele se despedir e fui indo até a área V.I.P para me despedir das meninas também.

-Gente tô indo beijos-disse assim que cheguei fazendo todos me olharem.

-O que aconteceu?-perguntou Ryan.

-Nada só quero ir pra casa e comer uma torta de limão que agora deu desejo-disse e ele me olhou estranho mas logo me abraçou assim como o resto se despedindo. Vi o olhar de Justin sobre mim e como ele fazia eu o encarei também,mas era uma encarada estranha,eu o olhava meio magoada mas com raiva já ele me olhava mortalmente. Decidi quebrar aquela encaração toda e ir.

Peguei minha lamburghini e fui para o meu lugar favorito,eu precisava desabafar comigo mesma(meio louco não).Eu andava rapidamente pelas ruas não respeitando os sinais,apenas sentindo o vento bater em meu rosto e bagunçar meu cabelo.Uma sensação de liberdade. Dirigi para um lugar só meu,era meio abandonado mas eu adorava aquele lugar.Sai do carro e apreciei a vista pronta para começar meu processo de psicologia comigo mesma.

Parei em frente a uma árvore e gritei,grite,gritei,gritei tanto que minha voz começou a falhar.as lagrimas voltaram a rolar solta pela minha face mas não me incomodei; Me deitei na grama macia e respirei fundo olhando aquelas estrelas brilhantes lá no céu,tão lindas,tão reconfortantes mas ao mesmo tempo tão distante. 

Fiquei assim por mais algum tempo até que decidi voltar pra casa mas antes óbvio que eu limpei meu rosto. chegando em casa eu fui para a cozinha e fiz uma torta de limão,mesmo falando da boca pra fora para Ryan que iria comer eu senti uma vontade tão grande.

Deixei esfriando e me sentei no sofá por um tempo até que o sono toma conta do meu corpo


Notas Finais


Desculpem o cap curto e a demora para postar mas vocês não me deram ideias e eu não sabia o que escrever,desculpem.
Desculpem também qualquer erro e deem ideias obrigada.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...