História My Princess, My Wolf - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, G-Dragon, Jay Park, K.A.R.D, Lu Han
Personagens Baekhyun, Chanyeol, G-Dragon, J.Seph, Jay Park, J-hope, Jimin, Jin, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Somin, Suga, V, Xiumin
Tags 2ne1, Aventura, Bts, Daddy Jimin, Got7, Jay Park, Kard, Luhan, Magia, Morte, Seres Sobrenaturais, Terror & Horror, Violencia
Visualizações 46
Palavras 628
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hii☆
Sorry pela demora ;-;
Fiquei atolada de trabalhos :')
Espero q gostem e desculpa algum erro :)

Capítulo 4 - My princess, My Wolf - capítulo 3: First day with stranger.


Fanfic / Fanfiction My Princess, My Wolf - Capítulo 4 - My princess, My Wolf - capítulo 3: First day with stranger.

Acordo com algo fazendo cafuné em minha cabeça e me remexo e Jay para de fazer o carinho.

- Jay...- Digo e minha cama fica mais leve - Jay, oque você está fazendo no meu...- digo me lembrando do ocorrido e abro os olhos

- Já disse que não tem que ter medo de mim, Lauren...

- Meu nome não é Lauren, Inferno!

- Sim, Conheço lá é muito bom. Afinal, Você foi lá também.

- Eu só tenho 19 anos! Me deixa em paz, seu lunático!

Me levanto e tento correr para a janela, mas ele me puxa me fazendo bater em seu peitoral que, mesmo com a força do impacto nem se moveu.

- Laur...

- MEU NOME NÃO É LAUREN, PORRA!

- É oque? Jungkook?

falando naquele delícia onde ele está...Ai, ele me deixou aqui!? Se eu pegar aquele filho da puta!

- Vocês são primos, sabia?

- Não! Ele me disse que eu traí alguém com ele e....

- Esse alguem sou eu. Vocês descobriram ser primos depois de se comerem.

- Meu deus eu sou virgem ainda!

- Nessa vida.

- Como assim??

- Esqueça. Vista aquilo é desça para se alimentar.- diz aprontando para um vestido preto igual ao que eu usava.

Que vestido maravilhoso, mano!

- era seu preferido..- Diz e sai do quarto. Vou até o banheiro e tomo um banho, vestindo a roupa que ele deu.

Abro a porta do banheiro e arrumo a cama. Após isso, Desço e paro no meio da escada.

Porque eu estou fazendo oque ele mandou? Ele não manda em mim! Nem o conheço! Não vou fazer isso nem que eu morra de fome!

- É melhor descer.-

Uma voz diz em minha mente e eu me arrepio. Viro-me para ir pro quarto e a voz aparece novamente.

-Eu mandou descer!-gritava em minha mente e meu corpo para de andar -Agora, Lauren!-

- MEU NOME NÃO É LAUREN E VOCÊ NAO MANDA EM MIM! MORRE E ME DEIXA EM PAZ, DESGRAÇA! - Grito

Explodo de raiva e berro para mim mesma.

Um vento bate em minha frente e, num segundo eu estava sentada numa cadeira e o mordomo colocava algo para mim.

- Eita porra!

- Eu mandeu você vir por vontade própria, você não veio...

- VOCÊ NÃO MAN...

- PARA DE GRITAR COMIGO E ME RESPEITE! ESTÁ NA MINHA CASA AGORA, NESSA VIDA VOCÊ VAI SER MINHA SUA VADIA! -Ele bate em meu rosto e eu solto o ar preso descontroladamente por conta do choro preso.

Coloco a mão no lugar do tapa onde ficara roxo e ele arregala os olhos e abaixa a cabeça.

Porque minha vida não pode voltar ao normal?? Porque eu tenho que ser tão...Estranha e nunca ser feliz?

- Eu nunca vou ser feliz...?- Digo num tom choroso.

Eu não vou chorar...Não aqui...

- Licença...Não estou com fome, Senhor. - Eu digo e ele se senta

- Vá comer.

- Sim senhor.

Ele levanta uma sobrancelha e me segue com o olhar. Me sento novamente e como um pedaço de bolo .

- Poderia me dar licença agora?

- Sim. Mais tarde quero te mostrar algo.

- Sim senhor. Licença.

Quando chega em uma área que ele não pode me ver, lágrimas começam a cair, quando eu a limpo, uma ardência vem em minha bochecha.

Foi o tapa que havia ficado roxo e ardente.

Corro para o quarto tacando o salto Preto numa parede e o outro eu deixo no chão.

Chego no quarto e bato a Porta me jogando na cama e começando a soluçar e a berrar no travesseiro.

O tapa em si não doeu tanto assim, mas...Só de pensar que eu tenho que aturar isso até minha morte...

Algo começa a bater na janela e eu paro o choro e me levanto indo até a mesma, vendo um cara de preto me olhando.

Quando ele some, eu corro para a minha cama e deito me escondendo abaixo do lençol e acabo dormindo.


Notas Finais


Desculpa algum erro, bjs na teta esquerda :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...