História My Private Teacher - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Colin O'Donoghue, Jennifer Morrison, Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Milah, Neal Cassidy (Baelfire), Personagens Originais, Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Roland, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Sr. Gold (Rumplestiltskin), Tinker Bell, Xerife Graham Humbert (Caçador), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Captain Swan, Colifer, Emma Swan, Killian Jones
Visualizações 184
Palavras 1.417
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Drogas, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorei eu sei ♥ desculpem a titia ♥♥♥♥♥

Capítulo 17 - "Fé em algo que não existe"


Anteriormente:

-Sim!!-Ela gritou e percebeu que foi enganada-Emma sua vaca!!- e começaram uma guerra de travesseiros.

Atualmente

 Narradora on:

Emma dormia cansada pela noite de ontem. Ela e Regina passaram a noite em conversas sendo jogadas foras, fofocas e em pequenas guerras de travesseiros, sem falar dos lanches da meia noite. Regina havia passado da hora na casa da amiga e decidiu dormir lá. 

Regina arranjou um colchão para por no chão do quarto da loira. Emma não gostava de dividir a cama, oque acarretou outra guerra de travesseiros.



Enquanto Emma dormia, Regina estava em pé pensando no momento exato para acorda-la oque não​ durou muito tempo. 


-EMMA ACORDA!!!!-Regina pulou na cama em cima dela.

-Oque é que tu quer vagabunda? Porquê me acordasse essa hora? É SÁBADO- Emma a empurrou e colocou o travesseiro no rosto, o gesto não​ impediu Regina de continuar

-Vamos loira do banheiro! O baile e hoje!!!-Ela diz puxando Emma pelo braço, cujo a mesma estava sendo arrastada pela cama. Quando Regina terminou de falar ela soltou Emma que foi de cara no chão.

-Regina!!!! Sua desgraçada!!!!!-Ela gritou e se levantou correndo atrás de Regina que abre a porta e vai em direção a cozinha.


Na Cozinha 


-Cadê aquela put*?????-Emma gritou na cozinha procurando Regina, mas apenas Jully estava lá.

-Emma!-Jully a repreendeu.-Olha a boca menina!-Ela disse de cara fechada

-Fala isso porque não foi você que deu de cara no chão-Diz irônica mas Jully viu que ela estava de mal humor, resolveu não se dar o trabalho de responder-Agora cadê aquela PUT...... aquele ser humano que irei esganar assim que meus lindos olhos colocar?-Emma diz sorrindo sínica.

-Promete que não vai me bater?-Regina aparece na porta da cozinha e Emma suspira e assenti- tá Rê- Diz ainda suspirando

-Te amo lindaa-Regina diz a abraçando, com esperança dela se acalmar.

-Ta bom as duas, vão pra mesa que servirei o café- Jully fala.

As duas foram até a mesa andando e Emma se controlando para não mata-la.

-Emma é sério me desculpa-Regina sorri- Minha nenê não pode ficar de cara feia-Ela faz com voz de beber engraçada e Emma sorri de lado- AHÁ! não pode mais ficar com raiva, você riu!-Ela sorriu vitoriosa.

-Regina, menos tá!-Emma revira os olhos e ambas tomam café. Em meio a conversa..... .


-Emma eu tava pensando em juntarmos as meninas e o ponto de arrumação o de encontro ser aqui, algum problema?-Regina diz

-Não, nenhum, como meu aniversário está perto eu tenho algumas regalias -Ela sorri e conversaram animadamente.

-E o Graham? Ele ainda vai te levar pro baile?-Regina diz e Emma fica confusa.

-Eu não sei, verei isso quando falar com ele okay? Vamos comer logo porque preciso passar no shopping pegar (no caso comprar) mais maquiagem e meus sapatos.-

Elas​ terminam o café e sobem para se trocar. Como Emma e Regina eram bem diferentes no quesito corpo, não tinha muita opção. Regina vestiu uma leg preta e uma blusa soltinha branca com um colar dourado e uma sandália​ basica, Emma optou por um jeans preto com uma blusa soltinha rosa e colar azul com uma sapatilha básica. Elas saem de casa e compram o que tinham combinado, não demorou muito pois Regina queria buscar cada uma das amigas no total 5: Elza, Ariel, Ruby, Belle e Zelena (Zel e Regina são meias irmãs aqui tbm) Depois de sair do shopping Emma manda uma mensagem para Graham dizendo que queria encontrar ele. Ele aceita e marcam de se encontrar no parque.


Parque 9:37 da manhã

Emma entra no parque e percebe pouca gente mas vê Graham sentado em um banco admirando o nada.

-oi?-Emma diz receosa.

-hey!-Ele sorri 

-Podemos andar?-Ela fala se sentindo culpada e ele assenti-

Eles andam um pouco pelo parque, o clima estava estranho, um tanto desconfortável, Emma se sentia mal por tudo e Graham estava magoado.

-Graham, eu te chamei aqui porque quero falar a verdade-Emma para de andar e o encara-Eu agi errado, eu não devia ter te deixado plantado na minha porta, eu devia ter sido mais sensata, mas você sabe que eu ajo muito por impulso, e não acho justo o modo como te tratei, você deve estar me odiando agora, mas por favor me perdoa-Emma diz o olhando.

-Emma, eu nunca poderia ter raiva de você, confesso, estou magoado, mas você deve ter suas razões-Ele aperta a mão dela a confortando.

-É só que, eu tentei esquecer alguém e não deu certo-Emma sorri boba "não deu certo mesmo" ela pensa- Eu te dei esperanças onde não tinham eu sinto muito.-Emma dessa vez falou triste

-Eu te perdoou Emma!-Ele a abraça

-Você é o meu melhor amigo!-Emma o abraçava forte

.-Melhor amigo que não vai parar de tentar te conquistar certo?-Ele sorri.

-Certas coisas não mudam!-Ela sorria.

Depois de conversarem um pouco Emma voltou pra casa encontrando as 6 amigas em seu quarto, bagunçando em busca de combinações.

-Emma! Até que enfim precisamos de ajuda aqui!-Zelena diz sorrindo com as meninas e todas concordam. Elas começam a se arrumar, maquiagens, roupas, sapatos, jóias e etc....

As meninas demoraram muito para se arrumar, seria o primeiro baile na faculdade delas e elas queriam arrasar. Zelena estava vestindo um vestido verde não muito claro e nem muito escuro com um sapato preto e os cabelos presos em coque com cachos soltos. Belle com um vestido longo amarelo prensado, sapato preto e cabelos em uma trança, ela era uma mistura de menina e mulher. Ariel com um vestido vermelho justo aberto na lateral das pernas, um sapato vermelho veludo e os cabelos ao natural. Elza com um vestido roxo até a altura dos joelhos, um sapato puxado ao roxo e cabelos presos. Ruby estava com um vestido vermelho bem escuro, com pouco decote, justo em cima e solto em baixo. ( O da rê eu falei no capítulo​ do shopping) Emma vestia o vestido azul brilhoso com o decote V nas costas, um sapato dourado e cabelos soltos com cachos na ponta. Quando todas terminaram de se arrumar desceram as escadas encontrando os meninos (Eric,  Kristoff, Robin, Will, August e Jake) e o pai da Emma que entrava em sua sala de reuniões com alguém.

Os meninos ajudaram as meninas a descerem e logo foram saindo, menos Emma, interrompida por uma mensagem no celular.

Mensagem on

Online à 5 minutos​ atrás

Emma, sinto muito, eu tive que ir ao hospital urgente por causa de um parente e não poderei ir, sinto muito ✓✓ visualizado as 19:30.

Emma olhava triste pelo ocorrido de Graham e decepcionada por não poder ir.

-Emma? Vamos! todos estão te esperando!-Regina diz entrando.

-Regina, desculpa mas não vou poder ir-Emma sorri triste

-Oque? Porquê?-Regina fala sem entender

-o Graham teve uma emergência na família e não poderá vir-Emma agora estava cabisbaixa. 

-E quem disse que precisa ir acompanhanda?-Ela sorri irônica mas Emma sabia.....

-Não Regina, um dos critérios é ir acompanhando. Pode ir sem mim, divirtam-se por mim- Emma sorri

-Tem certeza? Eu quebro a cara desse alguém que fez a regra-Emma assentiu rindo, beijou a amiga na bochecha e se despediu deixando Emma sozinha na sala. Emma sentou no sofá sem saber oque fazer. 

1 Hora depois.

Ela não sabia oque fazer até que​ sua mãe entra na sala e vê ela.

-filha? Oque esta fazendo aqui? Não devia estar no baile?.-Mary falou preucupada se sentando ao lado dela.

-Meu par teve uma emergência, não​ pode vir.-Falou triste.

-E porque ainda está vestida?-Mary perguntou mas não de um jeito rude.

-Fé em algo que não existe-Ela deu de ombros e David saiu da sala com Killan que a encarou mas ela nem o notou.

-Filha? Oque faz aqui?-David repete a pergunta de Mary

-Porque meu par não pode vir, e é critério ter uma par-Ela fala e susurra "Escola idiota"

-Killian por favor vem cá um instantinho.-David fala e o chama até a sala novamente.

-Eu sei que vai parecer estranho com todo esse negócio do divórcio mas eu não aguento vê a Emma perder o baile, ela estava sonhando com isso, então por favor, de parceiro a Parceiro ajude ela- David fala triste

-Como posso ajudar?-Killian ficou confuso.

-Convide ela para ir ao baile!-David falou óbvio.

-Isso não irá incomodá-lo?-Ele pergunta

-Sempre me incomoda, mas ela estará em boas mãos-David diz sorrindo e Killian vai ate Emma no sofa, Mary foi chamada por David, ele queria que els ficassem a sós, Não queria envergonhar a filha.

-Emma não pude deixar de ouvir, e você deve tá chateada com isso, então majestade eu peço a honra de acompanhar a bela dama ao baile-Ele fala sorrindo arrancando um sorriso de Emma, ela sempre sorria com ele.

-Killian não precisa-Emma disse

-Eu insisto M'lady-Ele beijou mão dela e ela riu.

-Eu te concedo essa honra cavalheiro Jones-Ele estende o braço e eles saem sorrindo. Entram no carro a caminho do baile.

Continua?










Notas Finais


Comentem, desculpem qualquer erro, qualquer coisa que n dê pra suportar me avise nos comentários ♥♥♥♥♥♥♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...