História My Private Teacher - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Colin O'Donoghue, Jennifer Morrison, Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Milah, Neal Cassidy (Baelfire), Personagens Originais, Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Roland, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Sr. Gold (Rumplestiltskin), Tinker Bell, Xerife Graham Humbert (Caçador), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Captain Swan, Colifer
Visualizações 111
Palavras 1.010
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Drogas, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eaí? Kkkkkkkk aproveitem amorecos ♥♥♥♥♥♥

Capítulo 31 - "Dois loucos dançando na sala"


Fanfic / Fanfiction My Private Teacher - Capítulo 31 - "Dois loucos dançando na sala"

Anteriormente:

Ele usava uma camisa polo preta e uma calça jeans azul escuro, ela meio que morreu na hora, ela havia esquecido do encontro e ainda estava totalmente horrorosa, suada e suja, "e agora??" Ela pensou.

Atualmente

Killian on:

Quando a Emma abriu a porta eu não pude evitar de sorrir. "Ela fica linda de qualquer jeito?" Eu me questionei, eu esperava que ela estivesse arrumada, mais ela estava bem "acabada", digamos assim. Usava um moletom azul uma camisa amarela e os cabelos presos num coque frouxo. Ela, por incrível que pareça, estava linda.

-Killian!- Ela finalmente falou alguma coisa, ela estava bem envergonhada- Eu....eu sinto muito! A Regina a pediu ajuda no encontro dela e acho que eu me empolguei, Aí! Eu me sinto horrível, desculpa- Ela disse com a mão no rosto envergonhada. A única coisa que eu podia fazer e eu fiz foi rir, rir muito. Ela de início ficou sem entender- Do quê que você está rindo?- Ela falou "brava"

-Eu......- Comecei a falar- Tenho a namorada mais perfeita!- Eu digo e a beijo, ela demora um pouco pra retribuir, ela deve ter estranhado mais logo me beijou.

Narradora on:

A situação estava bem confusa. 1° Emma esquece o encontro, 2° Abre a porta totalmente desarrumada e 3° Killian tem um crise de risos e a beija.

Nesse momento, em que o beijo acabou, Killian com as mãos na cintura da loira em "cima" dela e a mesmo encostada nele com as costas arqueada.

-Killian! Wow!- essa reação fez Killian Sorri- não está bravo?- Emma perguntou com preocupação

-Como vou ficar bravo com você?- Killian brincou- Até porque, se não vamos ao jantar, o jantar vem até nois!- Ele falou sorrindo

-Ai Killian que clichê!- Emma brincou-

-Crianças, eu sei que tá bom o clima aí, mas o jantar já está pronto!- Jully falou quando apareceu na sala

-Oi também Jully!- Killian brincou e ela apenas o comprimentou

-Eu vou me arrumar, daqui a pouco volto!- Emma deu um selinho em Killian e subiu.

Enquanto Emma se arrumava Killian com muita insistência ajudava Jully a pôr à mesa, Emma escolheu uma blusa meio cropedd branca estampada com flores e uma saia rodada cintura alta preta, e uma sapatilha também preta. Estava linda, e bem menos suada que antes, entrou na cozinha e encontrou Jully morrendo de rir com Killian, Emma cruzou os braços rindo da cena

-Qual foi a piada dessa vez?-Emma brincou, Killian em todos os jantares contava aquelas piadas sem graça mas de tão ruim se tornavam boas

-Killian sendo Killian Emma!- Jully brincou- Vem já vou colocar a mesa pode sentar- Jully disse

-Ué? Você não vai jantar com a gente?- Emma perguntou querendo que pelo menos a amiga uma vez na vida se juntasse pelo menos com eles

-Ah, não quero ficar de tocha olímpica, e não vai dar, eu vou sair com o Tyler!- Jully disse sorridente

-Hnmmmm- Emma a olhou maliciosa

-Para Emma! A gente só vai sair!- Jully disse nervosa.

-Uhum, sei- Emma continuou mas Jully ameaçou bater nela com um paninho de prato- Tá tá parei!-Emma disse sorrindo

Logo eles começaram a jantar e começaram a conversar. Era simples. Com eles parece que todo assunto virava interessante, era fácil conversar com ambos, onde tudo é motivo de riso.

Eles terminaram o jantar e lavaram a louça juntos, com uma pequena Guerrinha de água.

-Para Killian! Você tá me molhando toda!- Emma disse irritadinha

-Ta, parei, cry baby!- Killian zuou e ela meteu sabão no nariz dele.

-Quem vai ser o bebê chorão agora?- Emma zombou dele

-....- Killian a encarou e ficaram em silêncio se encarando. Emma encarou os lábios do moreno e ele finalmente a beijou, um beijo forte e apaixonado. Killian encostou Emma na parede e continuou o beijo. Emma começou a sorrir no meio do beijo, sorrir até demais oque Killian estranhou.

-Emma tá tudo be.....- Emma começou a rir descontroladamente no peito dele- Emma oque você.....- Emma ria alto e involuntariamente Killian começou a rir também, Emma dava leve socos no peito dele como se isso a fizesse parar de rir, Killian ria no pescoço dela por ainda está impressando ela na parede. 

Depois de mais ou menos 5 minutos rindo e em meio a isso parando se encarando e voltando a rir.

-Ai minha barriga, eu não aguento mais- Emma tomou fôlego- Me desculpa, eu estraguei o clima- Emma ainda ria

-Mais porquê você tava rindo?-Killian disse ofegante

-Porque......- Emma fechou a cara confusa- Não lembro- E ela começou a rir de novo junto de Killian. Parece que uma crise de risos tinha se instalado na casa.

Pareciam adolescentes rindo a toa de tudo a volta.

-Sabe oque eu tô precisando agora?- Emma diz indo até a sala-

-Não.... Oque?- Killian perguntou curioso

-Música!- Emma ligou o rádio da sala e Killian olhava ela confuso, talvez a personalidade bem criança dela seria o mais encantador dos charmes dela, atrás apenas de seu sorriso. Emma começou a dançar uma música qualquer no rádio e Killian com os braços cruzados sorria a admirando, sorrir da vida, sorrir dos problemas- Oque cê tá olhando? Vem cá!- Emma puxou ele e começou a motivar ele a dançar, pareciam dois loucos dançando na sala. E eram porque nem estavam bêbados. Killian a rodopiava no ar e no chão arrancando risadas verdadeiras da loira, e o único pensamento de Killian no momento era "Que sorriso" "que risada!" Killian estava mesmo apaixonado por ela e gritaria aos 7 ventos se fosse preciso.

Depois de minutos de loucuras eles se sentaram no sofá afim de assistir um filme, algo para relaxar a sós. Emma sobre o peito de Killian onde o mesmo acariciava os cabelos longos e macios dela. No meio do filme, a história parou e um anúncio urgente passava no jornal, eles se sentaram rapidamente para ouvir as reportagens

-Acabamos de receber uma notícia urgente- A jornalista começou a falar- Um presidiário, acusado de estupro, tentativa de homicídio e traficante acaba de fugir da cadeia, filmagens mostraram dois homicídios contra os policiais, ele está em fuga é foragido! O suspeito é conhecido como Neal Cassidy- Nessa hora Killian deixou no mudo a tv. E encarava Emma que estava em choque.

Continua?


Notas Finais


Comentem ♥♥♥♥♥♥♥😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...