História My protective wolf (baixathentic) - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias 11eyes
Tags Baixathentic
Visualizações 31
Palavras 833
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Escolar, Famí­lia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 15 - Febre,


Fanfic / Fanfiction My protective wolf (baixathentic) - Capítulo 15 - Febre,

authentic~

​acordo cedo é faço o café da manhã ´pra mim e´a kaylene  ela está brincando com os talheres enquanto eu faço o café ´quando termino servo ela , e coloco um pouco de ovos com becon , comemos depois  , vou pra escola andando  mesmo , quando chego lá  vejo o pessoal conversando - 

- oi pessoal! - digo acenando -                                                                                                                                                                                cronos: oi authentic!                                                                                                                                                                                                     lydia: oi authentic!                                                                                                                                                                                                       cherry: oi authentic                                                                                                                                                                                                         nofaxu: oi,oi auhtentic                                                                                                                                                                                                     olho pra todos , mas ,onde está o baixa, ele não veio hoje ? , ele não é de falta                                                                                                          - então onde tá  o baixa ele não vai vir hoje ?                                                                                                                                                                lydia: eu não sei , o conselho estudantil não me falou nada sobre dele não ter vindo , (lydia  faz parte do conselho estudantil por isso ela sabe quando cada pessoa vai faltar )                                                                                                                                                                                      cherry: será que aconteceu alguma coisa?                                                                                                                                                                 cronos: nah.! ele deve ter perdido o horário vocês sabem como ele é cabeça de vento - todos acentimos e fomos pra aula , as aulas passaram  normalmente , como sempre - 

quatro dias depois

certo agora sim eu to preocupado , já faz quatro dias que ele não vem a aula o que será que aconteceu ele não é de falta atoa , depois das aulas eu vou na casa dele pra ver oque ele tem , quando fico perdido nos meus pensamentos percebo que esbarei em alguém , era a lydia ela estava com alguns papeis -                                                                                                                                                                                        - desculpa lydia eu estava meio distraído - digo colocando minha mão na nuca -                                                                                                     lydia: sem problemas! mas você poderia me fazer um favor? claro se não estiver ocupado -                                                                                      - depende , que tipo de favor?                                                                                                                                                                                          lydia: é que o conselho me pediu pra entregar esses deveres pro baixa mas , hoje  eu tenho que cuidar dos meus irmãos, -                                - entendi , posso sim!                                                                                                                                                                                                     lydia: obrigado!! você salvou minha vida! - diz ela me  entregando os papeis , depois das aulas  fui andando até a casa do baixa , quando cheguei na entrada de sua casa , toco a campainha , a porta abre é vejo ele esse baixinho vestindo o pijama verde claro, com o rosto vermelho  é cabelo bagunçado , oque ele andou aprontando ? -                                                                                                                                                   baixa: oi... authentic oque está fazendo aqui? - perguntou ele com uma voz meio rouca -                                                                                            -eu vim ver por que você não esta indo nas aulas,  e te entregar os deveres -                                                                                                           baixa: ah!  obrigado !  diz ele pegando a pasta com os deveres -                                                                                                                                - por que  você está  faltando as aulas? o pessoal tá preocupado  digo entrando na casa dele -                                                                             baixa: ah desculpe por isso, não queria deixar vocês preocupados - diz ele ainda vermelho -                                                                                     baixa: eu estou com febre -                                                                                                                                                                                               - pela chuva de ontem ?                                                                                                                                                                                                 baixa: sim ... - diz ele com uma voz sonolenta-                                                                                                                                                              -  sua mãe não está em casa?                                                                                                                                                                                       baixa: ela saiu pra compra alguns remédios -                                                                                                                                                          - ok -                                                                                                                                                                                                                                baixa: humm?                                                                                                                                                                                                                 - vou cuidar de você até ela voltar                                                                                                                                                                                   baixa: n-não , precisa e-eu não quero te incomodar                                                                                                                                                    -  nem tente me fazer mudar de ideia! vou passa aqui todos os dias depois da aula até você melhorar ! - digo sorrindo -                                          baixa: ,... ok - ele sorri -                                                                                                                                                                                                  - agora vai se deitar um pouco que vou fazer uma sopa pra você -                                                                                                                              baixa : tudo bem , - diz ele indo em direção ao quarto , me dirijo ao fogão , preparo uma sopa , com carne desfiada , e alguns legumes sei que ele não é muito fã mais ele vai ter que comer pelo bem dele, quando termino de fazer a sopa , coloca-a  em uma bandeja vou ate o quarto do baixa  é vejo aquele baixinho dormindo feito um anjo , coloco a bandeja em uma mesinha ali perto é o chamo -                                                        - baixa ...                                                                                                                                                                                                                      baixa: hum? - murmura ele abrindo os olhos -                                                                                                                                                                 - desculpe te acorda mas  você precisa comer -                                                                                                                                                         baixa: ok ... - depois que ele diz isso pego uma colhe da sopa e coloco em sua boca -                                                                                               baixa: q-quente - murmuro ele é a sopa estava meio quente,pego outra colher da sopa e sopro antes de dar em sua boca  , e foi assim ate ele comer tudo ,  depois ele se sente na cama aproximo meu rosto do seu encostando minha testa na dele parece que a febre abaixou espero ....-     - bom, acho que já posso ir, sua mãe deve está chegando - digo me levantando , quando sinto algum me segura pela ponta da minha camisa -  baixa: e-espera.... f-fica mais um pouco .... e-eu não quero ficar sozinho - disse ele com uma carinha manhosa -                                                      -  tudo bem , baixinho -  fico com ele até ele dormi de novo , digo a sua mãe que iria lá até ele melhorar ,ela disse que teria uma reunião importante ,amanhã , volto pra casa é adormeço -          

 

 

.................... continua ............................                                                                                                                                       



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...