História My Protector Angel - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Ally, Amizade, Amor, Camren, Demani, Dinah, Dinally, Lesbicas, Romance
Exibições 112
Palavras 786
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heeeeeey FireFlies olha eu aqui de novo.
Muito obrigada pelos novos favoritos na fic!!. Isso está me animando continuar.
Sem enrolação vamos ao cap....

Capítulo 9 - Você Vai Matar Ela!


Fanfic / Fanfiction My Protector Angel - Capítulo 9 - Você Vai Matar Ela!

POV DINAH

Ally havia me chamado para ir na cantina mas depois mudou sua rota. 

-Para onde você tá indo baixinha? 

-Eu quero ficar um pouquinho a sós com você. Me permite? 

-Humm...gostei disso. Mais pra onde você vai?

-Sala de música. Não tem ninguém lá essa hora. 

Caminhamos até a sala...prestamos atenção para ver se não tinha ninguém nos observando. 

-Pronto...Agora podemos conversar melhor. 

-Uhum...mas eu tenho uma ideia um pouco melhor. 

Sorri maliciosa. Peguei em sua cintura e a puxei para mim. Toquei em seus lábios, em um beijo apaixonado e demorado. 

-Que saudade...e só ficamos algumas horas separadas. -ri

-Para mim, foi uma eternidade. -sorriu. 

Voltei a beijar delicadamente. Havia um sofá ali no canto da sala. Fui andando com ela até o sofá, mas não separei o beijo. Ela retribuía o beijo calorosamente.

-Di...é melhor a gente parar. 

-Por que? Tá tão bom..

-Realmente está. Mas estamos na faculdade.

Parei de beija-la e sentei ao seu lado.

-Tudo bem...eu paro. -falei emburrada

-Você poderia sair comigo hoje né? 

-Isso é um convite ou uma intimação? -ri

-Os dois. Poderíamos fazer um passeio legal. -A

-Eu adoraria, onde vamos?

-Não pensei nisso ainda. Mas tenho certeza que qualquer lugar que eu vá com você, será maravilhoso. -A

-Linda! Então tá marcado pequena.

 

   POV DINAH

 Eu estava indo para o meu carro. Quando veio uma moto correndo em minha direção. Ele freiou na minha frente e desceu da mesma. Tirou o capacete. Era o Troy.

-O que você quer moleque? -eu

-Você sabe muito bem o que eu quero, sua vadia! Quero a Allyson de volta! -T

-Você nunca mais irá encostar um dedo nela. 

-Vamos ver Hansen! É melhor sair do meu caminho. 

-Eu não tenho medo de você seu cretino. Some da minha vida.

-Eu vou! Mas com a Allyson! -T

-Nem em sonhos! Ridículo! 

Andei em passos firmes até meu carro e entrei no mesmo. Manobrei o carro e saí dali. Ele saiu feito um louco com a moto. E pela direção que ele ia... eu já sabia onde ele iria. Peguei meu celular e tentei ligar para  Ally enquanto dirigia, mas ela não atendia. É difícil fazer isso enquanto dirige também. Liguei novamente e nada. Parei o carro no acostamento e liguei para Laur. 

 Ligação On 

-Laaur! Preciso de ajuda!

-Dinah! O que houve? 

-É o Troy de novo! Preciso que seu pai vá até a casa da Ally, eu acho que o Troy está indo pra lá. Ele acabou de em ameaçar no estacionamento da faculdade! 

-Ai meu Deus! Vou falar com ele agora. Onde você está?

-Tô parada no acostamento, mas estou a caminho da casa da Ally. 

-Cuidado! Esse cara é maluco. 

-Eu tenho que a proteger. 

Ligação OFF

Acelerei com o carro novamente e fui para casa da Ally. Quando cheguei vi a cena caótica. A polícia já estava em seus lugares. Vi o carro do pai da Lauren estacionado de qualquer jeito, e o carro do Troy batido no poste.

 

  POV DINAH

Saí do carro, correndo. E fui em direção a casa. Mas senti mãos segurarem meu braço.

-Ei moça você não pode entrar ai agora. 

-Nãaao! Eu tenho que ajudar. Minha amiga está lá dentro e a família dela também. 

Lauren me viu falando com os polícias e veio correndo até mim.

-Eiei podem soltar ela. Ela vai ajudar. -Laur com os policias

Os polícias me soltaram.

-O que está acontecendo Lauren? 

-O Troy está ai dentro...e está fazendo de refém a Ally e a mãe dela. -L

-O que eu posso fazer?

-Tentar convencer ele do contrário...soltar as duas. -L

-Como vou fazer isso? O cara me odeia Lauren. 

-Exatamente isso. Ele te odeia. -L

-Não entendi.

-Presta atenção Dinah! É só você distrair ele. Daí você pega a Ally, e os polícias seguram o Troy. 

-Tá bom! Vou fazer isso. Entrei na casa receosa. Eles estavam na sala. Troy super alterado. Ally estava presa por seus braços e o Troy tinha uma faca no pescoço dela. Quando ele me viu arregalou os olhos.

-Tirem essa louca daqui! -T

-Calma Troy...eu sou quero conversar com você!

-Conversar?! Agora!? Não quero. 

-Troy olha só o que você tá fazendo. Você tá machucando a Ally. Você quer machucar a garota que você ama, Troy? 

-Ela é minha! Sai daqui!

Ele está totalmente alucinado e descontrolado.

-Eu vou, mas só se você parar de machucar ela. 

Ele apertou mais ainda o braço em volta do pescoço dela. E a ouvi gemer baixinho de dor. 
-Troy! Para com isso! Você vai a matar. Olha só esses polícias..se você machucar ela, você não sai daqui vivo.

Ele olhou para os lados, bem assustado. E depois me encarou sério......


Notas Finais


Eitaaaaa...que treta. Próximo cap fortes emoções....
Não me matem. Pleaseee..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...