História My psycho - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias American Horror Story
Personagens Adelaide "Addie" Langdon, Ben Harmon, Constance Langdon, Michael Langdon, Nora Montgomery, Personagens Originais, Tate Langdon, Violet Harmon, Vivien Harmon
Tags American Horror Story, Michel Langdon, Mud House, Tate, Violet, Viotate
Visualizações 7
Palavras 358
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Mistério, Policial, Saga, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Esse capítulo é pra quem nunca assistiu Murder House (primeira temporada da série) ou American Horror Story. Tentarei evitar tantos spoilers porque eu aconselho vocês a assistirem, mas pra entender a fanfic;

Capítulo 1 - Resumo - Murder House


NA SÉRIE:

Tudo começa quando a família Harmon (Vivien, Ben, Violet e Hallie - cão da família) se muda para a Murder House (casa dos assassinatos) cuja o carinhoso apelido foi dado graças ao histórico de crimes cometidos desde sua criação. 

O casal estava prestes a se divorciar quando se mudou (graças a alguns stress) [autora: é uma treta muito boa] e se reconciliaram o que os levou a "fazerem amor". Algum tempo depois, quando Vivien estava deitada um homem com uma fantasia sexual de látex (a fantasia havia sido encontrada no sótão da casa logo após a mudança) entra no quarto, levando Vivien a acreditar ser o marido e voltando para um segundo round. Este seria Tate fantasiado. 

Tate é um dos pacientes de Ben (psicólogo) e com o escritório sendo em sua casa, levou Tate a conhecer Violet. 

Algum tempo se passou, o passado de Tate foi aparecendo aos poucos, e sua relação com Violet se aprofundando. Quando os atos passados de Tate foram descobertos pela mesma, já era tarde de mais e a pequena Violet já não tinha ar circulando pelos pulmões. 

Vivien entrou em trabalho de parto de parto na própria casa e teve os bebês lá, o filho legítimo de Ben, Jeffery, morreu poucos pouco após o parto (Vivien também), já Michael, filho de Tate, foi levado para longe pela avó Constance, que alegou a todos que o filho era de alguns parentes da Virgínia que não o queriam. 

Já Ben também também foi morto na casa, pelo espírito vingativo da sua falecida (graças a ele) amante grávida, que o jogou da abertura da escada que levava ao segundo andar pendurado no lustre, oque fez parecer um suicídio. 

NA FANFIC:

Quando o pequeno Michael tinha seus quatro anos de idade, já havia matado mais pessoas que Constance podia esconder, então logo tiveram que fugir, indo morar no interior do Canadá. Michael ou o querido apelido dado por sua avó, Satã, passou desde seus 9 aninhos, até completar 15 em Montreal, com sua única amiga e sua avó. Até que um acidente lhe mostrou coisas que não faziam sentido e todo seu passado veio a tona. 




Notas Finais


Espero que gostem, juro que logo posto o primeiro capítulo. Beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...