História My Psycho Love - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Batman, Esquadrão Suicida
Personagens Bruce Wayne (Batman), Coringa (Jack Napier), Edward Nashton/Nygma (O Charada), Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Harvey Dent (Duas-Caras), Oswald Chesterfield Cobblepot (Pinguim), Pamela Lillian Isley / Poison Ivy (Hera Venenosa), Selina Kyle (Mulher-Gato)
Tags Arlequina, Batman, Coringa, Harley Quinn, Joker
Exibições 131
Palavras 494
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Asylum Arkham


Fanfic / Fanfiction My Psycho Love - Capítulo 1 - Asylum Arkham

Fazia uma semana que eu avia me mudado para Gotham city, trabalho no Asylum Arkham, por mais que algumas pessoas achem desagradável, eu me sentia segura aqui.... Confortável, de uma maneira que eu não consigo explicar.

Caminho em passos rápidos em direção à sala do Dr. Arkham, para entregar os relatórios de hoje, sobre meus pacientes, especificamente, sobre meus três pacientes.

Pamela Isley, conhecida como Poison Ivy, ou hera venenosa. Me dava muito bem com a mesma, contando o fato que fazia pouco tempo em que estou aqui. Pode parecer estranho, mas eu confio nela. Nunca tinha tentado me matar, e eu considerava isso uma coisa boa.

Edward Nigma, conhecido como charada. Nossas consultas eram um tanto quanto...... Estressantes. Nunca me respondia o que eu queria, sempre contando várias e várias charadas. Era difícil de se conseguir alguma coisa.

Harvey Dent, conhecido como duas-caras. Na minha opinião, esse era o pior deles. Quase não falava comigo, tirando os apelidos e flertes irritantes, como "princesa".

Bato na porta do Dr. Arkham, ele murmura um "entre", e assim eu faço.

-Boa noite Dr.- Eu sorrio.

- Boa noite Dra. Harleen.- Ele parecia cansado. Não o culpo. Afinal, ser diretor de um manicômio não deve ser nada fácil.

Deixo os relatórios em cima de sua mesa, murmuro um "Até a manhã" e saio.

Passo em minha sala e pego minha bolsa, juntamente à uma pasta com algumas anotações sobre os pacientes.

Pago o taxista e saio do carro, entro no prédio e comprimento o porteiro. Aperto o número do meu andar e aguardo. Relacho as costas no espelho que a no elevador. O dia havia sido cansativo, mas como eu digo, nada demais.

As portas se abrem e vou em direção ao meu apartamento. Abro a porta com cuidado, por mais que eu morasse sozinha, era um tipo de mania minha.

Largo tudo em cima da mesa, e vou em direção à cozinha, preparo um macarrão , e me sento no sofá da sala. Ligo a TV e começo a comer.

O noticiário começa e diz que tem um grande aviso, aumento o volume, e espero a mulher começar a falar.

- Recebemos a notícia de que The Joker acaba de ser capturado por Batman, e o mesmo será transferido para o Asylum Arkham amanhã.

Abaixo o volume e começo a pensar sozinha.

Já tinha ouvido falar dele, louco, muito perigoso segundo as pessoas. Eu não achava isso. Talvez seja apenas alguém com um passado difícil.

Diferente de Batman.....

Na minha opinião, esse sim é o verdadeiro louco. Um homem que sai por aí vestido de morcego que acha que pode fazer tudo o que quiser. Era só ele aparecer, que o mundo confiava a segurança nacional à um maluco vestido de morcego.

Acabo de comer, lavo a louça. Vou para o quarto, tomo um banho e deito.

Amanhã o dia seria cheio.

O paciente mais perigoso de Gotham, iria para o mesmo lugar que eu trabalho......








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...