História My reflection - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 20
Palavras 510
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


OIEEEE GENTEEEEEEE, COMO VÃO? Tá, tá eu sei que ninguém tá lendo minha fic, mas quem se importa?? EU IA ESCREVER UMA COISA BEM EMO, mas desisti, tava muito deprê.

SE DEUS QUISER EU VOU TIRAR 10 EM FÍSICA AMANHÃ!!!!!!! EU ESTUDEI PRA CARAMBA, VOU PASSAR DE ANO, TENHO QUE PASSAR DE ANO!!!

Tem até umas redações pra fazer, aff que saco.

Vou falar um pouquinho sobre minha pessoa nessa nota, sla, vai que alguém tem curiosidade de saber como eu sou. Enfim aqui vai a história. Eu tenho um nome, não vou divulgar, amo música, normalmente fico inspirada escutando música, o que me ajuda a escrever histórias ou redações, sou otaku, até demais, sou fujoshi, exageradamente, não sei escrever lemon, acho, e eu estou na psicóloga fazendo as notas de uma fic \o/.

Ah e eu tbm sou bipolar.
Sim eu gosto de homens, boys, meninos, seres humanos do gênero masculino. (NINGUÉM PERGUNTOU)
E até agora nunca gostei de mulheres, e acho que futuramente tbm não vou gostar. MAS ISSO TUDO FOI SÓ ENRROLAÇÃO PARA EU DIZER QUE MEODEOS EU QUERO O JUNGKOOK E MEUS SENPAIS DE ANIMES PARA MIM (o que isso tem a ver com o meu gosto hetero, não sei, eu sou estranha)

VCS ESTÃO SABENDO DO SHOW DE BTS????? KYAAAAAAAAAAAA!!!!! EU VOU NEM QUE SEJA NADANDO!!! VOU SEQUESTRAR O OPPA!!!! QUEM VEM COMIGO???!!!!


BOA LEITURA

Capítulo 2 - E depois do retrato


Fanfic / Fanfiction My reflection - Capítulo 2 - E depois do retrato

Na verdade ficar fazendo o desenho é bem vergonhoso porque a sua dupla fica olhando para você e te encarando, eu estou fazendo isso também, mas continua sendo vergonhoso. E olhando para o retrato que o Rodrigo está fazendo, já percebo que ele desenha muito bem, nossa. Fiquei até com vergonha de desenhar agora... não tenho talento em nada mesmo, não consigo fazer nada direito... Ei, ei foco, presta atenção no retrato. E então eu continuei a fazer o meu trabalho.

—Alice? Tá tudo bem?— O novato me perguntou com um olhar preocupado, provavelmente ele deve ter percebido que eu fiquei triste.

—Ah, tá tudo bem, é só que você desenha muito bem, então eu fiquei com vergonha do desenho que estou fazendo.— Nesse momento seu rosto ruborizou um pouco, ele fica muito fofo assim.

—Nem tanto...— Então alguns meninos ficaram encarando-o, o novato percebeu e voltou a desenhar o retrato, e eu também, pois sabia que se continuássemos aquela conversa os garotos do colégio iriam excluir ele e trata-lo mal.

Depois da aula de artes, os professores seguiram com suas programações. Alguns eram legais, porém outros, parecia que eles nunca haviam sorrido na vida. Mas tudo bem, porque todos ensinavam a matéria super bem. Durante o intervalo eu fiquei com as minhas amigas. E quando voltei para a sala os meninos estavam perguntando ao Rodrigo por quê ele preferiu passar o recreio sozinho. Mas ele não respondeu, só enrolou, no final eles desistiram. E as outras aulas foram passando até que de duas horas a aula acabou e nós voltamos para casa.

Para falar a verdade na escola tem vários clubes, mas as atividades apenas são indiciadas na segunda semana de fevereiro. Eu faço parte de dois, o de vôlei e o de música. Normalmente os alunos só participam de um, porém se isso não afetar as suas notas escolares, então o colégio permite que você participe de um segundo. No de vôlei jogo no time principal e sou a Líbero por ser baixinha, mas eu gosto dessa posição. No de música o pessoal tem uma banda, mas não posso participar, por não possuir tempo sobrando. Então eu só ajudo o pessoal.

—Oi pai!!!— Entrando em casa, comprimento meu pai.

—Oi filha, como foi o colégio?

—Foi legal, eu acho.

—Hmm, ok então.— Então ele saiu da sala e foi fazer o jantar na cozinha.

Que estranho... normalmente ele me pergunta várias coisas depois que eu chego do colégio, e sempre sorri..., deve ter sido só um mal dia, por favor que seja apenas um mal dia. 

—Pai, eu vou para o meu quarto terminar um trabalho, tá? Quando o jantar estiver pronto me avisa.

—Certo.

Depois de uns trinta minutos ele me chamou, o jantar era  pizza, a pizza que ele faz é a melhor do mundo!! Se fosse por mim a gente comia ela todo dia, mas meu pai, que se chama Pedro, não deixaria, o ruim da maioria das coisas boas é que elas sempre acabam fazendo mal... Isso vale também para a vida, eu acho...

 


Notas Finais


A realidade é: eu não sei nem pra onde vai o que eu estou escrevendo, eu só sou bombardeada com um monte de criatividade que vem do além e PAH tá feito o capítulo. Talvez a minha criatividade seja uma bosta, mas é a que eu tenho, então dane-se.
NOSSA QUE SUSTO EU SAÍ DO GOOGLE PARA BOTAR UMA MÚSICA E QUANDO EU VOLTEI TAVA TUDO EM BRANCO EU QUASE CHOREI, SÓ QUE DEPOIS VOLTOU. Agora já posso me acalmar.

CALL ME BABY CALL ME BABY CALL ME BABY CALL ME BABY
DESCULPA ME EMPOLGUEI AQUI COM EXO, vou voltar para o capítulo.

BANG TAN SO NYEON DAN
DESCULPA DE NOVO.

Pessoas vê só o cap ficou curtinho, mas juro que faço um maior depois, é que eu tô sem tempo, desculpa, MAS EU JURO Q O PRÓXIMO VAI SER MAIOR.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...