História My Sad And Attractive Reality (MSAAR) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin
Tags Dúvidas Amorosas, Reencontro
Visualizações 15
Palavras 1.012
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hiiiiiii, turu bom?
Não vou pedir desculpas pela demora, pois isso é uma coisa que eu geralmente faço ent só quero deixar claro que só não publiquei cap novo porque não tive tempo, e acredito que isso não seja um motivo pra pedir desculpas,certo? Sendo assim, tenham uma boa leitura!! ❤❤

Capítulo 9 - Confidence


Fanfic / Fanfiction My Sad And Attractive Reality (MSAAR) - Capítulo 9 - Confidence

Não sei se posso continuar confiando nas mesmas pessoas, não sei se quando eu sair daqui vou poder contar o que se passa comigo para minhas amigas. porque levo a culpa de coisas que eu não fiz? Por que sou tão julgada? Isso de fato não importa pra mim, mas eu queria ter alguém pra conversar elas dizem que confiam em mim mas não é verdade, você vê esses rasgões em minhas costas? Eles são de todas as vezes que falaram mal de mim pelas minhas costas, isso são feridas que por incrível que pareça não doem, pois eu já me acostumei com a ardência e não me importo mais com o imcômodo, agora estou mais uma vez sozinha, não, ainda me resta uma pessoa e ela está deitada a meu lado a única pessoa que sei que se eu chorar, vai se acordar em um pulo perguntar o que ouve, me abraçar e dizer ao pé do meu ouvido que tudo vai ficar bem pois ela jamais vai me abandonar, mas será que estou certa ou ele irá embora como todos fizeram?

<<<<<<<<<<•>>>>>>>>>

Já está na hora da festa.

Eu e Jimin resolvemos que não iremos falar para ninguém sobre nosso lance, e que se quiséssemos poderíamos ficar com outras pessoas na festa, e eu apenas concordei com tudo.

-(S/N)? Já está pronta? - minha mãe perguntou assim que entrou no meu quarto.

- Sim, a senhora gostou desta roupa?

-Ficou muito boa, essa blusa xadrez ficou muito bonita com o short preto o contraste entre ele e o vermelho da blusa ficou de fato bonito.

- Está bem, vamos.

Descemos as escadas e trancamos a porta de casa.

Já do lado de fora vimos Jimin saindo, o mesmo pediu para que o esperasse.

- Boa noite Tia, boa noite (S/A).- nos comprimentou.

-Boa noite.- a OMMA o respondeu o olhando dos pés a cabeça.

Eu apenas sorri.

Ele passou a andar do meu lado e minha mãe um pouco mais a nossa frente.

-Esse short está muito curto, não acha? - idiota como sempre.

- Eu não acho, gostei muito dele, você não gostou? - sarcasmo não falta, soltei um risinho.

- Eu gostei baby, o problema é que me deixou exitado e não tenho como resolver esse problema com você.

- Está tentando me dizer que vai transar com uma garota qualquer da festa? Não se preucupe, espero que resolvam esse problema.- disse e sai desembestada para perto da minha mãe.

-Não é isso.- gritou mas fingi que não ouvi.

<<<<<<<<<•>>>>>>>>>>

-UOOOOUUUUUUUUUUUUU- A beca tava louca e a festa tinha começado a menos de 2 horas, não sei o que eu faço pra conter essa menina.

Miga, cê já tá assim?- riamos feito loucas.

- Só bebi um pouco, uma lata só.- ela não parava de rir.

- Pera, uma lata só?- perguntei desconfiada.

- Foi, uns caras me ofereceram e eu fiquei assim. Engraçado só dei dois goles.- mal falava e já caia no riso denovo.

Deram boa noite cinderela pra Beca, porra.

Chamei um amigo de confiança pra levar a beca em casa, fui com eles lógico depois voltamos, espero que ela fique bem.

<<<<<<<<<<•>>>>>>>>>

Essa festa tá passando como um flash, já deu pra notar né. 

Minha mãe sumiu desde o começo da festa, mas já me ligou dizendo que avia ido para casa e que queria que eu voltasse antes das 03:00 dá manhã. A-D-O-R-O

O Jimin está no meio do nosso grupo, com uma garota e tenho que admitir que ela é linda, mas estou me matando de Ciúmes.

 Não foi pra provocar ninguém, até porque antes dele se aproximar da gente eu já estava abraçada com um amigo meu, e tipo eu tenho um lance com ele e o Jimin sabe, então vocês já podem imaginar a cara dele.

<<<<<<<<<<<•>>>>>>>>>>

- Que horas são? 

- 02:00.- meu amigo me respondeu.

Ele já tinha me roubado alguns selinhos até agora. Mas fazer o que né, a bonequinha do Jimin também o beija a cada momento que Pergunta o que ele tem, mas é claro que ela sabe, ela vê os olhares dele pra mim, ela sabe que é a mim que ele queria mas ela é vadia demais para deixá-lo ir sem se aproveitar.

Dançamos muitas vezes juntos, e claro que um se aproveitava do outro. Separavamos e voltamos para nossos acompanhantes.

<<<<<<<<<<•>>>>>>>>

Mano Walter ia começar e eu estava muito ansiosa, mas não tanto como minha amiga Sandra, ela chorou demais.

<<<<<<<<<•>>>>>>>>

Por incrível que pareça, só fiquei com um garoto na festa, aquele meu amigo, outros tentaram me beijar mas eu sempre desviava, e os olhares do Jimin eram como fogo em minha pele pois queimavam de uma forma inesplicável.

<<<<<<<<<•>>>>>>>>

A festa acabou, e agora estou me despedindo dos meus amigos e amigas.

<<<<<<<<<•>>>>>>>>

Eu estava próxima quase chegando em casa quendo uma pessoa me chamou. Era Jimin.

- Vá procurar sua amiguinha. -tentou me abraçar, mas fiquei de lado em meio a seus braços. Sou CIUMENTA mesmo.

- Deixa de ser Ridícula, aquele idiota tava te agarrando e eu nem liguei.- deu um beijo no meu pescoço.

- A não???- tentei me soltar, mas permaneci ali, ele é muito forte.

- Claro que liguei.

Sorri e o olhei, virando meus braços para poder abraça-lo. Ele me roubou um selinho, e outro é mais outro.

- Amo seus lábios.- ele disse sorrindo.

- Que frase estranha.- comecei a rir.

De mãos dadas paramos na frente de casa, demos mais um selar e entrei.

É, hoje o bolinho não vai ficar por aqui.

<<<<<<<<<<•>>>>>>>>>

Até que enfim o mês acabou, vindo com isso a volta às aulas. Coisa maravilhosa.

Meu relacionamento com o bolinho continua sendo um mistério, o povo desconfia mas até então não é de certeza, o que ninguém sabe ninguém estraga.

Que maravilha, o bolinho vai no mesmo carro que eu, Meu Deus, me segure.

<<<<<<<<<<<•>>>>>>>>

 Já estava na sala, falei com o bolinho algumas vezes mas nada demais para não deixar tão na cara.

Estava junto com minhas amigas, estávamos conversando sobre coisas aleiatorias.

O inesperado acontece.

- Iaew (S/N), quando pretende nos contar do seu namoro com Park Jimin? - Júlia se pronuncia rindo da minha cara, que com certeza era de espanto.

Como elas descobriram? Iiiiiihhhhh FUDEU.


"Tanto a se dizer, tanto a se viver, tanto a aproveitar, tanto a pensar, mas pera, você deve confiar?"

-MLY




Notas Finais


Espero que tenham gostado meus amores. Caso tiverem gostado, Favoritem e comentem é muito importante!!

- Até o próximo capítulo.
- Beijos da Docinho 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...