História My serendipity is you - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Bts, Fluffly, Happyjiminday, Jikook, Jiminday, Kookmin, Mochiboi, Oneshot, Serendipity
Visualizações 91
Palavras 806
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi galerinha! <3

Hoje é aniversário do meu pudim de amor, meu pedacinho de céu, MINHA BOLINHA DE FOFURA, Park Jimin <3
Poucos sabem, mas ele é meu bias do Bangtan e bem, eu tenho um carinho fodido por ele. Ah, ele é tudo para mim.

Quis fazer uma jikook fofíssima com muito açúcar sobre a melhor descoberta da minha vida - nosso Jimin-ah <3
Amem muito nosso mochi, ele é precioso e merece todo o amor do mundo!!!

Leiam ouvindo Serendipity <3 (dica da bebea)


Espero que gostem!

Boa leitura!

Capítulo 1 - Definition of you


ser·en·dip·i·ty  -  (sĕr′ən-dĭp′ĭ-tē)

n. pl. ser·en·dip·i·ties

1. A faculdade de fazer descobertas afortunadas por acidente.

2. O fato ou a ocorrência de tais descobertas.

3. Uma instância de fazer tal descoberta.

 

Definições sempre foram a maior diversão de Jimin quando estava entendiado, não estereotipar algo, mas sim entender o significado de cada detalhe em sua vida. Nada mais perfeito do que as palavras para transmitir suas emoções, pensamentos e principalmente: coisas não possíveis de mostrar as pessoas!

Por este motivo ele se tornou um aficionado em dicionários. Desde muito novo ficava vasculhando as centenas de páginas do dicionário de seu colégio em busca de novas palavrinhas e seus significados, realmente era uma criança diferente. Não diferente no sentido de que era especial, não havia nada de especial em uma criança curiosa e com fome de mais descobertas; mas o que diferenciava ele das demais era seu fascínio por tudo que pudesse ser expressado naquele punhado de caracteres e, principalmente, a reação de quando dita a palavra.

Ppalavras eram seu maior vício. De embalagens de doces até o sentimento que alojava em seu peito por alguém.

E, em um desses momentos que nós acabamos por nos apaixonar – e digo se apaixonar por qualquer coisa -, Jimin viu-se sem uma resposta definição para o que sentia, pensava e até agia. Deus, sentia-se louco por não saber o que entender daquele momento em especial.

Jungkook surgiu em sua vida de maneira tão extraordinária, confusa, maluca e adorável que poderia recordar todos os dias daquele momento constrangedor. Ria consigo sempre que devaneava sobre. Ele estava em uma lanchonete, comendo seu lanche favorito sozinho enquanto olhava de forma minuciosa seu dicionário de bolso.  Era um estudante colegial naquele tempo, ainda muito tímido e de pouquíssimos amigos, mas ainda assim não se sentia mal por ter aquele sentimento. Até que ouviu um estrondo que o tirou de seu mundinho de significados e, pela primeira vez não soube definir aquele instante. Ver um corpo de quatro a sua frente com metade do milk shake que estava segurando no chão, sujando todo o jovem moreno que ainda nem tinha coragem de olhar seu rostinho surpreso era algo novo – muito novo. E quando então o menino levantou o rosto melado de milk shake, seus dois olhos negros e enormes brilharam ao fitarem Jimin que segurava seu dicionário com uma força descomunal ao ponto de rasgar a página que olhava anteriormente. Era algo indefinido, incerto, perigoso, mas tão instigante. O coração de nosso desbravador de palavras estava tão acelerado que poderia morrer com tudo aquilo, aquela massa de sentimentos desconhecida e assustadora dentro de si.

E a partir daquele momento, com um sorriso de coelhinho e uma vergonha alheia enorme – mas bem disfarçada -, Jungkook se apresentou a si. E dia após dia eles continuavam juntos, descobrindo que estudavam perto um do outro e todas as tardes Jimin e Jungkook conversavam sobre todas s coisas que gostavam e, incrivelmente, Jungkook amava palavras como Jimin e suas definições. Virou o passatempo preferido dos dois novos amigos conhecer novas palavras, mais intrigantes e não usadas do que as outras, rindo daqueles entendimentos estranhos.

Quando perceberam, estavam incrivelmente apaixonados um pelo outro e tiveram dias e noites cheias de amor, prazer e sorrisos um para com o outro.

No aniversário de Jimin de dezoito anos, Jungkook havia sumido por completo. Isso afligiu Jimin e o deixou magoado durante as horas separado de seu namorado. Até que ouviu alguém batendo em sua porta e quando a abriu, era Jungkook com um grande buquê de hortênsias, as flores favoritas de Jimin. No buquê tinha um cartão, do qual quando aberto dava a numeração de página de qualquer livro que até então Jimin não sabia qual era.

Jungkook entrou um embrulho que quando desvendado, os olhinhos de Jimin viraram dois riscos adoráveis ao sorrir largo. Um dicionário de inglês, uma língua que o namorado sempre quis aprender e agora teria muito prazer em fazer.

- Jimin-ah, abra na página que coloquei no cartão. – Jungkook pediu de forma doce, afagando os fios sedosos do namorado abraçado ao enorme dicionário novinho.

Assim ele o fez. E desvendou sua primeira palavra em inglês. Uma que parecia tão... Distinta de tudo o que havia então lido descoberto.

Ao ler as definições, Jimin franziu o cenho confuso.

- O que quer dizer isso, Jungkook-ah? – Indagou o outro que riu baixo, segurando seu rosto rechonchudo com carinho.

- Você foi a maior e melhor descoberta da minha vida. O melhor acidente de todos e você sabe o quanto sou feliz por tê-lo. O quanto eu te amo, meu anjo. – Jungkook sorria cada vez mais largo, selando delicadamente os lábios rosados do namorado, para então sussurrar em seu ouvido antes que Jimin pudesse continuar seus questionamentos apaixonados pelo seu novo melhor significado, Jungkook.

 

“My Serenpidity is you, Jimin-ah.”

 

.


Notas Finais


Ficou simples, mas cheio de amor <3

Espero que tenham gostado, então demonstrem muito amorzinho em comentário, favorito etc <3

Obrigadinha e beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...