História My Sexy Appa - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jimin, Jin, Jungkook, Lisa, Rap Monster, Suga
Exibições 1.015
Palavras 617
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeong, Já aviso que Suga pode ter comportamentos bipolares aqui, e Lisa é completamente inocente, COMPLETAMENTE, Miane, espero que gostem ^~^

Capítulo 1 - Conhecendo


    A documentação de minha adoção já havia sido resolvida, eu não a acompanhei de modo algum, nem mesmo com as visitas.

 Eu arrumei minhas coisas, Dei adeus á todos os meus amigos, estava lá a tempos, por este motivo estava tão feliz. Eu iria realmente sentir muita saudade e falta de alguns momentos aqui, Mas finalmente ter de volta uma casa...Um pai... era o que eu mais almejara desde meus 9 anos.

Quanto a meu pai... Eu não sabia, ao menos, seu nome.A Inspetora havia me dito apenas uns bocados, ele me avistou de longe  e resolveu que queria me adotar a todo custo, Eu achei estranho a sua vontade repentina, Porém,apenas dei um voto de confiança para a minha nova família... talvez ele tivesse algum animal o qual eu poderia chamar de irmão, porque pelo visto ele não possuía mulher ou filhos, caso isso fosse verdade, seremos uma dupla familiar.

 Saí de meus pensamentos quando meu ombro foi tocado.

    - Vamos Querida -disse o homem da voz grave que agora soltava meu ombro, Corei levando um leve susto, E o encarei com certa dificuldade, pois era muito alto-

     - Quem é você? Meu Appa? -Depois de bons segundos me recuperando, o questionei.-
     -Anyo, Sou o motorista do senhor Min -ele disse sorrindo, muito respeitoso-
      - E este é meu Appa? -mais uma vez o questionei sobre o sobrenome que ele havia dito quase ajoelhando para que o respeito a ele fosse maior-



      - Sim, Vamos - agora que eu sabia ao menos o sobrenome de meu pai ele pegou as minhas malas e levou para fora, dei a última olhada para o orfanato que me deu momentos inesquecíveis e o segui espontaneamente.Um leve brilhar se pousou em meu olhar, talvez pela emoção, Porém, ainda mais pela surpresa, o carro era extremamente luxuoso-
      -Entre -ele abriu a porta para que eu fizesse o que pediu, educadamente, porém rigidamente, Coloquei o cinto estantaneamente.O notei dar a volta no carro e entrar no banco do motorista.

 [...] Eu estava entediada enquanto ele dirigia, Então resolvi puxar algum assunto, ele não me parecia bravo.

- Qual é o seu nome?   

- Namjoon -respondeu sem prolongar a conversa, talvez seja o seu trabalho, Não o perturbei mais depois daquilo até o fim do trajeto. Ele estacionou o carro em frente à uma mansão linda, Me abriu a porta, E levou as malas para dentro-

 o segui, Porém, quando entrei tudo era tão grande que me perdi de Namjoon, Todos os corredores pareciam iguais até que passei por um e avistei uma porta aberta, encontrei um homem sentado em uma enorme poltrona ao lado de uma cama, provavelmente a sua, De cabelos pretos, Ele me olhou e um sorriso perverso brotou em seus lábios, era pálido, e os cabelos apenas realçavam isso.

Fiz uma breve reverência e juntei as mãos em sinal de perdão.


    -  Miane! Eu estava procurando meu Appa -menti por não querer parecer tão estúpida ao ponto de me perder em uma casa, ele pareceu indiferente e instável-


    - Eu sou o seu Appa -ele bateu as mãos em seu colo- sente-se aqui, No colo de seu papai -ele deu ênfase na palavra enquanto ria um tanto debochado- Não se deve entrar em carros assim, você nem conhecia Namjoon e não sabia se era realmente meu motorista, Lisa -Eu fui até ele e sentei em seu colo conforme seu pedido-

Eu não estava entendendo muita coisa, como sempre, então apenas consebi a ele a autoridade de me dizer o que fazer.

- Miane Appa! Nunca mais vou fazer de novo -disse em súplica, juntando novamente as mãos-

-Mas já fez... -o modo como pausou a frase me causou arrepios-
              E vai ser punida.


Notas Finais


CHUUU ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...