História My sexy appa - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jungkook, V
Tags Família Infelizmente
Visualizações 29
Palavras 1.069
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey amores ❤️
Boa leitura e desde já desculpa qualquer erro

Capítulo 32 - Ainda me assombra


Fanfic / Fanfiction My sexy appa - Capítulo 32 - Ainda me assombra

 Ainda me assombra 

  *Lembro me bem do dia em que nos conhecemos... *

  Lá estava eu , com milhões e milhões de papéis para assinar, sem paciência e com saudades da cama que não via à semanas 
    E você apareceu sorridente, com duas xícaras de café e alguns biscoitos

Trouxe para você - sorriu me entregando o alimento 

Obrigado, mas não poderei aceitar - não o olhei , apenas fitava meus papéis 

Aceite senhor- insistiu 

Já disse que não quero - elevei meu tom e agora já o olhava com raiva 

Me desculpe , não queria irrita-ló - sorriu fraco 

Porque continua sorrindo? - questionei 

Porque ... porque eu ...- Apenas saia , não quero ser mais grosso do que já fui - o fitei sério 

  O rapaz saiu da minha sala , pela primeira vez no dia eu larguei a caneta e me permiti respirar um pouco, mas logo percebi que o rapaz havia deixado o café e os biscoitos ali em cima , eu agradeci mentalmente por isso e cogitei que deveria procurá-lo mais tarde para pedir desculpas .
   
  • Horas depois 

Finalmente consegui assinar e organizar todos os papéis ou seja , agora posso ir pra casa e poderei deitar-me em minha amada cama 
   Mas alegria de trabalhador dura pouco né... começou a chover, porque tinha que chover logo hoje que meu carro estava na oficina? 

Bibibi - ouço a buzina do carro e o mesmo para em minha frente , a janela logo se abre e revela um rapaz sorridente 

Quer carona?- perguntou Sem tirar o sorriso do rosto 

Aproveitando que o senhor está aqui , me desculpe pelo ocorrido mais cedo - sorri minimamente 

Tudo bem , entre - abriu a porta do carro 

Eu vou molhar todo seu carro , estou todo encharcado - olhei para o terno pingando 

Não se preocupe, apenas entre 

  Fiz o que ele mandou e entrei no carro 

Obrigado , irei lhe passar meu endereço - o olhei 

Não precisa , até porque eu sei onde você mora - me encarou 

Sabe ?- perguntei assustado 

Como um bom chefe não saberia a onde seus empregados moram - sorriu 

Chefe ? Você é meu chefe ?- não tinha mais expressão 

Sou , mas fique tranquilo pois eu sei que és sempre gentil e atencioso, hoje você só estava com muito trabalho e também passou semanas na empresa sem ao menos ir para casa - disse agora dirigindo 

    Silêncio, era isso que predominava o local, estava me incomodando mas estávamos quase em minha casa 

Tire uma folga amanhã - sorriu 

Não , eu não posso - fitei o chão 

Porque não ?- me olhou 

Um dia de folga seria descontado em meu salário e isso não me ajudaria a pagar minha contas - sorri envergonhado 

Apenas descanse , não irei cobrar nada de você - estacionou 

Chegamos rápido - sorri 

Verdade - retribuiu o sorriso 
 
Gostaria de entrar ? - o olhei 

Não , obrigado  desviou seu olhar para um canto qualquer 

E depois disso nos começamos a conversar diariamente, você me levava para casa todos os dias e quando eu menos esperei ... Você me pediu em namoro, Ah , o pedido fora tão lindo e emocionante... 

Estávamos jantando em um restaurante tradicional, quando de repente você se levantou, uma moça tocará uma linda melodia em seu violino, um rapaz trouxe até nós um papel ... era uma carta sua e nela você dizia o quanto me amava - aquele até então fora o momento mais feliz da minha vida e quando eu pensei ter acabado , dois cachorrinho vieram até nós , trazendo em suas coleiras duas alianças ( era a coisa mais brilhante que já havia visto) 

Você aceita namorar comigo?- sorriu 

Sim , sim, sim - o beijei 

    Aquele fora o nosso momento...


Passaram-se então três anos e estávamos felizes juntos , então em uma linda noite estrelada você me pediu em casamento 

  Ah , o dia do nosso casamento... você estava tão nervoso e eu então ..? Nem se fala 
      Você estava lindo com um terno escuro, diferente do meu que era branco e então depois de muitas palavras vindas do Padre , eu escutei a que eu mais queria " Sim , eu aceito " fora essas as palavras mais bonitas de toda a noite 
    Passou-se algum tempo e eu engravidei.... Ah mas você pode engravidar? Na verdade sim ... não explicarei porque é aquela senhora burocracia 

      Nosso pequeno nasceu, estávamos tão felizes juntos ... só nós três, apenas nós três 

Até que ela apareceu, aquela sua assistente pessoal ...

   Tudo mudou , você mudou, eu mudei e o pior de tudo Nós mudamos .
     Não saímos mais , não nos divertimos juntos , você sequer dormia em casa e quando dormia estava chapado 
        Mas o pior aconteceu quando eu não aguentando mais a situação tentei pedir o divórcio,  o que você fez naquele dia ? Lembra que eu fiquei de cama ? Sabe porque ? Porque você me agrediu, me agrediu tanto que eu não pude levantar de minha cama nem para ver meu filho, que até então achará que eu estava em uma viagem 
  
Aquilo se tornou rotina, acordar, apanhar , apanhar e dormir ... nosso filho cresceu e eu só suportava as suas ameaças e agressões porque além de ter algun sentimento por você , eu prezava pela segurança do meu filho 
   Mas você era realmente um monstro e tentou tirar a inocência dele , mas eu consegui, consegui impedi-lo e mais uma vez eu fui agredida a ponto de ficar na cama , porém dessa vez na frente do meu filho ... Sabe o que dou mais ? Não , não foram os chutes ou os socos 
    Também não foram os puxões de cabelo ou os xingamentos
      Então o que foi? 

Foram as lágrimas de meu filho , foi vê-lo entrar em depressão com 14 anos , foi sentir a culpa cada vez que olhava seus pulsos, foi vê-lo tentar tirar a própria vida 
     Você pode me escutar agora ? 
        Se você pudesse, você estaria arrependido? 
            Você nos amava ?
             Você me amava ? 
               Porque não me responde? 
Ah sim... você está morto 
     Não dentro de mim, em meu coração e pensamentos você ainda está vivo 

Sua  figura Ainda me assombra , mesmo não estando aqui você me assombra 

     Eu te amo Kim Namjoon mas te odeio na mesma intensidade 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado
Desculpe qualquer erro
Amo vocês ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...