História My Sexy Boy (imagine Hot Jungkook) - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Hentai, Romance
Visualizações 641
Palavras 789
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 39 - Kookie?!


Fanfic / Fanfiction My Sexy Boy (imagine Hot Jungkook) - Capítulo 39 - Kookie?!

             **Jungkook off**

Eu estou numa rua deserta de noite, e de repente começa uma tempestade, eu estou procurando alguém mas não sei quem. Eu ouço barulhos estranhos vindos de um beco próximo então eu me aproximo e me deparo com o Jungkook sangrando no chão enquanto um homem cujo eu não consigo ver o rosto, está com uma faca na mão.

E num piscar de olhos, o homem esfaqueia o Jungkook e desaparece. Eu corro até Jungkook, e deito ele em meus braços e começo a chorar.

Jungkook: Me desculpa.

Eu: NÃOOOO!- Vejo Jungkook dar seu último suspiro em meus braços.

Eu acordo com o Jungkook me balançando e escuto sua voz de longe na minha cabeça.

Jungkook: S/n? Acorda!

Eu: Jungkook?- Ele me olha preocupado enquanto começa a escorrer lágrimas em meu rosto e eu abraço ele.

Jungkook: Calma.. eu tô aqui.- ele acaricia meu cabelo.- Teve pesadelo?

Eu: S-sim.

Jungkook: Quer me contar?

Eu: Não.

Jungkook: Tudo bem, seja lá com o que você tiver sonhado, não foi real. Hoje eu vou passar o dia inteiro fora, então eu vou te levar pra casa da sua mãe.

Eu: Não quero que vá trabalhar.

Jungkook: Porque?

Eu: Por favor, quero que fique comigo.

Jungkook: Eu queria muito ficar aqui com você hoje mas a empresa tá uma bagunça e meu pai me mata literalmente se eu não for.- Ele se levanta da cama.

Eu: Não posso ir pra casa da mamãe hoje, ela vai passar o dia todo trabalhando.

Jungkook: Droga..- ele passa a mão em seus cabelos.

Eu: Posso ir pra casa do Jimin.

Jungkook: Não!

Eu: Pensei que a gente já tinha conversado. Não confia em mim?

Jungkook: Confio em você mas nele não.

Eu: Ou você pode me levar junto com você.

Jungkook: De jeito nenhum!

Eu: Porque não?

Jungkook: Porque tem muitos tarados lá!

Eu: Mas também tem muitas mulheres lá e eu nunca reclamei!

Jungkook: Eu só tenho olhos pra você.

Eu: Eu também, então porque não posso ir?

Jungkook: Tá.. é melhor ir se arrumar.- eu me levanto e beijo ele.

Eu me separo dele e vou pro banheiro fazer minhas higienes.

...

Saiu do banheiro e encontro Jungkook já arrumado. Eu vou até o guarda-roupas e pego um vestido preto e um salto.

Jungkook: Esse vestido tá muito curto e colado não acha?

Eu: Tá exagerando.

Eu terminei de me arrumar e nós dois descemos pra tomar café.

Nós terminamos e fomos pro carro dele, eu estava meio nervosa mas não sei porque. Eu sempre fui muito tímida perto de pessoas desconhecidas e sempre tive dificuldade pra fazer amigos.

Jungkook: Fique perto de mim, ok?- eu acenti com a cabeça.

Nós chegamos, saímos do carro e ele segurou minha mão. Nós entramos e senti os olhares das pessoas que estavam ali. 

Eu: Porque eles estão me olhando assim?- sussurro baixinho no ouvido do Jungkook.

Jungkook: Porque você é linda. E eu não tô gostando nenhum pouco.

Nós passamos pela recepcionista e subimos pro escritório. Ele me levou até a sala dele, era tudo bem organizado.

Eu: Você trabalha aqui?

Jungkook: Eu acho que sim.- ele me olha sorrindo.

Eu: E o que vai fazer agora?

Jungkook: Vou pesquisar algumas coisas e se Deus quiser não vai ter reunião.

Ele se senta na cadeira junto ao computador e começa a trabalhar enquanto eu estou sentada numa poltrona. Até que alguém entra, é uma mulher.

             **Jungkook on** 

Eu estava trablhando normal como sempre quando o diabo em pessoa aparece na porta.

Sunny: Kookiee.

Puta merda! A S/n e a iludida da Sunny na minha sala, isso vai dar briga.

Anjo: Kookie?!- ela olha pra mim desacreditada.

Sunny: Quem é essa piranha?!

Eu olho pro meu anjo e vejo seus olhos cheios de raiva.

Eu: Sai daqui agora!

Anjo: Jungkook.. que porra é essa?!

Eu: Calma, depois eu te explico.

Sunny: Queridinha pode me dar licença que eu quero conversar com o meu Kookie a sós.

            **Jungkook off**

Vadia: Queridinha pode me dar liceça que eu quero conversar com o meu Kookie a sós.- Me deu uma enorme vontade de acabar com essa garota agora! Mas eu não vou fazer escândalo na empresa do pai do Jungkook.

Eu: Possi mas não vou.

Jungkook: Se você não sair agora daqui eu te demito!

Vadia: Ah Kookie você sempre fala isso, e nunca faz. Fala logo pra essa piranha que você já tem dona.

Eu: Ele realmente tem e sou eu, agora a única piranha que eu tô vendo aqui é você.

Jungkook: Você não ouviu?

Sunny: Vai se arrepender de ter me trocado.- ela vai embora.

Jungkook: S/n eu vou te explicar.

Eu: Tô ouvindo.- ele se aproxima de mim.

Jungkook: Eu e ela tivemos um caso há muito tempo. 

Eu: Jura?! Eu nem percebi.

Jungkook: Mas não tem mais nada entre eu e ela.

Eu: Vocês namoraram?

Jungkook: Não, eu só queria sexo. 

Eu: Você ainda ficou com ela depois que me conheceu?

Jungkook: Claro que não! Depois que eu te conheci eu nunca mais desejei outra mulher.-ele me dá um selhinho.

Nós vemos outra pessoa chegando na porta e não era aquela vadia..









Notas Finais


Obrigada por lerem.
Tchauu♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...