História My sexy Devil.(Jungkook)+Hot - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Visualizações 783
Palavras 1.286
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - °*Conversar*°


Fanfic / Fanfiction My sexy Devil.(Jungkook)+Hot - Capítulo 14 - °*Conversar*°

     ~Narradora on~

Ao saber da existência e paradeiro de _______, Lúcifer deduziu que a jovem era filha de isabelle e neta de Mirabell, pois sua aparecia graciosa se igualava com sua avo.

A ideia de sacrifício realmente sempre existiu, assim como a restauração. Porem ele viu em seu caminho a grande  oportunidade de semear a dor nas ruas de Seul, com isso a libertação dos cinco rapazes que ao unir com os dois jovens, park e jeon, tornara a cidade um completo caos, com isso Isabelle será obrigada a voltar se não quer ver milhões de pessoas pagarem pelo seu sumiço.

Enquanto ao filho que ____ carrega em seu ventre, ele deseja a criança para que se torne um de seus monstros, servo e que pague por todo ódio que ele despeja sobre aquela família.


   °2017 narradora off°

    Pov's   _______ on:

Retornamos para casa, eu não estava me sentindo bem, o medo que aquele lugar me causava arrepiou todo meu corpo. Raiva. e isso que eu sinto, como jungkook pode ter me levado a um lugar daqueles na situação que eu estou?

O carro parou, abri o mesmo correndo e bate com brutalidade a porta corri para dentro da casa , não quero vê-lo de forma alguma, preciso decifrar o que ouvi hoje .

- Vem aqui _ O pulso que estava cortado foi pressionado com força causando uma ardência no local, minhas costas se chocaram contra uma parede, de forma que o ar quase faltou.

- Você me obedece .Não vem bancar uma de garota atrevida pois eu não irei me preocupar de te punir mesmo grávida _ Apertou meu corpo contra parede.

- EU JÁ ESTOU CANSADA DE VOCÊ IDIOTA _ Dou uma joelhada entre suas pernas fazendo ele cair no chão de dor.

- V-VADIA _ Se contorcia no chão.

Tudo que estava entalado em minha garganta em um no de dor sairia nesse momento.

- EU TÔ NESSA MERDA DE LUGAR POR QUE VOCE ME COLOCOU AQUI. EU NÃO SOU VADIA PRA VOCE ME DIZER ISSO NÃO ME OFERECI PRA VOCE ...NAQUELE MALDITO LABORATÓRIO A ÚNICA COISA QUE EU FIZ FOI TENTAR TE AJUDAR _ Minha cabeça latejava e meus olhos já ardiam, mais não irei parar - A única coisa que e-eu queria pra mim e-era uma vida feliz. M-mais você e e-essa idiotice d-destruiu tudo . 

- v-você não pode dizer isso pois eu sei que voce me ama idiota _ A dor parecia ter amenizado.

- Tem razão eu t-te amava m-mais agora ODEIO .Odeio sua existência odeio o dia que voce nasceu seu maldito _ Dirigir meus passos para o quarto em meio a lágrimas de sofrimento, mais uma mão segurou minha perna me fazendo cair no chão, senti uma dor horrível pela forma que cair.

Ele subiu em cima de mim enquanto eu me debati o empurrando mais não adiantou , assim que ele se aproximou seus olhos vermelhos me deixou paralisada.

- Fala olhando em meus olhos que voce me odeia _ Dava para perceber que ele estava irritado o que não me deu medo apenas raiva.

Como irei assumir uma coisa que mesmo que eu fale ainda pesa sobre minha consciência dirigir a palavra "odeio" pra ele.

- FALA LOGO _ Me sacudiu.

- NÃO FALO..NÃO GRITA COMIGO INFELIZ..QUERO QUE VOCE MORRA SEU IDIOTA QUE SE FODA VOCÊ EU NÃO ME IMPORTO COM A SUA EXISTÊNCIA. _ Senti uma pontada forte em minha barriga.

- JÁ PERDI A DROGA DA MINHA PACIÊNCIA COM VOCE _ Ele me levantou do chão com força porem cai novamente pois a pontada em minha barriga impedia.

Não..não..meu filho não, tudo por culpa desse infeliz.

- Levanta _ Me puxou novamente.

- Ignorante não tá vendo que tá acontecendo alguma coisa com a criança ? _ Ouvi uma voz diferente, era rouca e parecia ser de alguém que tinha a língua presa.

- O que tá falando yoongi? _ Com certeza deve ser aquele qual ele estava para salvar.

- Ela esta tendo um aborto..E a culpa e sua _ Outro que eu não pude ver quem era dizia com um sorriso sarcástico.

- Idiotas ajudem ela _ Jimin, correu ate mim e me colocou em seu colo, seus braços eram fortes e me passavam segurança. 

- O que vai fazer com ela? _ Jungkook o segurou.

- O que VOCE deveria fazer _ Os dois trocaram olhares de fúria, mais nesse momento a única coisa que me importo e de ver o jungkook se ferrando aos poucos.

                [*°*°*°*°]

Fazia tempos que eu não via a cidade, dias trancada naquele lugar onde me maltratam todo momento. Jimin me trouxe as presas ao hospital e rapidamente fui atendida.

Depois de controlarem minha situação e colocar a vida de meu bebe bem, me deitaram na cama onde Jimin se sentou a minha frente me fitando. Eu queria entender porque ele é diferente? Porque seu coração e bom mesmo ele sendo o que é?

- Eu queria saber uma coisa _ Quebrei o silencio de horas entre nos .

- O que ?

- Eu...queria saber que se fosse com voce seria diferente se você tivesse no lugar do jungkook _ Me olhou .

- Não. seria diferente _ Abaixo o olhar - Pois eu nunca iria te colocar em uma situação dessas, seria normal, te daria uma vida feliz, criaríamos nossos filhos juntos, não quero ter uma vida luxuosa só queria um dia ser amado por alguém..E esse alguém seria você .

Fiquei incrédula, eu suspeitava mais não acreditava, park Jimin realmente nutri sentimentos por mim.

- Como eu queria que fosse você Jimin _ Com os olhos repletos de lágrimas toco seu rosto.

Levei meus carinhos para aqueles lisos e macios cabelos, coloquei minha mão em sua nuca e rapidamente o puxei para um beijo.

Diferente de jungkook ele era carinhoso, seus toques são calmos e seus lábios quentes...

- Am...Desculpe atrapalhar o casal _ O medico adentrou o quarto fazendo nos separarmos o beijo e sorrimos tímidos.

- Não tem problema _ Jimin se levantou .

- Bom..eu só vim falar que a senhorita ______ esta livre, e mais pelo que percebi vocês terão que cortar as relações sexuais, a gravidez dela e de risco, exige total repouso e nada de ficar se irritando tem um remédio que você vai tomar..E senhor Jimin se controle _ Rimos negando com a cabeça, o medico pensou mesmo que temos alguma coisa o que por um lado me fez desejar que fosse verdade.

- OK _ Respondi calma, ele se retirou e assim Jimin caminhou ate mim me dando a mão.

- Boa sorte ao casal..Havia me esquecido.._______ Você esta com 2 meses de gravidez seu bebe esta desenvolvendo bem..

- Que bom _ Sorri aliviada.

- Vamos então _ Me deu a mão e saímos do hospital. .


              ~[*°*°*°*°*]~

- Obrigada Jimin _ Olhei de canto rapidamente e lhe depositei um selinho .

- Não me iluda _ Se encostou na porta. - Isso pode dar problema.

- Tem medo do jungkook?

- Não...Já bati nele quando éramos pequenos, mais depois ele me bateu de volta _ Falou sorrindo parecendo se lembrar do que aconteceu.

- Do jeito que fala parece ate que ele não e o que e _ Suspiro irritada.

- Na verdade .Ele não era assim mais o tempo deixou ele dessa forma.Antes ele chegava a ser fofo adorava coelhinhos _ Fico boquiaberta.

- Não consigo imagino ele com um coelho.

- Ele parece um _ Rimos -Tenho que ir.Tome cuidado com ele _ Dessa vez ele me roubou um selinho .

- Tchau _ Ele saiu me deixando com um sorriso bobo.

Passei pela sala correndo não quero encontrar jungkook em lugar algum.

Corri para meu quarto e rapidamente fechei a porta, me lembrei de que não podia fazer esforço físico . tranquei a porta e coloquei a testa na mesma recuperando meu fôlego.

- Esta na hora de nos conversar ._Me viro vendo jungkook sem camisa e com seus cabelos bagunçados. 





Notas Finais


Desculpa por não tá postando 😳
Tava sem tempo .
Mais aqui estamos ❤🌝


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...