História My sin - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Daddy, Lolitas
Exibições 21
Palavras 708
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Ei, leiam as notas final por favor, pq é sempre muito importante, ressaltarei algumas coisas...
Espero que gostem! Boa leitura, meus amores....

Capítulo 3 - I'm lost


Fanfic / Fanfiction My sin - Capítulo 3 - I'm lost

“Ela começou me falando que seu pai tinha morrido, logo antes de nascer...”

A gente estava a muito tempo ali, e ela sempre sorria, por mais que estivesse em cativeiro... Mas quando ela começou a me contar sua história, desapareceu... O seu sorriso não estava mais presente ali, com a gente, entende? Ela não teve uma vida muito fácil, começando por não ter tido tanto dinheiro, ela ressalta que por isso estava ali, ou melhor, aqui comigo. Eu sei que nunca me apaixonei, sei lá, nunca amei alguém até porque nunca acreditei nisso, mas eu tinha pegado afeto por ela... Ela era diferente... Voltando... Ela diz que sua mãe estava estranha com ela, tanto ela quanto o padrasto do qual ela viveu a vida toda como alguém que devesse ser protegida, mas não, ele abusava da minha garota... A mãe dela se casou com ele aos 3 anos de idade dela, a mãe dela precisava de uma presença/proteção masculina ali, e o conheceu quando ele foi entregar um gás na casa de Melissa ( nome da minha garota ), e ela confessa que ele sempre a cuidou muito bem, mas dai veio seu irmão, Miguel, e ele começou a enxergar ela diferente...

-

Uma sexta Melissa tinha chegado da escola, só o Padrasto em casa...

- Papai...

Ela abriu um sorriso ao vê-lo sentado no sofá, ela costumava ir de van nessa época. Ele abriu um sorriso ao ver a Melissa com apenas 8 anos de idade, em seu uniforme pequeno e bateu com a mão esquerda em sua perna, a chamando para sentar em seu colo, e assim ela fez...

- Hoje vou me divertir com você...

Ele disse baixinho, pousando beijos em seu pescoço. E ela, bom, ela não sabia do que estava por vir...

-

- E a partir dai foi como?

Perguntei a olhando em seus olhos tão serenos...

- Um inferno todos os dias. Era sempre assim, acordar me sentar na mesa do café, um café nada farto... E pra compensar ele lá, em pé me sorrindo maliciosamente... E eu sabia o que estava por vir... Sabia que a noite ele roubaria mais um pouco da minha infância já destruída...

Eu na verdade sabia que todas as garotas da Person sofria, elas não tinham vida e isso era obvio... Elas só se fodiam, literalmente... mas nunca parei pra conversar com elas, na verdade conversava com Anitta, uma de 18 anos de idade, mas diferente das garotas de menores, ela estava pois queria, e depois da gente foder, eu contava como foi meu dia ou uma piada idiota, e ficávamos conversando por horas e horas... 

Mas a Melissa era diferente, ela era mais bonita que as outras, não me refiro a ser gostosa ( também ) mas seu rosto era tão angelical, sabe? Me transparecia paz... eu me sentia vivo ao falar com ela, ao me entreter com ela e no fundo sempre fiz isso tudo pra estar vivo... as bebidas, as mulheres, as drogas... Eu havia tomado uma decisão, eu iria compra-la e assim fiz... Isso durou 2 anos, dois anos que ela esteve comigo... Bom, hoje namoro com Anitta... sim, Anitta... Mas ainda vamos chegar lá.

Ela me contou que gostaria de saber o que houve com seus pais naquela quinta... Eles calados... Até seu irmão não dava muito sinal, e ambos eram muito apegados um ao outro... Ela estava se sentindo só, e apenas ficou no quarto, até que caras entraram no seu quarto.

- Subi as escadas ao perceber que eles não queriam muito papo comigo, mas também fiquei pensando naquele carro preto parado na porta de casa... Me deitei e apenas ouvi gritaria do andar de baixo, e dois homens arrombaram a porta que nessas alturas estava trancada... Eu só lembro de eles me injetando algo no braço, enquanto olhava para a minha mãe no chão, ajoelhada e pedindo por favor e fim... Acordei aqui, sem roupas em um quarto escuro e me explicaram o que iria fazer, uma cara alto começou a me dar detalhes de como seria minha vida aqui e eu confesso que achei que esse inferno acabaria, sabe? Os abusos e etc... mas acho que me enganei, também acho que fui vendida por meus pais...


Notas Finais


Bom, a Melissa não vai ficar muito na história, sim, tô dando spoiler u-u
Mas quero que conheçam-a, pois ela foi muito importante para Jhonny e também para a fic... Mas não se apeguem muito nela, haha. Nos próximos irei contar mais sobre o futuro dos dois, assim vocês irão conhece-los, mas já visando, NÃO SE APEGUEM!
Obrigada por lerem, de verdade ;3
Comentem o que acharam, e quaisquer erros.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...