História My sister, my child. - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alice In Chains, Audioslave, Eddie Vedder, Pearl Jam
Personagens Chris Cornell, Eddie Vedder, Jeff Ament, Mike McCready, Personagens Originais, Stone Gossard
Tags Chris Cornell, Eddievedder, Pearljam, Soundgarden
Visualizações 10
Palavras 1.756
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa noite meninas! Tudo bem?
Desculpem em estar colocando essa foto no capitulo, mas é só pra combinar! Eu juro que não ponho mais foto do Eddie com a Beth, eu prometo Kkkkk

Enfim... Tenham uma boa leitura pq o bicho já pegou :v

Capítulo 15 - Eu não sou mais uma criança


Fanfic / Fanfiction My sister, my child. - Capítulo 15 - Eu não sou mais uma criança

-Hey Beth! – Disse eu chamando a atenção dos dois já espumando de raiva.

A perna de Beth desenrolou no corpo de Mike imediatamente quando me aproximei. Mike limpou sua boca suja de batom já envergonhado, dando um paço para atrás desgrudando de Beth.

-Katriina?! – Disse ela embriagada.

Mike se pôs na frente dela gaguejando.

-Katriina, eu... Eu posso explicar...

-Sai daqui Mike, o assunto agora vai se entre eu e ela. Venha, sua biscate!

Peguei no cabelo de Beth com força e puxei fazendo Beth quase cair no chão, e então em um impulso de raiva eu comecei a bater nela com toda vontade do mundo. Beth tentava se defender dos meus tapas, e como consequência disso, eu acabei apanhando dela tambem. Mike e Jeff não sabiam o que fazer, e em desespero foram tentar separar nós duas.

Eu digo a vocês que parar aquela briga não foi fácil, começando pelo fato de que eu conseguia sentir o gosto do sangue na minha boca, e que Beth já estava com vários hematomas no rosto, inclusive o olho roxo.

Mike pegou Beth pela cintura e puxou, e Jeff então fez a mesma coisa comigo, porem, nós dois perdemos o equilíbrio e caímos na piscina... De novo. E adivinha quem veio nesse intervalo em que estive com a cara embaixo da agua junto com Jeff? Sim, acertou.

-Mas o que está acontecendo aqui? – Perguntou Eddie confuso.

Chris se manifestou perto da piscina e estendeu a mão para me ajudar a sair da piscina.

-Essa maluca veio bater em mim sem mais nem menos! – Gritou Beth vindo abraçar Eddie.

Eu sai da piscina tremendo de frio e tambem de raiva. A coisa que eu estava mais odiando naquela hora era ver o cinismo de minha cunhada ao abraçar Eddie chorando.

Chris colocou sua blusa de frio em cima de mim e Stone cedeu a blusa de frio dele para Jeff vestir, mas Jeff recusou.

-Meu irmão me conhece, ele sabe que eu não bato em alguem sem antes saber o motivo – Retruquei.

-Katriina, chega! – Gritou Eddie – Vamos subir. Lá em cima a gente conversa.

 

...

 

-Eu posso saber que escândalo foi esse? – Perguntou Eddie enquanto ele olhava para nós.

Beth e eu estávamos sentadas no sofá. Ambos de braço cruzado olhando de cara feia para Eddie.

-A sua irmã Eddie, está maluca! – Resmungou Beth – Eu estava conversando com Mike e do nada ela veio querer me bater.

-E o que você fazia sozinha com Mike?

-A mesma coisa que a Katriina estava fazendo com Jeff perto da piscina.

-E o que você estava fazendo com o Jeff perto da piscina, Katriina?

Eddie olhou pra mim irritado e minha alma gelou na mesma hora. Eu não acredito que a Beth vai me encurralar desse jeito.

-Ela estava batendo papo com o Jeff – Disse Beth respondendo por mim – Apenas conversando, nada demais, assim que nem eu e Mike estávamos.

-Então por que vocês estavam brigando?

-Porque a Beth, ela... – Parei a frase quando olhei para a Beth.

Será que ela viu o que estava acontecendo entre eu e o Jeff? Se ela sabe, ela não falou pro Eddie, mas se eu falar a verdade pro Eddie, ela pode... Ah meu Deus!

-Tá, okay, eu confesso que eu passei dos limites, ok? Ao menos eu devia ter conversado com ela sobre o fato de ela querer me tratar que nem criança.

-O que?! – Disse Beth olhando para mim.

Suspirei olhando para ela.

-Beth, eu não sou mais criança ok? Tudo bem que eu tenho 17 anos, mas é irritante ver alguem desconhecido te dar ordens toda hora, é tipo... Sei lá! Se você quer ser esposa do meu irmão, eu entendo! Mas põe na sua cabeça que eu não sou sua filha, ok?

-Katriina...

Beth foi tentar falar e eu interrompi.

-Então não me xingue mais e não me maltrate que nem você me maltratou lá embaixo, eu não gosto de me sentir constrangida e disso você sabe muito bem.

-Você maltratou a minha irmã? – Perguntou para Eddie.

Beth olhou para mim sem expressão no rosto, mas eu logo dei uma piscada discreta para ela, e Beth parecia ter entendido, e logo manteu a postura suspirando.

-Eu fui conversar com o Mike pois o Stone estava procurando por ele e você estava conversando com o Jeff sozinha, longe do seu irmão, o que eu poderia pensar?

-Oh céus vocês dois! Será que dá pra colocar na cabeça de vocês dois que dois anos de amizade com o Pearl Jam já é o suficiente pra eu considerar todo mundo como um irmão? Ainda mais o Jeff que ao contrário do Stone sempre me deu respeito.

-Ok Katriina, isso é verdade e eu já falei disso pra você – Disse Eddie apontando o dedo para mim - Mas isso não muda o fato de você ter sumido de minha vista novamente e ser vista conversando com ele. Eu pensei que você estava no fliperama!

-Mas eu estava! Eu e o Jeff até fizemos aposta e ele perdeu de novo e me deve mais um fardo de cerveja. Mas ai o Matt Cameron chegou e nós três fomos até a piscina tomar cerveja e bater papo, e então o Matt saiu quando a Beth chegou pra folgar comigo.

-Eu não estava folgando, tá legal? Eu só estava cuidando de você já que seu irmão estava ocupado demais conversando com seus melhores amigos e deixando a gente de lado.

-Não é Eddie?

Eu e Beth cruzamos nosso braço olhando para ele. Eddie gaguejou, e deu um gole em sua garrafa de cerveja na mão e suspirou.

-Tá bem, confesso que eu fui desnaturado, mas...

-Mas o que? – Interrompeu Beth – Essa não foi a primeira vez que você me deixou de lado pra conversar com o Chris.

-Ou com o Stone – Disse eu.

-Ou com o Dave.

-Ou qualquer outro amigo seu que te dá atenção.

-Tá, okay! Desculpa! – Eddie revirou os olhos – È que eu não sei o que vocês querem! Uma hora vocês falam que vocês estão se sentindo sufocada e que precisam de liberdade, e outra hora vocês falam que precisam da minha atenção. Assim fica difícil, sabia?

-Sabe o que eu quero Eddie? – Interrompeu Beth mais uma vez – Eu não vou te falar o que eu quero porque você já está cansado de ouvir.

-E em algum momento você parou pra pensar sobre o que eu quero Beth? Por que tudo tem que girar em torno do seu umbigo hein? Por que você e não eu?

-Porque meu querido, é VOCÊ que só pensa em si mesmo, e o suficiente pra me deixar para atrás.

-Eu posso sair? – Perguntei.

Eddie bufou trocando olhares nervosos com Beth.

-Vai tomar banho Katriina, eu estou descendo. Mais tarde eu quero ter uma conversa séria com a Beth.

Assim que Eddie virou as costas, Beth se levantou em sua direção totalmente irritada.

-Bem sua cara mesmo fugir quando o bicho pega pro seu lado. Seu idiota!

Eddie fechou a porta na cara de Beth, e logo a vi escondendo o rosto no braço apoiado na porta, chorando muito.

 Confesso que apesar de tudo, eu ainda fiquei com dó da Beth, pois até então o relacionamento dos dois para mim era apenas um relacionamento, mas eu não entendia sobre o que realmente acontecia entre os dois, e vendo essa discussão e lembrando de algumas coisas entre eles, eu estava quase caindo em mim de que o que Beth estava fazendo poderia ser mais como um pedido de atenção. Eddie tinha ciúmes tanto de mim quanto dela, mas quando ele está com os amigos, ele a ignora por completo, ainda mais agora que Chris e Stone estão de plano pra me manter perto de Jeff.

Me aproximei de Beth devagar e coloquei minha mão em seu ombro.

-Beth? – Disse eu – Me desculpa por ter batido em você. Eu fiquei furiosa quando eu te vi agarrada com o Mike.

-Não, eu entendo. Você é irmã dele, é obrigação sua ter me batido.

-Mas eu não devia ter sido tão ruim assim, eu fui muito impulsiva, confesso.

-Você fez algo que eu devia ter feito quando eu vi a ex namorada do meu irmão beijando outro. Eu mereço por ter sido tão vadia.

-Não Beth, você não foi vadia... Tá, você foi, mas... Meu irmão é tão cabeçudo as vezes sabe? Tem ciúmes mas não faz esforço pra te fazer feliz.

-Seu irmão as vezes é um idiota, mas confesso que eu ainda gosto dele - Beth olhou para atrás com o olho manchado de rímel e delineador de tanto chorar – E alias... Obrigada por não ter me entregado.

Dei um leve sorriso para ela.

-Eu que agradeço por não ter me entregado sobre o Jeff.

Beth se virou em minha direção e passou sua mão esquerda em seu olho.

-Afinal, o que você e o Jeff estavam fazendo naquela piscina? Transando?

-Ahhh... Não, não estávamos... A gente só estava er... Bom, você sabe né?

-Sei bem... Primeiro amor, primeiro fogo... È normal brincar um pouquinho, ainda mais quando se é virgem, parece que o tesão é dobrado.

- Nem me fale! Eu não sei o que seria de mim se você não tivesse chegado lá com o Mike – falei dando um riso tímido lembrando do que aconteceu – Mas enfim... Eu te machuquei muito?

-Não... Exatamente.... O meu olho por exemplo vai ficar um bom tempo inchado. E você? Te machuquei?

-Cuspi um pouco de sangue mas nada demais.

-Você é boa de briga.

-Obrigada, você tambem.

-Nem tanto, eu mais apanhei do que tudo.

Eu e Beth então saímos do clima ruim e começamos a rir da conversa.

Beth suspirou ainda com um olhar triste, porem, com um leve sorriso estampado no rosto.

-Eu não sei agora do que você vai fazer já que agora sabe que eu e Mike temos um caso, mas eu só quero que saiba que sobre você e Jeff pra mim o segredo está guardado, ok?

Sorri para ela tranquilamente.

-Tudo bem Beth, não esquenta, seu segredo vai estar guardado comigo tambem. Mesmo não concordando sobre o que você está fazendo com meu irmão, mas tudo bem. Eu não quero me intrometer nos seus relacionamentos.

-E nem eu no seu.

Eu e Beth sorrimos, e então para selar um acordo de paz, demos um abraço amigável, e finalmente estávamos em paz, até que Beth deu três tapinhas nas minhas costas imediatamente.

-Katriina.

-Sim?!

-Vai trocar essa roupa molhada, por favor?

-Ah, desculpa – Respondi desfazendo o abraço.


Notas Finais


Katriina conseguiu mais um aliado? Sim ou claro? Kkkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...