História My Sister's Boyfriend - Capítulo 8


Escrita por: ~

Exibições 182
Palavras 1.330
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Ficção
Avisos: Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá meus caros travestis, amo vcs, gente eu demorou alguns dias pra postar e já me acho preguiçoso, vcs dão sorte q eu não sou daqueles q só att um cap a cada mês, já vou avisando que esse cap vai ser dramático, na vdd todos são vcs já se acostumaram né meus bb!!

Capítulo 8 - Prazer, Sou Pior Pesadelo!


Desde às últimas semanas Zayn e eu nos tornamos inseparáveis, ele disse que queria realmente se desculpar pelo o que havia feito e então eu sendo quem sou resolvi aceitar as desculpas do garoto, nós passávamos as tardes após a escola sempre na minha casa, as vezes ficamos na dele mas sua mãe não gostava muito de mim, é melhor ela entrar na fila....

Estávamos no refeitório da escola quando um amigo de Zayn vinha em nossa direção, eu logo o reconheci, era Zac Madison o garoto cujo eu acidentalmente joguei pó de mico na roupa, coitado, ainda tenho pena dele:

— Zayn! Temos treino hoje às 15:00! Não se atrase! Zac disse irritado batendo seu punho na mesa.

— Calma aí cara, eu não irei perder dessa vez. Zayn falou enquanto eu permanecia em silêncio sugando meu suco de abóbora pelo canudinho.

— Isso foi o que você falou da última vez mas mesmo assim chegou atrasado. 

— Eu te expliquei, eu estava fazendo trabalho de espanhol com o Louis.

— Eu me lembro! Agora todo o seu tempo é gasto com esse viado, você não era assim.

— Louis e eu somos amigos agora, e isso não irá mudar.

— Talvez devesse mudar.

— O que quer dizer com isso?! Zayn perguntou se levantando e ficando frente-a-frente com Zac.

— Chegue atrasado hoje e verá o que irá acontecer.

— Zac, acha mesmo que eu tenho medo da suas ameças?

— Zayn, fomos amigos, você deveria estar com muito medo. Zac disse  se virando e indo embora.

Zayn se sentou mais uma vez e não disse nenhuma palavra então eu resolvo quebrar o gelo dizendo:

— Ei? Você está bem?

— Vou ficar, mas até lá é melhor ficarmos um pouco mais afastados. Zayn respondeu.

— O que?! Por que? Só por causa de uma ameça boba? Pensei que fosse mais corajoso que isso, não é você o valentão?

— Eu ainda sou! Ninguém pode me arrancar esse título.

— Então pare de agir como se estivesse devendo algo.

— Não estou, mais tarde te explico, quando a aula acabar vá direto para casa okay?

— Mas por que? Eu pergunto e Zayn me encara no fundo dos olhos e diz.

— Prometa que irá direto para a casa Louis!

— Tudo bem eu vou! Vai ter que me contar essa história melhor.

— Eu irei. Zayn disse se levantando e indo embora.

Eu não sabia o que estava havendo ali mas Zac deveria saber algo realmente importante e perigoso sobre Zayn ou do contrário Zayn não ficaria assustado como ficou, será que o garoto que me odiava e agora é meu único amigo esconder um segredo tão tenebroso quanto o que se passa em minha mente, seria Zayn um assassino, ou talvez apenas um mero vendedor de drogas de algum bairro perigoso? Espero saber o mais rápido possível.

Fui para acasa assim que o sinal bateu, Zayn disse que não passaria a atarde comigo como sempre fazíamos, disse que mais tarde viria até minha casa contar o por que ficará tão assustado com a ameça de Zac, enquanto isso eu fui para casa e durante todo o caminho eu já planejava o que iria fazer, afinal eu estaria sozinho, seria filmes o dia todo, pelo menos até Harry chegar e querer assistir algo de seu interesse, nesse momento eu subiria para meu quarto sem dizer uma palavra. Chego em casa e logo notei que tudo estava silencioso, ninguém deveria estar lá então subo para meu quarto e viu direto para o banho, enquanto a água enche a banheira eu me observo no espelho e vejo as velhas cicatrizes em meu braço esquerdo, bom, desde que Zayn e eu nos tornamos amigos eu não me cortei mais, acho que já tem umas 3 semanas, isso é algo bom, afinal nunca passei de 5 dias sem.me cortar.

Entro na banheira e fico lá cantando "Ego" da "Beyoncé" enquanto me lavo loucamente, depois vou me arrumar, como não havia ninguém em casa e Zayn não iria me visitar mesmo eu optei por colocar uma blusa sem estampa e completamente preta e pus apenas uma boxer branca que achei na gaveta, por fim coloquei um par de meias pretas que peguei na gaveta, desci indo direto para a sala é ligando a TV.

A escola estava agitada ultimamente ou seja estava tendo muitos trabalhos e Zayn e eu fazíamos todos juntos, Zayn era lerdo demais para entende-los então eu acabava fazendo o meu e o dele também e isso estava realmente me cansando, por isso não aguentei 10 minutos de TV e acabei pegando no sono, mas logo acordei assustado quando ouvi a porta da entrada bater com força, me levantei rápido e vi que era Harry quem chegava estressado. Ele passava irritado a ponto de matar quem aparecesse em sua frente mas sua expressão facial mudou de imediato assim que me viu no sofá.

— Louis, não sabia que estaria sozinho hoje. Harry falou constrangido olhando para o alto, no começo não entendi mas logo me toquei que tudo aquilo era por causa dos trajes que eu usava naquele momento.

— Eu não.... Desculpe estar nesse estado, pensei que você fosse chegar mais tarde como de costume. Eu digo.

— Eu meio que, eu me demiti, na verdade eu já não aguentava mais aquele lugar. 

— Mas como assim se demitiu? 

— Não se preocupe eu já estava com outro emprego em mãos, não iremos passar fome. Harry falou rindo no fim.

— Que bom ouvir isso, mas se foi você quem quis isso por que está todo irritado.

— Pelo fato de que as pessoas não entendem o jeito que eu fiz toda a coisa acontecer, foi um briga enorme etc... Você irá entender isso um dia.

— Talvez eu entendesse hoje se você me contasse.

— Uau, quer dizer que agora está falando comigo outra vez? Harry perguntou se sentando ao meu lado.

— Vou deixar aquele pequeno acontecimento no passado só pelo fato de que estou muito feliz esses dias. Eu disse.

— E essa felicidade seria por...?

— Eu não sei ao certo, Zayn e eu nos tornamos amigos de uma hora para outra e isso mudou mui tudo o que estava acontecendo comigo.

— Zayn Malik? Esse não era o garoto que vivia fazendo sua vida um inferno na escola?

— Sim, mas esse era o antigo Zayn, ele está diferente agora.

— Isso é o que você pensa Lou, pessoas com todo aquele ódio que ele sentia de você... Uma vez seu inimigo sempre seu inimigo. Harry disse e por um minuto eu pensei na frase que o mesmo acabará de falar.

— Zayn não é assim. 

— Que seja, não posso mudar o que você pensa, enfim, agora que estamos nos falando de novo eu queria te pedir desculpas pelo o que houve naquele dia, você sabe, o beijo. Harry falou.

— Vamos apenas esquecer aquilo oaky? 

— Tudo bem, então o que você está vendo na TV britânica?

Grey's Anatomy, é ótimo tá bom!

— Eu não disse que não era, olhe fique aqui que eu irei fazer um pouco de pipoca para a gente e já volto. Isso foi que Harry falou mas assim que o mesmo chegou na cozinha demorou quase um século.

Eu gritava pedindo por pipoca e Harry sempre dizia que já estava saindo, mas nunca  saía nada.

— Eu sabia que havia algo de errado. Eu falei assim que vi toda a cozinha esfumaçada e com um cheiro horrível, eu comecei a fazer a tal pipoca e foi aí que tudo deu errado mais uma vez.

Eu me desequilíbrei e assim que percebi que iria cair me agarrei em Harry e ambos fomos aí chão, eu por baixo e Harry por cima, eu amorteci a queda daquele gigante em cima de mim:

— Pelo amor de deus, saí de cima de mim!!! Eu gritava em meio as risadas.

— Não ria, espera aí, você caiu sozinho pode rir a vontade. Harry falou e ficamos alim por mais alguns segundos até que Harry sussurrou um "Desculpas" e eu pude sentir sua respiração bater contra meu rosto, Harry selou nossos lábios mas uma vez em um 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...