História My song (Imagine Jungkook) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, EXO, Got7, Seventeen
Personagens Personagens Originais
Tags Jungkook
Visualizações 24
Palavras 2.019
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Festa, Harem, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


•••••••••••••Importante••••••••••••
Bom pessoal, eu estou sem internet e por isso demorarei a postar capítulos.

— Ah, se você está sem internet como está escrevendo para nós?

Simples, eu estou usando o WiFi da minha tia, então nem sempre consiguirei postar capítulos, e bom, eu liguei e tals, e eles disseram que um técnico viria em minha casa arrumar a internet, e que o prazo máximo é de 72 horas, quando eles vierem, posso recompensar vocês com um capítulo especial. E eu vou fazer duas ultimas provas na terça, então não sei se consigo postar cap na segunda. Bjs, e espero que entendam.
B
O
A
-
L
E
I
T
U
R
A
💖

Capítulo 7 - 06


Amigos, inimigos e desconhecidos...Parte - 5 


No dia seguinte...


Acordei abraçada em Jeon, de fato, estranhei a posição, mas estranhei mais ainda como pude dormir naquela posição. Ele estava com a cabeça em cima da minha, e eu com os braços em volta da sua cintura, tá, eu me lembro de ontem, mas não me lembro de ter dormido assim. Esse perfume, é tão... – Funguei no pescoço de Jeon – Bom...

Jungkook — Gosta do meu cheiro, amor? - Opa, ele estava acordado? Alguém me helpa, que desculpa usarei?!

A-anh? - O famoso "anh" inocente, sempre que você quiser escapar de alguma pergunta, finja que não entendeu.

Jungkook — Ah, não se faça de inocente, você fungou em meu pescoço.

Se não der certo uma vez, tente outra vez.

N-não me lembro d-de ter feito isso.

Jungkook — Sei...Mas sabe o que eu quero agora? - Diz pousando sua mão direita em minha bunda. 

Se faça de inocente, uma, duas, três e cem vezes se for preciso.

D-dormir? - Pergunto me fingindo de inocente, o mesmo gargalha alto e fica por cima de mim.

Jungkook — Lembra do que você disse ontem? - Droga S/n!! Por que fui falar uma coisa dessas para ele?

A-ah...

Jungkook — Eu quero...E agora. - O mesmo não me deu tempo para responder, pois havia iniciado um beijo quente e selvagem, suas carícias estavam em minha bunda, devo confessar, está um pouquinho gostoso, sua boca tem gosto de chocolate, espeficicando, toddy, estranho, mas é o seu sabor, sua lingua brigava com a minha, era uma luta para conquistar espaços, o seu beijo era maravilhoso, estava me sentindo estranha, e com a mesma sensação de ontem, borboletas no estômago, sua mão esquerda adentrou em minha blusa começando a massagear meus seios, o mesmo para de me beijar indo direto para o meu pescoço depositando lambidas e chupões, eu estava me sentindo um pouco, digamos incomodada, algo entre minhas pernas estava quente, a razão? Não sei, apenas estava...Excitada...Sua mão arranca a minha blusa jogando-a para qualquer lugar, ele retira meu sutiã e abocanha meu seu o esquerdo massageando o direito, eu me controlava para gemer, mas ele deu uma mordida de leve em meu bico, e não aguentei, soltei um gemido baixo ouvindo sua risada. Ele retira suas roupas ficando nu para mim, o mesmo pede permissão para tirar o meu short, apenas confirmo com a cabeça, mentir para quê? Eu estava mesmo querendo aquilo. Ele abaixa sua cabeça, e fica entre minhas pernas, sua língua quente lubrificava minha intimidade lentamente, ele lambia meu clitóris para cima e para baixo, sua boca agarrou os lábios da minha intimidade me fazendo soltar um gemido baixo, o mesmo para seu ato quando eu ia gozar. Ele se levanta e vem até mim com um sorriso nos lábios.

Jungkook — Você só vai gozar quando eu estiver dentro de você. Agora  seja uma boa garota e fica de quatro! - Ordenou, fiz o que o mesmo pediu sentindo um ardor em minha nádega esquerda, Jeon havia me dado um tapa. Logo sinto algo me preencher com força e rapidez, gemi alto e o mesmo gargalhou, ele começou a fazer os movimentos de vai e vem, cada vez mais rápido e profundo, sempre com força, minhas pernas estavam duendo, não aguentava mais ficar naquela posição, estava muito bom, o prazer que as estocadas me davam era infinita, percebendo a fraqueza das minhas pernas, Jeon segura em minha cintura, não só me equilibrando, mas também aumentando mais o ritmo das estocadas, encostei a minha cabeça no travesseiro e senti o prazer em minha intimidade, havia gozado mas o mesmo não parou, apenas intensificou se derramando dentro de mim, aquilo foi muito bom, minha respiração acelerada, e minha intimidade sensível, é uma sensação ótima de se sentir. Jeon se retira de dentro de mim e se senta, logo me olha malicioso me puxando para sentar em seu colo, iniciamos um segundo round, suas mãos estavam em minha cintura, eu não estava completamente sentada em seu membro, havia um espaço entre nós, Jeon é o tipo de homem controlador, o mesmo começa a me estocar com força, porém devagar, suas estocadas lentas me matavam, eu não sei o que eu estou fazendo, mas só não quero que seja tortura.

M-mais...Aahhh...R-rápido... - Disse com dificuldade, o mesmo obedeceu indo mais rápido e fundo, coloquei minha cabeça na curvatura de seu pescoço sentindo seu membro, meu termômetro de prazer estava no máximo, sentia que a qualquer hora ia explodir, e como adivinhado, gozei acompanhado de Jeon que me retirou de seu colo e foi se vestir.

Jungkook — Isso...Foi...Muito bom... - Disse ele corado e ainda ofegante. Corei com a sua fala. 

A-ah... 

Jungkook — Tome um banho, hu. Eu não vou tomar com você, porque se eu for, vou perder o controle e ia acontecer o terceiro round. 

Hm...T-tá... - Jeon abre a gaveta e tira uma camisa social branca longa e uma cueca, o mesmo me entrega e eu vou para o banho.

Eu estava tranquila em meu banho, tinha duas opções de banho, box ou banheira, mas optei pelo box, eu estava passando o sabonete em minhas costas, mas alguém me tomou o objeto. Me virei para trás e vi Jeon nu todo molhado, aquela visão estava maravilhosa, tanto que senti minhas bochechas queimarem.

Jungkook — Eu posso te ajudar? 

T-tá. - Me virei novamente, Jeon estava ensaboando as minhas costas, mas depois jogou o sabonete no chão e disse:

Jungkook — Foda-se! - Ele me imprenssou contra a parede gélida, fiquei surpresa com seu ato, mas gritei quando senti ele me penetrar com força, Jeon me penetrava sem dó, suas estocadas eram mais fortes do que a de antes, mesmo sendo bruto, estava ótimo, e eu apenas gemia manhosa o seu nome, eu perdi totalmente a minha noção, suas mãos foram para os meus seios os massageando enquanto me penetrava, Jeon era perfeito quando o assunto era sexo, eu podia enlouquecer apenas sentindo essa sensação, eu já sou uma pecadora por estar me entregando para um criminoso, eu achar bom o sexo que ele faz não vai mudar nada.


⏰Quebra de tempo⏰


Depois que tomamos banho, banho mesmo, fomos para a cozinha comer algo. Jeon fez panquecas e suco de morango, como eu havia pedido, o mesmo disse a mim que estava me mimando muito. Depois que comemos, fomos para a sala e começamos a assistir o filme "Somos opostos." {A história do filme irá ser inventada por mim, okay?}


🎥Filme On🎥


Kiyuna — Por que está me prendendo aqui?!

Kazé — Porque eu te amo. E você vai aprender a me amar! Querendo ou não!

Kiyuna — Você é um assassino!! Um psicopata estrupador!! Meus amigos já estão a minha procura, quando te encontrarem pode se considerar morto!! 

Kazé — Por que não quer me amar? Eu sou tão...Ruim assim? 

Kiyuna — Somos opostos, e isso é o que me faz te odiar. Eu sou uma Garita do bem, você é um garoto do mal, eu sou uma garota que cumpre as leis, você é um garoto que descumpre as leis, quer mais?!

Kazé — M-mas os opostos se atraem!!

Kiyuna — Comigo, os opostos se distanciam. Nunca amarei alguém como você. Não combinamos, e a minha vida correria perigo se eu me unisse a você, eu me tornaria uma criminosa! E isso é o que eu nunca irei ser!!

Kazé — Nem tudo é como queremos. Por isso, você ficará comigo, até morrer!! 

Kiyuna — Isso é sequestro e assédio!! 

 Kazé — Não importa!! Eu te quero aqui!! 

Kiyuna — Mas eu não quero ficar aqui!! 


🎥Filme Off🎥


A história era ótima, eu adorei o filme, mas ele foi interrompido por "Notícias urgentes."


📃Jornal On📃


Jornalista — Interrompemos a programação anterior para dar um aviso. Aluna da mais famosa escola da Coréia é desaparecida, seus amigos estão preocupados, seus pais e seus dois irmãos estão em sua procura, o nome da garota é Park Yang S/n. Deixaremos uma foto mostrando o rosto da garota, caso a verem, contate o número de algum parente da garota. Agradeço a compreensão. - Quando a noticia dada acabou, apareceu uma foto minha. Meus pais estão preocupados comigo, mas, irmãos? Eu nunca soube disso. Jeon desligou a televisão furioso. O mesmo estava chorando. Me apróximo dele e o abraço, Jeon parecia uma criança que acabará de deixar o sorvete cair, ele se desabou em choro no meu peito, eu acariciava seus cabelos tentando confortá-lo.

Jungkook — Vão te levar de mim, amor!! Eu não vivo sem você!! Não me abandona!! Por favor...! 

E-eu...- Por mais que eu sinta saudades dos meus amigos e familia, sentirei pena de Jeon, eu poderia ir para casa mas deixar o mesmo ter contato comigo.

Jungkook — Você não vai ir embora, vai ficar comigo, não é?

Se eu fosse embora seria melhor...

Jungkook — Melhor para você, né?!

E-eu manteria contato com você...

Jungkook — S-sério? - Pergunta parando de chorar e me encarando.

Uhum, se eu fosse p-para casa, poderia te visitar ou você me fazer visitas. O-o que acha...?

Jungkook — Não sei, você pode estar me enganando.

Eu estou com saudades da minha mãe. E eu não te abandonaria. Poderíamos ser amigos!!

Jungkook — Amigos não!! Eu te quero como minha namorada!! Só assim eu aceito sua proposta!! 

Coréia com sua fala, mas devia fazer o que ele mandar, não?

T-tudo bem... - O mesmo sorridente me da um selinho. Criminosos se apaixonam? 

Jungkook — Você não sabe o quanto eu te amo. - Diz roçando seu nariz no meu.

Alguém atrapalha o nosso momento um tanto...Meloso. E tinha que ser quem? O swagger Min Yoongi.

Yoongi — Atrapalho?

Jungkook — Se você já sabe que sim, por que ainda pergunta?

Yoongi — O biscoito ficou revoltado, oh! 

Jungkook — Falou o açúcar...

Yoongi — Já disse para parar de me chamar assim!! 

Jungkook — De açúcar? Suga, Suga, quer ouvir mais? 

Yoongi — Que que eu te fiz para merecer isso?!

Jungkook — Atrapalhou o meu momento com a S/a.

S/a?

Jungkook — Gostou? É o seu novo apelido, amor.

Hm...

Yoongi — Posso conversar com você?

Jungkook — Pode.

Yoongi — A sós...

Os dois foram para o escritório do Jeon que depois de vários minutos voltou com um semblante sério e triste.

O que foi?

Jungkook — Nada. Você vai voltar hoje mesmo para sua casa, Yoongi vai te levar e arrumar uma desculpa para falar que te achou e tals. 

Sério?!!!! Obrigada!! - Digo o abraçando. 


⏰Quebra de tempo⏰


Já estávamos na minha casa, esperando meus pais chegarem. Quando eles chegaram, pularam em cima de mim, mas eles estavam com Jimin e Rosé. Jimin estranhou Yoongi estar no mesmo teto que eu, porém não disse nada.

Rheina — Ai minha filha!! Senti sua falta, e quando recebi uma ligação dizendo que você desapareceu, meu mundo caiu. O que aconteceu e...Quem é ele? - Pergunta direcionando seu olhar para Yoongi.

Yoongi — Me chamo Min Yoongi, sou amigo do Jimin e da Rosé, creio que vocês todos devem estar confusos por ela estar comigo, não? Pois bem..Eu estava saindo com o meu carro da casa de um amiga minha, até que vi a S/n correndo igual louca e um homem encapuzado um pouco atrás. Eu desci do carro e fui até ela lhe abraçando, eu a perguntei o que tinha acontecido, a razão por ela ter sumido, a mesma me disse que haviam a sequestrado e agora que teve a oportunidade de fugir. Eu procurei com os olhos o homem, mas ele havia sumido. Agora que já sabem, acho melhor darem um descanso a ela. Creio que ainda está assustada com isso.

O-obrigado por isso Yoongi. - Encenei junto a ele para parecer mais convincente, eu não queria entregar Jungkook, não mesmo.

Rheina — Obrigada por ter feito isso. Você é um ótimo garoto.

Rosé — Eu senti a sua falta. - Diz me abraçando. 

Q-quando eu estava no hotel junto a'quele homem, eu vi no jornal que meus pais e...I-irmãos estavam a minha procura...Tem alguma coisa que eu ainda não sei...? - Minha mãe e meu pai engoliram em seco, e Jimin e Rosé se entreolharam.

Rheina — Não podíamos ter guardado isso de você esse tempo todos. Acho melhor lhe contar agora...


Continua...






Notas Finais


Espero que tenham gostado do cap, beijos e bye bye 💗💗💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...