História My star butterfly - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Star vs. as Forças do Mal
Tags Aventura, Drama, Mistério, Romance, Starco
Visualizações 292
Palavras 366
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Esse capítulo saiu um pouco da história pq estou sem tempo mas espero q gostem😘

Capítulo 7 - Jantom...?


Janna on

Todos se acomodaram, o Marco deitou-se no sofá cama, enquanto a cabeça pônei flutuava sobre uma poltrona qualquer perto do sapo musculoso que dormia sobre o carpete, eu me deitei no sofá  no centro da sala e fiquei mexendo no celular até a bendita bateria acabar.

Janna: ah fala sério!! 

Me joguei no sofá olhando pro teto, "quem sabe o Tom não tem um carregador."

Eu cheguei na cozinha e vi o demônio tomando café com uma cara de tédio.

Janna: você não vai dormir?

Tom: eu não preciso dormir, mas e você?

Janna: são oito da noite, eu não vou dormir tão cedo!

Tom: bom então... Quer algo pra comer?

Janna: por que não?

Peguei uma xícara e preparei​ um café, me sentei do lado do Tom.

Janna: então, você vai vir com a gente?

Tom: não, eu já deixei claro isso.

Janna: vamos, precisamos da sua ajuda.

Tom: você quer que eu vá? -ele sorri e leva o café até a boca.

Janna: e-eu... Quer saber eu quero!

Ele sorri, e solta sua xícara.

Tom: eu vou, mas com uma condição...-ele me olha ainda sorrindo. -uma revanche no ping pong.

Janna: você é quem sabe, vou pegar leve com você na próxima!

Ele solta uma risada nasal.

Tom: vai nessa...

Eu me encosto no seu ombro.

Janna: você tem carregador?

Tom: carregador? Não.

Janna: mas você tem celular, como você carrega?

Ele leva a mão até o meu celular é toca com o dedo indicador, nesse momento ouço um barulho de eletricidade vindo do meu celular, eu o ligo e para minha surpresa estava em cem por cento de bateria.

Janna: nossa como você fez isso?!

Tom: eu tenho meus truques.

Ele se encosta mais em mim e pega meu celular e começa a mexer.

Janna: ei! Olha essa invasão de privacidade!

Pulo nele tentando lhe tomar o celular, no fim o derrubo do banco caindo em cima dele, o encaro corada e depois tomo o meu celular dele, e começo a rir.

Tom: já chega, hora de dormir. 

Ele me levanta no colo e me solta no sofá.

Tom: vai se preparando, pois vai ter revanche!

Janna: Ata, pode deixar!

Continuaa

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...