História My favorite Stripper (jikook- ABO-) (EM REVISÃO) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, G-dragon Alfa, Hoseok Ômega, Jikook, Jimin Ômega, Jin Ómega, Jungkook Alfa, Namjin, Namjoon Alfa, Taehyung Alfa, Taemin Beta, Taeyoonsook, Vhope, Yoongi Alfa
Visualizações 1.175
Palavras 1.004
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Lemon, Luta, Mistério, Saga, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom espero que me perdoem por fazer voces ler a fanfic novamente, me perdoem mais uma vez

Espero que gostem

BOA LEITURA

Capítulo 1 - Conversa?!


(Park Jimin pov's on) 

Acordo com o despertador no meu ouvido, afundo minha cabeça no travesseiro. Desligo o mesmo, me levanto e me despi vou até o banheiro ligo o chuveiro, deixo a água quente cair sobre meus cabelos rosados e corpo esbranquiçado meio russo. Após tomar meu banho,envolvo uma toalha na cintura indo ao quarto. Vou até meu meu armário pego um short preto que cobria a metade das minhas coxas, uma camisa branca, e uma box vermelha. Me visto, vou até o criado-mudo e pego meu secador de cabelo. Começo a secar meus cabelos rosados molhados, enquanto secava meus fios lembrava da minha minha infância, de sempre quando eu saia do banho minha mãe sempre vinha secar meus cabelos. Sinto tanta falta dela,depois de secar meus cabelos pego uma toca preta, e celular. Saio do meu quarto trancando a porta, vou em direção a sala. Vou descendo as escadas devagar até ver o verme do G-dragon, é verme,passo por ele e dou língua ao mesmo sem ele notar a final estava lendo seu famoso "Jornal". Vou até a cozinha e vejo Jin preparando o café da manhã. Eu considero Jin como meu Omma já que a verdadeira morreu faz anos, Jin sempre me apoiou nas horas ruins e boas, desdo dia que cheguei aqui Jin sempre me viu como um filho que ele nunca teve. Apesar de ser um ômega lindo e tals. 

Entro na cozinha, Jin estava fazendo soco de laranja,eu afasto a cadeira e me sento na mesa colocando meus braços na mesa e meu rosto nas mãos. 

- Bom dia omma - Eu falo pegando uma torrada e digerindo - 

- Bom dia meu bebê, como dormiu? - Ele perguntou colocando a jarra na mesa e se sentado ao meu lado pegando um pedaço de bolo - 

- Ah! Não muito bem, meu corpo está meio dolorido depois de ensaiar tanto ontem - Eu falo tomando um pouco de suco - 

- Hum, vejo que já preparou o café todo né? Então quero que vocês dois tomam café bem rápido por que tenho algo muito sério a falar com vocês dois - Ele GD, aparece do nada na cozinha se sentado ao meu lado me reparando de cima a baixo - Não se esqueçam ok, ou já sabem - Ele diz ainda me reparando sem incômodo algum - 

- Já não basta você me fazer ensaiar 24 horas por dia, agora tem que atrapalhar a única hora que tenho livre pra esquecer o que você me tornou? - Eu simplesmente perguntei a ele, e ele me encara com olhar de nojo e raiva. Apesar deu não lugar muito pra isso por que já estou acostumado - 

- Jimin bebê, não se aborreça tão cedo, tome seu café em paz. E GD por favor coma quieto! - Jin falou incomodado - Respeitam a hora sagrada que é a hora das refeições por favor - Ele tou ou a se pronunciar - 

- Bom Omma eu já terminei, vou pro jardim um pouco sabe, por que quem sabe lá tenho paz - Eu falei e me retirei da mesa indo em direção ao jardim - 


(...) 


Estava Sentado no jardim, lembrado da minha infância e o quanto eu era inocente naquela época, sinto tanta falta dos meus pais, sinto falta dos meus avós que me criaram até meus 10 anos de idade. Mais depois que eu fui pro orfanato tudo mudou, tudo foi diferente, nunca me esquecerei do meu melhor amigo que fiz lá ele se chamava Jung Hoseok, ele era extremamente alegre, paciente, bem fofo, mais as vezes bem irritante. Mais apesar dessa mistura de personalidade,a gente se divertia muito, conversávamos sobre coisas aleatórias, por exemplo : escola, mais apesar de morarmos num orfanato, ainda tínhamos que ir pro colégio. O colégio mais rico de Busan, aquele dono do orfanato amava a gente como se fosse seus filhos. Até que um certo dia ele faleceu e o seu filho G-dragon começou a comandar lá, aos poucos o orfanato foi caindo aos poucos. Órfãos foram fugindo e Hoseok foi um deles!. Hoseok conseguiu fugir, na verdade pra ser mais sincero iríamos fugir numa noite de lua cheia, alfas, ômegas e bestas tentaram fugir, mais alguns não conseguiram por exemplo eu. G-dragon sempre esteve me observando de uma forma diferente ou sei lá. Mais na mesma noite ele havia "pegado" alguns órfãos e os tornou "STRIPPERS". 

Sim é isso mesmo, hoje sou uns dos Strippers mais conhecidos de Busan, se eu deveria me orgulhar disso? Jamais eu sonhava em ser um empresário, mais a vida não coperou comigo. Mais ser Stripper não é uma coisa ruim, pensa pelo lado bom Park Jimin a dança pode ser bem sexual mas é até que divertido. 


- Jiminnie! - Jin vinha em minha direção se sentado no meu lado -  Meu amor vamos lembra que o G-dragon quer falar com nois - Ele diz - 

- Diga a ele que eu não tô a fim, aliás daqui a pouco eu tenho que ir ensaiar, não se esqueça que hoje tem a bendita boate a  "ESCONDIDA" - Eu olhando os pássaros cantando pelo telhado das casas ao lado da nossa - 

- Disso eu sei, mais ele é seu "dono"  Jimin, você tem que obedecê-lo de qualquer jeito - Jin fala cruzando suas pernas - Além... - eu interrompo ele e começo a falar - 

- Primeiro: omma ele não é meu dono, é segundo: Eu odeio ele por me tornar o que eu sou hoje e em terceiro : Nunca o perdoarei por ter mandado destruir aquele orfanato e raptado os inocentes - Eu falo enchendo meus olhos de lágrimas ao lembrar do meu amigo Hobi - Por que isso  tem que acontecer comigo Omma me diz? - 

- Sinto muito meu amor, mais precisamos ir logo lá - Jin se levanta e estende suas mãos pra mim levantar também,, depois vamos ao escritório daquele verme nojento ver o que ele queria - 


(...) 



Continua... 


Notas Finais


Bom gente espero que tenham gostado
Fiz algumas mudanças na fic
Desculpe mais uma vez
Desculpa os erros de português
Da favoritos pois vai me ajudar a continuar essa história
Até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...