História My Stupid Student — Min Yoongi. - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Ailee, Arte, Bts, Colegial, Drama, Got7, Jackson, Jikook, Jimin, Jungkook, Romance, Sexo, Suga, Yoongi
Visualizações 47
Palavras 1.160
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá! Bem vindos de volta.

Aproveitem a leitura.


Capítulo 10 - 1.0 --- Ilusão.


Fanfic / Fanfiction My Stupid Student — Min Yoongi. - Capítulo 10 - 1.0 --- Ilusão.

"Ouça um bom conselho

Que eu dou de graça

Inútil dormir

Que a dor não passa."

("Bom Conselho", composta e interpretada por Chico Buarque)


[...]


Entrei na casa espaçosa. Yoongi estava no sofá encolhidinho, vendo TV.

Esse seria o primeiro dia que eu ficaria com ele por mais de uma hora.

— Y-Yoongi? Sou eu... — Disse, enquanto fechava a porta. — Como você está?

— Katy? — ele olhou para mim com um olhar assustado. Ué? — O q-que você está fazendo aqui?

— Eu vim cuidar de você.

[...]

Tentei não corar, mas acho que foi meio impossível.

Ele também corou.

— Por quê?

Fui até ele e me sentei ao seu lado no sofá, entrando por baixo das cobertas e me aninhando ali.

— Estou preocupada com você.

Ele fechou os olhos e suspirou. Continuei:

— Você é um garoto bem cabeça dura — falei e ele deu um sorrisinho. — N-Não foi nesse sentido, idiota!

Ele soltou um riso fraco.

— A maldade está nos olhos de quem vê, neném.

Calei a boca e percebi que realmente ele não havia nem falado nada. Apenas sorriu. Estou com meus hormônios a solta, só pode.

Meu celular vibrou e eu peguei.

"Quer sair comigo essa noite?"

O número do contato estava salvo como Jack. Yoongi viu a mensagem e por um momento percebi um indício de tristeza em seu olhar, mas depois ele voltou ao normal e ignorou completamente.

— Pode ir — ele disse com a voz baixa. — Não vou me importar se você me deixar aqui.

Foi um pouco melancólico, não...?

"Desculpe-me Jack, tenho algumas coisas para fazer hoje e todas as noites por algum tempo. Podemos passar os intervalos juntos se preferir. Desculpe-me, não posso abrir mão do que eu tenho para fazer."

Respondi. Não sei se Yoongi viu.

"Ah, claro. Desculpe! Acho que invadi seu espaço pessoal, sim...? Você sabe o que aconteceu com aquele aluno, o Min Yoongi?"

Olhei a mensagem e sorri automaticamente ao ler o nome dele.

— Se importa se eu dizer para o Jack que você está um pouco doente?

Ele não me respondeu. Tentei outra vez, repetindo o que eu disse, mas Yoongi sequer me olhou.

— Yoongi! Qual é o seu problema? O que foi agora para estar me ignorando?

Estava irritada. Odiava quando alguém me ignorava, ainda mais se esse alguém fosse Min Yoongi.

— Faz o que você quiser — disse friamente. — Não precisa me tornar um peso na sua vida.

— Estou aqui por escolha.

— Está atrapalhando seu relacionamento.

— Eu e o Jackson não temos um relacionamento.

— Então por quem você está apaixonada?

— Pelo Papai Noel, Min Yoongi — bradei, já exausta de tudo isso. — Eu beijei você mas estou apaixonada pelo vovô do Natal.

Ele me olhou e eu, mesmo com vergonha, não desviei o olhar.

— Você está... Hum... Gostando de... D-De... Mim?

Não o respondi. Era óbvio. Ele continuou me olhando, até que se aproximou, deitando a cabeça em meu ombro, deixando seu rosto enterrado no meu pescoço.

Arrepiei inteirinha.

— Estou irremediavelmente apaixonado por você, Katherine.

Outra vez eu me arrepiei. Subiram pelinhos de onde eu nem sabia que poderiam subir.

Sua voz estava completamente rouca e eu senti ele levantar o rosto, ficando com ele de frente para a lateral do meu.

Eu sabia que se eu escolhesse virar meu rosto para ele, tudo mudaria.

Mesmo sabendo disso, eu virei. Nossos rostos estavam a poucos centímetros de distância. Ele aproximou-se mais e nossos narizes se encontraram.

Eu definitivamente preciso do meu aluno.

— Deixe-me lhe beijar — sussurrou, contra meus lábios. Eu sentia seu leve hálito de hortelã. — Posso, Katherine?

Fechei os olhos e assenti levemente.

Esperei pelo seu beijo, eu ansiava por isso. Mas ele não beijou a minha boca. Ele beijou a minha bochecha, lenta e suavemente.

— Eu não posso fazer isso.

Mas eu posso.

Acredito que até ele se impressionou com as minhas palavras, mas, quem liga? Eu cansei de mentir para mim mesma. Eu quero meu aluno.

Levei minha mão até a lateral de seu rosto e deixei um carinho ali. Ele olhava para meus olhos e para meus lábios. Me aproximei lentamente, podendo outra vez sentir aquele hálito quente se misturando com o meu. Ele não tinha mais seus lábios secos. Estavam macios como sempre foram.

Juntei meus lábios nos dele, vendo como eu senti falta dessa sensação. Ele não recuou, tampouco me empurrou. Encerrei o selinho demorado. Não iria forçá-lo a me beijar.

— Droga, Katy — ele suspirou derrotado, aproximando-se de mim outra vez. — Eu nunca vou conseguir resistir a você.

Dessa vez não foi apenas um selinho. Pelo contrário do outro, esse não estava tão calmo assim. Ainda era lento, mas ao mesmo tempo desesperado.

O beijo era afoito, e senti a mão de Yoongi ir de encontro à minha cintura, puxando-me mais para perto. Beijar Min Yoongi é a melhor sensação que eu já experimentei na vida. Meus beijos com Luhan não tinham toda essa emoção, eu pensei que amava ele, que o queria como meu homem e meu marido, mas eu pensava isso pois nunca havia sentido metade do que eu sinto pelo Yoongi.

Carinho, respeito, cuidado... Eu desejo cuidar dele, desejo estar aqui para abraça-lo toda vez que ele precisar, desejo ser a pessoa que destrava esse coração de pedra que ele tem, eu desejo ser o motivo de todas as suas dúvidas. Eu desejo ser a pessoa em quem ele pensa. Eu desejo uma vida ao lado desse idiota, e aqui, enquanto eu sinto o aroma inebriante dele, eu só vejo que poderia beijá-lo pelo resto de minha vida.

Estávamos ofegantes ao encerrar o beijo, mas, era visto que nenhum de nós queria parar.

Yoongi encarou meus olhos com os seus. O olhar dele era intenso. Intenso e completamente atraente.

Ele se arrumou no sofá e veio de encontro a mim, dessa vez puxando-me para que subisse em seu colo. E assim eu o fiz. Sentei sobre suas pernas e outras regiões elevadas, com uma perna de cada lado do seu corpo.

Suas mãos estavam em minha cintura e quadril, enquanto as minhas estavam em seus ombros, acariciando e dando leves apertadas.

Arfei sobre a boca dele quando senti suas mãos descendo para minhas coxas, apertando com posse a região.

Naquele momento eu havia esquecido de tudo.

Das minhas marcas, de Luhan, de tudo o que ele fez.

Parecia que minha mente estava em um lugar alto, onde apenas existia Yoongi e seus toques alucinantes.

O gosto de sua boca era o melhor que eu já havia provado, e seus lábios continuavam tão macios quanto no primeiro beijo.

Sentir a língua dele se movimentar justo a minha era eletrizante, junto com suas mãos em meu corpo, então...

— Katherine! Ei! — finalmente vi os dedos de Yoongi estalarem em minha frente. Arregalei os olhos. Tudo... Eu havia... Imaginado... Tudo?

— O quê?

— Eu estou falando com você.

Eu estava confusa.

— O que você disse?

— Eu disse que você faz o que você quiser — disse friamente. — Não precisa me tornar um peso na sua vida.

Franzi o cenho. Então não havíamos nos declarado e nem nos beijado. Tudo foi uma ilusão. Outra ilusão


Notas Finais


Podem comentar a vontade. Não se preocupem, não será ainda, mas terá hentai sim. ^^

Até a próxima. ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...