História My suga daddy - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 58
Palavras 1.182
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura bolinhos ❤️
(Esse é o tacco)

Capítulo 17 - Surpresa


Fanfic / Fanfiction My suga daddy - Capítulo 17 - Surpresa

-vou sim. Mas antes vamos passa em uma loja. Quero te da um presente mas você tem que esta junto. 

Ele pegou minha mão gentilmente e me levou até o carro, eu Estava Curiosa mas não queria Pertuba ele para me conta, Então, fui quieta, atenta por onde passavamos para vê se adivinhava para onde ele estava me levando. Pelo caminho só vi casas muito bonitas, árvores, praças, que, ao passar pelo mesmo entrou em um terreno atrás de uma casa e estacionou. 

-não entendi..-franjo o ceno confusa olhando pra ele. 

-calma. Você vai ver logo.-ele beija Minh buchecha quando acaba de fala. 

Suga sai do carro calmamente e abri a porta do meu lado estendendo a mão para mim, eu sai rápido em olhei em volta Apressada procurando por algo que denunciasse o que ali era mas não tinha nada além da enorme casa e de uma árvore robusta no canto do quintal amblo. 

De mãos dadas entramos e finalmente pude ver do que se tratava, era uma espécie de abrigo/petshop. Na entrava um cartaz de doação de bichos e uma moça simpática sentada em frente a Uma mesa com um filhete de coelho sobre a mesma, na hora eu sai em disparada e comecei a mexer com o coelhinho preto. 

-vejo que gosta de coelhos-a Moça diz sorrindo 

-gosto de todos os bichos mas coelhos e gatos me fascinam-retribui o sorriso a ela. 

Acariciando o coelho preguiçoso yoongi se aproximou de mim e comprimentou a moça que, agora descobrirá que seu nome era dani. 

-é essa a moça que você disse que buscaria yoongi?-ela disse pegando um bolo de chaves que estava preso na parede. 

-sim é ela. 

-o que viemos fazer aqui suga? 

-eu sei que você gosta de bichos e que sempre quis ter.. então pensei em te dar um, mas achei melhor que você escolhece. Confesso que gostei de muitos daqui.-ele disse 

Eu pulei em cima dele e o abracei. Era verdade sempre quis ter mas onde moramos, nunca vemos abandonados e não acho certo compra, eles são seres vivos e não mercadorias. Mas aqui é diferente. É abrigo. Agora sei onde levM todos os perdidos; quando me solto a dani abre uma porta ao seu lado e nos abre passagem la dentro era grande,não era como essas "prisões" para bichos, com selas, os gatos e cachorros grandes ficavam soltos e só os bravos presos, os filhotes em quadrados para não se machucarem e por incrível que pareça era muito organizado, dani explicou que eles eram treinados Então não bagunçavam. 

-posso escolher qualquer um?-perguntei Empougada. 

-sim. Qualquer um! 

Eu comecei a andar e fazer carinho em alguns pelo caminho, eram todos lindos e bem tratados. Realmente difícil de escolher. Mas, quando cheguei no final do "cômodo" vi um gatinho sozinho em um quadrado e no outro vários juntos. Confusa chamei a dani

-por que ele esta sozinho? 

-ah. É para não mistura a idade. Ele é mas velho que os outros e geralmente escolhem os menores. 

-eu quero ele.-falei olhando para o gatinho. 

-ah perfeito. Já volto!-ela diz se virando e se afastando e suga para do meu lado. 

-logo ele??-ele fala

-lógico. Por que não? 

-ele tem cara de mafioso. Da medo.-ele Diz e eu começo a rir com seu comentário. 

-realmente.. mas isso só o Deixa mas fofo.. 

eu peguei o gatinho no colo e ele se encolheu. Acho que vou chama ele de tacco.. tipo o mafioso de um filme dos anos 70 porque concordo que ele parece mafioso (capa). Quando fomos lá para frente eu fiquei com dó porque queria levar todos comigo. Mas conhecendo aqui posso volta e ajuda  a cuida deles. Quando a dani acabou de anota sobre a doação eu fui escolhe alguns acessórios e suga veio atrás de mim. 

-não vai compra uma casinha pra ele? 

-e desde quando gato fica em casinha, suga? 

-tem razão..-ele me da um selinho.

Quando acabamos fomos para minha casa. Já era 22:45 da noite. Então só me restava ir dormi com o tacco. 


Eu acordei com o tacco no meu pescoço aninhado. Hoje é sábado Então não preciso me Arruma logo cedo. 

Kayne não falo nada sobre ele. Ela não gosta de bichos mas sei que não faz mal a eles e eu não falei com ela. Coloquei leite e razão para ele, tomei um banho e me deitei na cama novamente.quando recebo uma mensagem

Msg On

-oi baby.dormiu bem? 

-oi daddy.. sim e eu o tacco dormimos muito bem! 

-que bom que gostou dele.. estou com saudades.. 

-podemos nos ver hoje? Não? 

-hoje eu estou no trabalho mas de tardinha com certeza... 

-te vejo de tarde. 

Msg off

Quando ia desliga o telefone vejo que tem outra mensagens gem do.. yung.. respiro fundo e abro

Msg on

-oi s/n... sei que esta zanfada comigo e com razão e sei que talvez não venha a me responder.. mas quero te explica o que aconteceu.. eu gosto mesmo de você e não quero que fiquemos mal por causa de bobeira.. porfavor venha aqui em casa para conversarmos.. 

Msg Off

Eu soltei o celula sobre a Barriga, o que eu faço? Eu vou? Eu gosto dele mas também gosto do yoongi.. ta ambos erraram e eu não Devia fica nesse triângulo com os dois irmãos mas eles me procuram e não ao contrário! Aish eu vou. Não para "volta" com ele mas sim para tenta entender o que ouve mas eu não vou fica com ele. Não mesmo. 

Deixei tacco preso dentro do meu quarto para que não saisse e se machucasse. Enfiei um vestido rodado, colorido e fui até lá falando comigo mesma "eu não vou fica com ele" eu repetia e repetia essa frase tantas vezes que nem senti que já estava de frente a sua porta, respiro e toco a campainha.

Era o yung.. chorando.. mas eu não vou............. eu não consegui Termina a frase mentalmente só Olhava para ele com seus olhos arregalados por me ver e seu rosto enchado, com as lágrimas que aumentaram ao me ver 

-entre.. 

Eu entrei e parei, ele fechou a porta e se sentou em um balanço que tinha perto da piscina. Onde eu me sentei e ficamos em um silêncio perturbador por um tempo.. 

-o que queria me falar?-me contive para não pergunta porque chorava

-eu queria te explica... sobre kayne e sobre o yoongi... 

-não a o que explica com ambos. Você tem ciume do seu irmão e fico denovo com com kay. Eu vi. 

-eu não vou dizer o porquê deu e o yoongi se odiar de antes mas vou dizer porque de agora e ontem na sua casa.. eu fui pedir para kay se afasta de mim mas ela me beijou e eu dei um fora nela de vez.

-

-não me importo. Não temos nada mais. Pode fica com ela se quiser. 

-me Escuta por favor...-ele abaixou o olha e suspirou e voltou a falar-eu tenho que te contar uma coisa.. mas tem que me prometer que não se afasta de mim

Olhei para ele sem entender 

-eu prometo.. me conta.. 

-eu era seu daddy e não o yoongi.. 

-o que?! Como assim?! 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...