História My Sugar Friend - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Bts, Hibridos, Yoonmin
Exibições 224
Palavras 1.254
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


•No caso a mídia da capa é a roupa que Jimin estava usando•

•Qualquer erro ignorem ou me avisem nos comentários •

•Só isso mesmo•~

Capítulo 2 - Two.


Fanfic / Fanfiction My Sugar Friend - Capítulo 2 - Two.

               21/11/2016

- ...Yoongi Oppa, pode fingir ser meu dono até eu arranjar um de verdade?

Yoongi não sabia o que falar, não entendia o que o amigo queria dizer.

Então, pelo fato dele ser híbrido, teria que servir a um dono como um gato de verdade? Como alguém submisso?

- Que tipo de necessidades? - Min perguntou curioso.

- N-não pergunte, apenas responda.

- Aigoo, que pergunta de idiota, claro que você pode ficar aqui até se tornar um bichinho. - Yoongi esfregou a cabeça de Jimin e ficou brincando com suas orelhas de gatinho por um tempo...

Jimin havia pintado os cabelos de rosa, e tinha até combinado com a cor das suas partes híbridas, embora Park fosse lindo ruivo, era ainda mais lindo colorido.

- Quando vem? - Suga —, apelido que Jimin deu ao amigo só para irrita-lo,— perguntou.

- Pode ser hoje? - Park se ajoelhou de modo que suas pernas encostassem de lado em suas coxas, colocou a mão em seus joelhos e fez sua expressão mais fofa do mundo para convencer o amigo.

- É óbvio que pode, pare de me derreter. Quer ajuda para buscar suas coisas?

- Digamos que sua mãe já tinha permitido eu ficar aqui, minhas coisas estão no quartinho da limpeza. - Jimin sorriu tímido.

- Então traga elas pra cá. - Min mandou .

- Sim, Hyung. - Jimin desceu da cama de cabeça abaixada e correu pro quarto de limpeza, Yoongi estranhou, ele nunca o chamou de Hyung.

Alguns minutos depois Jimin voltou com algumas malas e uma caixa de porte médio.

Ela tinha uma confecção bonita, parecia aquelas caixas que vem os vestidos de noiva.

Rapidamente Yoongi pulou da cama para ajudar Jimin, colocou a caixa do menor numa escrivaninha que tinha no canto do quarto e abriu espaço em seu guarda roupa para as roupas de Park.

- Obrigado Hyung.

- Você nunca me chamou de Hyung, eu só sou um mês mais velho que você - Yoongi se encostou na escada da cama enquanto falava. - Tipo, agora que eu sou seu dono temporário vai me chamar assim? Sendo que mesmo quando eu reclamava você sempre preferiu me chamar de Oppa ou Suga?

- É uma questão de respeito... Yoongi. - Jimin deu de ombros para seu amigo de cabelos pretos e abriu a caixa, de dentro dela saiu cem quilos de poeira e um negócio rosa, extremamente rosa.

- Então por uma questão de respeito você também devia me pagar um boquete né?

- Se quiser. - Jimin tirou a "coisa" que brilhava rosa da caixa - Minha mãe pediu pra mim usar pra você Oppa, você quer que eu use?

- Jimin, você é gay?

- Digamos que eu não tenha escolha, mesmo que eu tentasse com mulheres não ia dar certo... - Jimin se sentou na cama de baixo da beliche e apoiou as mãos no queixo.

- Desde quando você usa lingeries?! - Yoongi perguntou olhando para a peça de roupa que o menor havia deixado em sua mão.

- Porque você acha que eu nunca deixei você ir na minha casa depois dos dezesseis anos? - Park levantou a sobrancelha.

- Enfim, não use isso...

- Yoongi, por favor, minha mãe vai vir aqui hoje e ela me quer usando...

- E a minha mãe? Não vai achar estranho?

- Conversa com ela... Eu tenho muito medo da minha mãe... - Jimin se agarrou em Suga assim que ele se sentou ao seu lado.

- Ok, mas a vista antes pra mim ver. Se for muito curta iremos achar outra.

- Te amo, Hyung. - Jimin beijou a bochecha de Yoongi e foi para o banheiro ao lado do quarto dele.

Yoongi também saiu do quarto e o esperou na porta do banheiro.

- Já pode entrar Suga-ah... - Jimin gritou de dentro do banheiro.

- OK... - Min entrou no banheiro com certa pressa, abriu a porta e a fechou rapidamente para que sua mãe não visse o que Jimin vestia - Minnie, não está muito magro?

- Você acha Hyung?

- Saudades das suas bochechinhas Jiminnie-ah. - Yoongi apertou o que sobrou de bochechas do seu amigo depois que ele emagreceu bruscamente. - Eu tenho uma ideia melhor do que vestir você. - Yoongi saiu do banheiro e foi ao seu quarto, nem ele sabia como havia aceitado aquilo tão naturalmente, pelo que ele entendeu, ser dono de Jimin ia ser como se eles fossem namorados, e embora Yoongi não fosse gay, faria de tudo pra ajudar o amigo, e se a mãe do menino de cabelos coloridos iria o repreender caso não estivesse com uma roupa provocante, Yoongi o ajudaria a vestir uma.

- Hyung? - Jimin entrou no quarto.

- Ah?

- Já fazem dez minutos que você está ai.

- Huh, desculpa, eu estava procurando... Isso! - De dentro da gaveta Min puxou um pijama da sua ex namorada, ele comprou pra ela, mas eles terminaram no mesmo dia, então ficou lá, porque não tinha utilidade e Yoongi, com certeza, não iria usar.

Era um conjunto de uma blusa branca normal com um short rosa bebê cheio de rendas e detalhes.

- Que fofo Oppa. - Jimin sorriu e sua voz voltou ao tom normal.

- Pode vestir pra mim?

- Aqui? - Park arregalou os olhos e corou.

- É ué. - Yoongi fez cara de paisagem - Quando éramos pequenos a gente tomava banho junto. - E ligou a TV que tinha no seu quarto. - Vai, eu nem vou olhar pra você.

- Vou me vestir em cima da cama então. - Jimin mostrou a língua para seu amigo e subiu na cama superior da beliche.

Ele tirou a lingerie —, que era bem feia, — e colocou o short primeiro.

Yoongi começou a brincar com o colchão da cama onde o menor estava fazendo ele balançar um pouco.

- Min Yoongi! - Jimin gritou e se apoiou na cama para ficar de ponta cabeça.

- Yoongi, o que está fazendo para o Jimin?! - Pode se ouviu a mãe de Min gritando do corredor.

- Nada mãe.. - Yoongi puxou Jimin,— que estava terminando de por a blusa—, para cama de baixo.

- Yoongi! - Jimin começou a se debater nos braços do amigo. Eles eram como Yin Yang, enquanto Jimin era doce e calmo, e poucas vezes seus amigos o viam irritado, Yoongi era chato, malicioso e a cada cinco minutos ficava irritado... Por nada.

Outra diferença que era bem visível entre eles era que Yoongi era frágil, pernas e braços pequenos... Nunca tirava a camisa, mesmo quando os amigos o chamavam pra piscina. Ele preferia ficar debaixo de um guarda sol, passando protetor solar de cinco em cinco minutos. Jimin já tinha mais corpo, por mais que o menor emagrecesse, suas coxas sempre seriam grandes, coisa que o incomodava as vezes, suas bochechas sumiram na transição de infância para adolescência, dando lugar a um abdômen... Afinal, ele ia pra acadêmia quase todos os dias com Hoseok. Ele sempre defendia Yoongi, mesmo não sabendo bem o que estava fazendo, ou se estava machucando alguém.

- Yoongi, já disse pra parar de atormentar o Jimin! - A mãe de Yoongi entrou batendo a porta do quarto vendo um Jimin completamente bravo enquanto Yoongi se divertia fazendo cócegas nele.

Min e Park pararam imediatamente o que estavam fazendo.

- Hey Jimin-ah ficou fofo com essa roupa. - Yang —, mãe de Yoongi,— falou sorrindo para o baixinho. - Sua mãe vai vir aqui certo? - Jimin acenou com a cabeça. - Vou preparar algo bem gostoso pra ela - E a mãe de Yoongi saiu do quarto.

- Jimin, ta bravo comigo?

- Tô. - Park revirou os olhos e pegou seu celular em uma das malas.


Notas Finais


•Foi isso :3•

•Bye~•


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...