História My Sugar Friend - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Bts, Hibridos, Yoonmin
Exibições 91
Palavras 1.720
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


A imagem do capitulo dessa vez é meramente ilustrativa pra não ficar sem.

Cansei de colocar os pontinhos.

Se tiver algum erro me avisem ou ignorem.

Leiam com amor ~•

Capítulo 5 - Five.


Fanfic / Fanfiction My Sugar Friend - Capítulo 5 - Five.

23/11/2016

Chegando na escola Jimin pegou sua garrafa d'água, encheu e foi pra fila com Yoongi, eles teriam a primeira aula juntos.

- Estão te olhando.... - Yoongi falou puxando Park pra ficar a sua frente.

- E tem algum problema me olharem? - Jimin encostou seu corpo no de Yoongi.

- Não gosto que olhem pro meu amigo com segundas intenções. - Min abraçou o baixinho por trás, estava muito frio, não sabia como Jimin estava aguentando ficar de saia.

- Ah, Oppa, eu não te entendo... Eu preciso arranjar um dono, não vou ficar com você pra sempre, te atrapalhando... Por favor, deixe eles me olharem.

- Deixar você arrumar um dono pra ele te proibir de ter amigos, tipo o que o Namjoon fez com o Jin? Aquele seu primo? Nem pensar, vou dificultar ao máximo você arranjar um dono - Min falou com convicção, enquanto Jimin ficava cada vez mais nervoso.

- Ah, isso não é nem um pouco justo, enquanto você vai poder namorar, casar, ter filhos, eu vou ter que ficar só sendo seu amigo? Você é tão egoísta Hyung. - Park cruzou os braços e se soltou do abraço do amigo.

- Minnie... - Yoongi só disse isso e pegou o moletom que estava usando, abaixou um pouco a saia de Jimin —, que estava levantada propositalmente, — e amarrou seu moletom na cintura do mais novo.

- Yoongi...? - Jimin chamou seu Hyung baixinho, perguntando-se se o mesmo estava começando a gosta de si.

- Ah... - Min colocou sua cabeça no ombro do melhor amigo e fechou os olhos, esperando a professora chegar.

- Se eu perguntasse... Ao professor Taehyung, se ele pode ser meu dono... - Jimin falava pausadamente com medo da reação de Yoongi. - Você aceitaria numa boa?

- Acabamos de falar sobre isso e você já quer voltar nesse assunto?

- Sou mesmo idiota ao pensar que pudesse mudar sua cabeça. Se eu não posso namorar, você também não! - Park voltou a ficar de braços cruzados.

- Você tem mesmo sono pesado - Min riu e bagunçou os cabelos rosa de Jimin. Parou e lembrou dessa noite... Ele prometeu que sempre seria o melhor amigo de Jimin, que os dois seriam solteiros pra sempre... e o baixinho nem se quer ouviu essa promessa.

A professora chegou, tirando Yoongi de seus pensamentos com um grito para fila que não parava de conversar.

As primeiras a irem pra sala foram as meninas, seguidas dos meninos e por fim, Jimin, Yoongi e... Hoseok, que chegou correndo atrasado.

Hoseok cumprimentou Jimin e Yoongi e correu pra sala, antes que a professora chamasse sua atenção.

- Minnie-ah, o Hobi já sabe? - Min pegou na mão de Park e os dois sentaram em seus respectivos lugares, um do lado do outro.

- Sim, eu contei pra ele por mensagem.

- Como ele reagiu? Ele sabe a verdade que minha mãe sabe, ou a que sua mãe sabe?

- Ele acha que você é meu namorado... - Jimin falou rápido. - Ele reagiu bem, pediu pra você cuidar bem de mim... - E corou quando falou isso.

- Silêncio. - A professora entrou na sala...

•Quebra de Tempo•

Já estava na última aula, enquanto Yoongi aguentava a professora chata de Ciência, Jimin se divertia com o professor Taehyung, era quase um dos únicos alunos da escola, que gostava de culinária.

- Minnie... Cozinha tão bem... - Taehyung se escorou na bancada do fogão de Park - Já disse que está lindo com essa roupa?

- Obrigado Sr. Taehyung. - Jimin corou e abaixou a cabeça.

- Ah, Bobinho, pode me chamar de Tae... Somos amigos né?

- A-acho que sim. - Park gaguejou. Estava esperando seu bolo assar pra ir embora da aula, quer dizer, falar com Taehyung.

- Logico que somos - Tae puxou Jimin para um abraço. - Aah, você é tão fofo, posso ficar abraçado com você o dia todo.

- Tae... - Jimin estava meio desconfortável com aquilo, achava que estava fazendo algo errado por seu dono temporário ser Yoongi, mas mesmo assim retribuiu o abraço - Tae, o bolo! - Park sentiu um cheiro de queimado.

- Mas nem deu a hora de tirar! - Os dois se desprenderam do abraço e Jimin foi correndo para o forno pra ver o bolo.

- Ta todo preto... Lá se vai meu bolo de baunilha... - O baixinho tentou pegar o bolo.

- Jimin, a luva. - Taehyung correu pro armário no canto da sala pra pegar as luvas de cozinha.

- Hyung, eu me queimei... - Jimin estava com lágrimas nos olhos, a fôrma do bolo estava no chão —, junto com alguns pedaços do mesmo, — e a maioria dos dedinhos gordinhos do baixinho estavam vermelhos.

- E-eu vou pegar gelo, não se mexa. - Kim foi a sua geladeira e pegou forminha de gelo, despejou na mesa e colocou num saquinho improvisado, levou até o menor e pediu pra ele segurar o gelo nos dedos que mais estavam doendo.

- Sr. Taehyung... Posso te perguntar uma coisa?

- Claro, você tem dez minutos. - Tae sorriu e pegou Jimin no colo, colocou ele em cima da bancada e se apoiou no seu colo.

- Dez minutos?

- É o que resta pra aula acabar, se eu pudesse te dava todo o tempo do mundo. - O professor apertou o nariz do baixinho.

- É... Você é gay? - Park corou com a pergunta que tinha feito, mas precisava saber.

- Como você sabe? - Taehyung arregalou os olhos imediatamente.

- Eu não sabia... Eu juro! - Jimin se assustou, havia um professor gay na escola? E ainda era seu professor favorito? Ah, só podia ser um sonho.

- Tudo bem, só não conta pra ninguém tá? - Kim sorriu de canto para o mais novo

- OK... - Depois de um tempo em silêncio Jimin respondeu meio em transe, estavam se olhando muito, achava que Taehyung ia o beijar... Pois é, ia.

- Detesto estragar o clima romântico de vocês dois, mas eu vim buscar meu namorado. - Yoongi apareceu na porta da sala e foi andando até Jimin.

- Ah, O-Oppa, eu estava conversando com o professor... - Park foi interrompido por Suga.

- Exatamente, disse bem , estava, vem - Yoongi afastou Taehyung, desceu Jimin da mesa e o levou pra fora da sala.

Lá fora Yoongi entregou a bolsa ao baixinho e esperou ele começar a reclamar.

Mas diferente do que Min pensava, Jimin não reclamaria, ainda estava sorrindo bobo pelo mais velho tê-lo chamado de namorado lá dentro.

Taehyung era do tipo que pedia a todos para guardarem seus segredos, mas sempre espalhava dos outros.

Então provavelmente amanhã a escola inteira saberia que Park Jimin estava namorando Min Yoongi. Bom, quase né...

- Vamos Jimin, a van foi embora sem nós. - Yoongi andou até o portão da escola.

- Ah, Oppa, não quero andar... - Jimin cruzou os braços e começou a falar em tom manhoso. - Sabe que eu te amo né Hyung? Você é meu melhor amigo... É meu namorado.

- Aish... Se vier a pé comigo te pago um sorvete, e se cansar eu te carrego, que nem quando éramos crianças, que tal? - Yoongi sabia que Park não ia resistir a um sorvete e um passeio de cavalinho.

- Sério? Eu te amo Hyung! - Jimin correu até os braços do maior e o abraçou.

- Vamos logo. - Yoongi apenas colocou o baixinho ao seu lado e retribuiu o abraço.

Eles caminharam um pouco em silêncio até chegaram a sorveteria. Yoongi apenas pegou uma casquinha de chocolate, e Jimin um milkshake de ovomaltine.

- Hyung, me carrega agora. - Park sorriu ao mais alto, Min se lembrou da primeira vez que se viram, quando Jimin sorriu pra ele daquele jeito, ele se derreteu....

- OK... O que eu não faço por esse sorriso. - Yoongi sentou na calçada esperando seu dongsaeng subir em cima dele. - Só toma cuidado pra não mostrar sua calcinha.- Suga piscou o olho esquerdo para Jimin.

- O-Oppa... - Park corou e se escondeu no pescoço do mais velho, sentindo aquele cheiro amadeirado que Yoongi tinha desde a infância.

Os dois acabaram de chupar os sorvetes e deixaram num lixo qualquer da rua, estavam quase na rua de Yoongi.

- Hyung, não está cansado...? - O baixinho perguntou para Min que estava andando normalmente.

- Não, só seu rabo entre as minhas pernas que está me deixando meio envergonhado... - Yoongi abaixou a cabeça, eram poucas as vezes que ele ficava envergonhado.

- A-Ah, desculpa Senpai... - Jimin riu.

- Mais um apelidinho legal pra me irritar?

- Sim, mas eu prefiro Senpau porque enquanto você não me mostrar, não acredito que tenha um. - Park mostrou a língua para o mais velho.

Yoongi desceu Jimin inesperadamente e o prensou na parede da casa ao lado da sua.

- Tem certeza que quer ver? - Min não sabia o que estava fazendo, mas estava com o pensamento de que não seria tão ruim assim ser solteiro pra sempre com Jimin, os dois poderiam ter um amizade colorida?

- Não... - De corado Jimin passou a ficar totalmente branco de espanto... Será que ele teria uma chance com Yoongi? Ele pensava em responder um " Não agora", mas medroso e Jimin eram quase sinônimos.

•Quebra de Tempo•

Já era de noite, os dois haviam feito a tarefa de casa, já estavam com seus pijamas e Jimin ainda estava se recuperando do "Vim buscar meu namorado" e do " Tem certeza que ainda quer ver?" de Yoongi.

Ele subiu na cama beliche e se jogou, Yoongi se deitou também e dormiu rapidamente.




Depois de um tempo Park acordou assustado, ainda eram duas da manhã, e ele não queria ficar o resto da noite sozinho.

Desceu da cama pulando e chamou Yoongi.

- Oppa, deixa eu dormir com você? - Chamou manhoso.

- O que aconteceu Minnie? - Yoongi falou sonolento, não sabia o que tinha o feito acordar tão depressa com uma voz tão baixinha e manhosa, talvez a sua preocupação com Jimin?

- Eu tive um pesadelo... - A voz de Park mudou totalmente de manhosa pra voz de choro.

- Shh.. - Min sentou e puxou Jimin pro seu colo. - Que pesadelo era?

- Você tinha morrido Hyung! - Jimin começou a chorar, não se imaginava sem o seu melhor amigo.

- Calma, eu estou aqui... Quer dormir comigo?

- Sim. - O mais novo secou suas próprias lagrimas e se aconchegou no pescoço do mais velho, fazendo suas orelhinhas fazerem cócegas naquele local.

Os dois deitaram e Yoongi estava achando ótimo dormir com o baixinho o abraçando forte.


Notas Finais


É isso, espero que tenham gostado
Esse é meu capítulo preferido até agora, espero que tenham amado ele igual a mim.

Me esforcei pra esse ficar grandinho...
Bye~~•


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...