História My Suicide girl - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Psicológico, Suícidio
Exibições 8
Palavras 1.148
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Esse foi só o prologo espero que gostem
Boa leitura!!

Capítulo 1 - Prologo


'' Eu andava pela creche com meu livro do pequeno príncipe .. Quando os garotos mais valentões da creche se aproximaram

 -Olha só o exibido do Enzo .. Esta lendo só pra jogar na ossa cara que você sabe  ler?-Disse o August um garoto valentão moreno que usava roupas características do exercito ,ele sempre pegava no meu pé com a desculpa vagal de eu ser exibido .

 -E-eu não q-queria te ofender August!-Eu disse quase em um sussurro ,o moreno August logo investiu pra cima de mim eu apenas me encolhi e fechei meus olhos esperando ele me bater como sempre fazia mas eu não senti o soco chegar ...Quando ando abri os olhos vi que uma garota avia impedido de August toca em mim , ela segurava a mão dele com força como se estivesse com raiva.

 -Qual o problema dele saber ler ? Se quiser arrancar um fio de cabelo dele ou fazer qualquer outro coisa vai ter que brigar comigo!-Disse a garota .Essa garota tinha cabelos castanhos e olhos cor de mel era um pouco mais baixa do que eu , eu acabei por perceber que ela usava apenas cores escuras, o que era bem diferente das outras meninas da creche. 

 -Garota isso não é assunta pra mocinhas se você soltar a minha mão agora eu poço fingir que você nunca fez isso-Disse August com um sorriso de lado ou como muitos dizem com seu sarcasmo .

 Aquilo pareceu invocar a menina que começou a girar o braço do August de uma forma que estava doendo até em mim que  apenas observava tudo ... Depois de varias torcidas da garota ela finalmente soltou o August que estava arfando  parecia que ele avia deslocado o braço . Com muita dificuldade ele e seus colegas foram embora aquela garota era mesmo perigosa.

 -Você esta bem garoto?-Disse a menina com uma cara serena.Eu apenas assenti com a cabeça e sai dali para o meu lugar favorito da creche , nos fundos avia uma cerca que estava quebrada possibilitando a passagem para um pequeno jardim de cerejeiras .

  Eu amava aquelas árvores minha tia me dizia que minha mãe era apaixonada por elas , não via a hora de chegar em casa e ler mais uma das cartas dela ... Enquanto caminhava pelas árvores vi um pequeno rouxinol que cantava alegremente.

 - Piu piu piu - cantarolava o pequeno pássaro alegremente , apenas sorri para o pássaro e continuei a andar cantarolando uma das músicas que minha mãe compôs... Até que senti alguém puxar minha blusa sem nem pensar deu um grito alto.

 -Ei não precisava gritar sou eu a garota que te salvou agora pouco!! -Dizia a garota com uma cara fechada .Eu não sabia como reagir nunca havia conversado com ninguém alem de minha tia , já que as poucas palavras que troca com August eram pedidos de desculpas que o mesmo nunca ouvia , ele possuía um ódio gratuito por mim esse ódio nunca foi correspondido por mim eu sempre fiquei quieto lendo meus livros na maioria das vezes escondido . Aquela agarota me era uma completa estranha mas mesmo assim fez o que nenhuma outra criança dessa creche fez enfrentar o August para me proteger ... Ela olhava fixamente em meus pequenos olhos negros como se tentasse descobrir o por que de eu não a responder,apos me olhar muita ela parecia ter encontrado a resposta.

 - Olha o sinal do intervalo já vai tocar é melhor a gente ir. - Dizia a garota com a mesma cara fechada''-Senhor Collins pode me dizer sobre que assunto eu estava falando !!!!!! -Dizia minha professora de matemática Senhora Maria do Socorro , logo percebi que tinha dito mais uma daquelas lembranças sobre a Hanna...Por sorte eu sabia de que assunto a professora estava falando .

 -A senhora estava falando que no Plano de Argand-Gauss é o ângulo orientado  formado a partir do semi-eixo real positivo com a semirreta suporte `\vec{OA}`, com `O` a origem do plano e `A` o afixo do número complexo.O Argumento de um Número Complexo, denotado por `\phi`, medido em radianos, é um número real compreendido entre `0`  e `2\pi`. Ou seja `0 <= \phi < 2\pi`.-Eu dizia calmamente ,mas ouvi uma voz que logo me foi familiar .

 -Viu seus idiotas o meu Gatinho é mais inteligente e bonito que todos vocês juntos , parabéns amor!!!!- Dizia a Raíssa a menina mais popular da escola , Raíssa tem cabelos castanhos olhos da mesma cor do cabelo e um físico de dar inveja as outras garotas da escola a mesma só usa roupas caras por exemplo hoje ela estava com uma blusa fina azul escuro e uma saia rodada curta branca e usava um salto alto quase do tamanho de um livro,  eu considero um exagero  ela vir tão arrumada pra escola mas chega de falar dela . Essa historia de me chamar de gatinho começou dês de quando nos vimos pela primeira vez ela insiste em dizer que eu e ela namoramos  sendo que nunca tivemos uma conversa si quer.

 Eu sou odiado por todos os garotos da escola pelo simples motivo de praticamente todas as garotas da escola gostarem de mim ... Nunca entendi o que elas vêem em mim eu nunca conversei com ninguém dessa escola. Antes que a professora se manifestasse sobre o assunto o sinal soou alto indicando que devíamos ir para nossa próxima aula que era de literatura com a professora Emily ,eu nunca a vi antes já que o ano acabou de  começar novamente.

   Quebra do tempo

Eu seguia a caminho da minha sala quando vi uma garota loira com  óculos pretos grandes que se destacavam por a mesma ser pálida e também por possuir olhos azulados em um tom bem claro ,  ela também tinha  pequenas sardas no rosto e usava uma blusa vermelha com babados na frente e uma  saia bege com uma abertura do lado. Parecia estar correndo  distraída  carregando vários livros que reconheci só pela capa eram livros como " Uma curva na estrada ", "A menina que roubava livros " , " A garota do calendário " , "Trono de vidro " entre outros eu conhecia todos eles .... Logo percebi que ela cairia por estar carregando um grande número de livros. Corri na direção da mesma bem no exato momento que ela estava prestes a cair por ironia do confuso e continuo destino acabei chegando em um momento ruim....

P.o.V Garota misteriosa 

 Eu só queria morrer , não aguentava viver sem ele aqui ...Por culpa desse monstro perdi a única  pessoa que se importava comigo ...Cada corte que marca minha pele é uma decepção, uma lastima que carrego em segredo. Para os outros sou fria ou um cacto como dizem mas em meus momentos de solidão sou apenas uma suicida se cortando na escuridão eterna com Lagrimas pairando em seu rosto ...


Notas Finais


bom só um aviso essa fic vai sair dia sim e dia não e todos os caps terão em torno de 1300 palavras
Se você tem algum preconceito com suicidas recomendo que leia pra quebrar de vez essa ideia idiota sobre eles


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...