História My Sweet Angel - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Jimin, Long-fic
Exibições 48
Palavras 1.092
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi, como sou ansiosa e já tenho boa parte da fanfic escrita eu vou postando dnwqjkdq.
Boa leitura~

Capítulo 3 - Sweet


Fanfic / Fanfiction My Sweet Angel - Capítulo 3 - Sweet

Como minha rotina havia virado: dormir, acordar, conversar com Jimin, assistir filmes, comer alimentos gelados, eu não fazia mais nada além disso e já estava totalmente entediada.  

Jimin havia me convidado para irmos tomar sorvete mais cedo e eu aceitei, claro.  

Estou na frente do espelho de meu quarto me maquiando. Só faltava o batom para mim estar pronta.  

-Você está linda doce. - Jimin apareceu na porta e sorriu ao me ver, ele também estava realmente muito lindo. Sua camiseta é branca com detalhes em prata -é sério, porque ele só usa branco?- sua calça e sapato eram da cor preta. Seus cabelos loiros penteados de um modo que deixava-o ainda mais charmoso.  

-Obrigada, Minnie. Você também está muito lindo. - ele aproximou-se e deu um beijo em minha bochecha, fazendo-me corar;.  

-Minnie? - perguntou com seu rosto próximo ao meu.  

-É... Desculpa se não gostou, não chamo ma-   

-Claro que eu gostei! Pode me chamar de Minnie e do que quiser. - novamente beijou minha bochecha. - vamos?  

-Certo. Eu só preciso passar o batom – mostrei o batom rosa que segurava, ele pegou o batom da minha mão, abriu e fez biquinho para que eu imitasse-o. - o que está fazendo? - sorrio  

-Passando batom em você, faz biquinho – revirei os olhos e fiz o que ele pediu, Jimin passava o batom em meus lábios calmamente enquanto eu encarava-o. - prontinho.  

-Obrigada, agora podemos ir.  

Chegando lá, sentamos na mesa mais distante e logo uma moça veio nos entregar os cardápios de sorvete. Nós olhamos um por um e eu escolhi o sorvete de capuccino com pedaços de chocolate e Jimin escolheu o de chiclete.  

-Agora é só esperar. - Minnie comentou.  

-Já faz um tempo que não venho tomar sorvete – passei meus dedos pela mesa – tenho saudades da minha adolescência.   

-Então fiz bem em te trazer na sorveteria? - assenti com a cabeça e sorri – eu também tenho saudades da minha adolescência, quando eu ainda tinha contato com todos os meus conhecidos.  

-Não mantém contato com mais ninguém? - perguntei franzindo o cenho.  

-Apenas com você, doce. - passou seu polegar por meu rosto, sorrindo. Quais serão os motivos para Jimin não querer falar de sua família e não manter mais contato com ninguém?  

Ficamos conversando por alguns minutos até nosso pedido chegar e encher nossos olhos. Não esperamos muito para começar a comer e em algum tempinho já havíamos terminado.  

-Quer ir em mais algum lugar Kwon? - o loiro a minha frente perguntou-me.  

-Ãhn... Acho que quero ir pra casa. Você quer ir em algum lugar? - Jimin fez que não com a cabeça e saiu para pagar a conta. Não estou mais recebendo meu pagamento, pois estou afastada, não ter meu dinheiro é chato.  

Assim que ele voltou do caixa, ajudou-me a ir até o carro.  

**********************************************************************************Jimin estava deitado ao meu lado acariciando meus cabelos. Olha-lo assim, me deixa em êxtase com sua beleza e um pouco envergonhada.  

-Não está cansado Jimin? - perguntei olhando-o preocupada.  

-Não, estou adorando ficar aqui te observando. - sorriu bobo, deixando-o ainda mais fofo – mas, vou deixar você descansar, amanhã nos falamos. - ele apoiou as mãos na cama, nos lados de meu corpo, inclinou-se sobre mim e aproximou seu rosto do meu. Posso sentir sua respiração quente bater em minha pele – Boa noite, doce. - fechei os olhos e umedeci meus lábios, sua respiração estava cada vez mais perto e então pude sentir seus lábios macios tocarem o canto de minha boca. Meu corpo estremeceu no mesmo momento.  

Abri os olhos assim que Park saiu do quarto. Minha respiração estava alterada, ele estava tão perto... Poderia jurar que ele iria me beijar.  

''Que pensamento bobo Joomi, nós mau nos conhecemos.'' Na verdade, ele me conhece bem melhor do que eu mesma. Ajeitei-me na cama e adormeci.  

  

-Acorda, doce – acordei com a bela visão de Jimin a minha frente – seu chefe ligou, perguntou como você está e-  

-Ele me despediu? - interrompi-o preocupada  

-Bem... Foi isso, ele falou que como sua perna vai demorar para ficar boa e ele precisa de alguém que faça suas correrias, ele não está dando conta e precisa de alguém pra já. - explicou-me   

-E agora? - passei as mãos em meu rosto  

-Não se preocupe, como seu salário era ótimo, irei trabalhar no seu lugar e usarei o dinheiro para te ajudar e comprar as coisas de casa. - franzi o cenho   

-E o seu cargo? - cocei a nuca e ele umedeceu os lábios   

-Meu salário não era grande coisa. - deu de ombros  

-Quando você começa?  

-Semanha que vem! - respondeu rapidamente  

-Eu quero trabalhar também Minnie! - fiz biquinho  

-Joomi, eu me preocupo com você, se acontecer algo eu me sentirei culpado.  

-Não se preocupe Minnie – acariciei seu rosto. - como pode? Uma pessoa que acabou de me conhecer, ser tão adorável, preocupado, carinhoso e várias outras coisas? - Park sorriu   

-Porque você é importante pra mim – alisou meus cabelos e sorriu – eu preciso cuidar da minha florzinha, não posso deixar com que se machuque. Por favor, fique em casa?  

-Aish... Por mais que eu esteja com uma perna quebrada, sei me cuidar – respondi e ele fez cara feia – se você quer mesmo, eu fico. - Jimin abriu um sorriso de orelha a orelha e puxou-me para si, abraçando-me.  

-Só saia de casa quando eu estiver junto, pode ser perigoso – falou ainda apertando-me contra si e alisando meus cabelos. Seu cheiro... Me faz ter vontade de ficar em seus braços pra sempre.  

-Jimin, eu não posso ficar sempre trancada aqui – ele afastou nossos corpos e me olhou nos olhos.  

-Eu sei, por isso vou levar você a onde quiseres. Por favorzinho? - juntos as mãos e fez biquinho.  

-Tá, tá! Eu não saio. - Park distribuiu beijos por minhas bochechas e isso me fez viajar em pensamentos. Essas suas atitudes, me fazem querer mais e mais.  

-Você gosta de me dar beijinhos em? - perguntei rindo  

-Claro, não consigo deixar de te dar beijos. Você é linda, fofa e muito mais. - meu coração acelerou com suas palavras.   

-Nem sou tudo isso. Você que é lindo Minnie – ele ainda segurava meu rosto e sorria.  

-Que nada. Vou ir deitar Joomi, boa noite. - aproximou seu rosto do meu colando nossas testas.  

-Boa noite - Jimin deixou um beijo na ponta de meu nariz e saiu do quarto.  

Ah meu Deus, essa aproximação me deixa louca. Seus braços me confortam, é como se eu estivesse no céu, ainda mais com seu cheiro.  


Notas Finais


Até o próximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...