História My Sweet Ômega - Jikook - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Jikook, Jimin!ômega, Jungkook!alfa, Namjin
Exibições 780
Palavras 1.079
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


O-i!
Cara, mt mt mt obgd msm pelos favoritos e comentários, nossa fanfic está crescendo tanto! Estou tão feliz, kyaaaaaah! +550 mds mds mds, respira ~
Obg pelo carinho/por td smp
Boa leitura \o/ 💕

Capítulo 12 - "Eu não sou seu"


Fanfic / Fanfiction My Sweet Ômega - Jikook - Capítulo 12 - "Eu não sou seu"

Jungkook

Acordei sentindo um peso desconfortável sobre mim e abri os olhos vagarosamente, me assustando logo em seguida ao encontrar a estatura nua de uma ômega em cima do meu peito.

Arregalei os olhos e comecei a chacoalhá-la com certo alvoroço, vendo ela bocejar e erguer o tronco enquanto mexia nos olhos.

Olhou para mim e sorriu, cobrindo seu corpo com o fino lençol branco.

– Bom dia querido… – se aproximou e selou nossos lábios rapidamente. Eu a olhei confuso e sem expressão nenhuma. – Obrigada por passar o cio comigo – disse fazendo círculos no meu abdômen com a ponta dos dedos – mas eu já estou necessit-

A interrompi com um pulo da cama, a deixando confusa e assustada com a minha atitude. Senti o vento frio abraçar meu corpo e então me dei conta de que estava nu também.

Não, não, não. Eu não fiz isso.

Passei a mão nos cabelos e comecei a andar de um lado para o outro enquanto xingava-me mentalmente.

– Jungkookie...? – ela me chamou num tom fino e manhoso, engatinhando na cama enquanto maltratava seus lábios com os dentes. Ela ainda estava no cio. – Jungkookie… – gemeu – Eu preciso de voc-

– Não Sohyun! – gritei e ela abriu a boca para falar, mas não saiu nada – Isso foi um erro. – falei e corri até o guarda-roupa, pegando o necessário.

– Jeon? O que está fazendo? Aonde pensa que vai? – perguntou irritada por não estar recebendo atenção. Lambeu os lábios e ofegou. Eu precisava sair rápido daqui, ou cometeria outro absurdo.

– Jeon Jungkook, eu estou falando com você! – berrou – Ajude a sua noiva, ah… – afundou o rosto na cama.

Respirei fundo e me arrependi logo em seguida, pois o seu perfume enjoado impregnou nas minhas narinas, causando-me ânsia.

Como não queria deixar meu lobo assumir o controle novamente, vesti as minhas roupas rápido e coloquei algumas numa mochila. Desci as escadas ouvindo os gritos da ômega e finalmente saí.

***

Caminhei em passos lentos até a floricultura, enquanto pensava seriamente no ocorrido de algumas horas atrás.

“Cheguei em casa um tanto frustrado por não conseguir me satisfazer e subi as escadas rapidamente para poder me aliviar. Jimin tinha me deixado com uma puta de uma ereção.

Senti um cheiro forte e ouvi alguns barulhos vindos do meu quarto.

Girei a maçaneta lentamente e me deparei com Sohyun nua jogada na minha cama e gemendo baixinho.

– Jung...Jungkookie, eu preciso de você. – disse com dificuldades por estar ofegante.

Senti minhas pupilas dilatarem e dei um passo à frente, observando seu estado.

Ela havia entrado no cio.”

– Droga! – murmurei irritado após o breve flashback. Empurrei a porta e entrei na floricultura.

Estava silencioso, parecia estar vazia.

Caminhei até a pequena recepção e senti meu sangue ferver ao ver uma cena que não agradou – nem um pouco – meu lobo.

Jimin estava com os lábios entreabertos e com o rosto vermelho, enquanto deixava um alfa tocar seu rosto com uma mão e o segurava pela cintura com a outra de maneira suspeita.

Joguei a mochila no chão, roubando ambas atenções e Jimin me olhou assustado.

– Solte o meu ômega, agora. – disse tentando não me exaltar.

– Seu ômega? – o alfa segurou os fios do ômega, tombando a cabeça do mesmo para o lado. – Não vejo marca. – sorriu cinicamente.

Rosnei e Jimin se encolheu.

Me aproximei do alfa e o ergui pelo colarinho, fazendo o mesmo largar o ômega.

Ele era cego ou o quê? Jimin tinha o vão do pescoço totalmente maltratado por mim, abordando tons vermelhos e roxos da noite anterior. Mas claro, não era a marca legítima, ainda não estávamos ligados.

– Ele não precisa disso para ser meu. – rosnei e cerrei meu punho ao vê-lo rir.

Eu estava pronto para socá-lo, mas Jimin puxou minha camisa fortemente, obrigando-me a fitá-lo.

– Kookie, não faz isso… – ele apertou as mãozinhas e baixou o olhar. – Por fav-

Soltei rapidamente o alfa e peguei Jimin pelo pulso, o puxando para os fundos.

– K-Kookie? – ele me olhou assustado.

– Qual é a sua Jimin? – perguntei exalando raiva.

– C-Como? – franziu.

– O que pensa que estava fazendo? – o puxei pela camisa –  Está querendo que eu te marque a força, huh?

– M-Mas eu não estava fazendo nad-

– Acha que eu sou idiota? – usei a voz de alfa e ele tremeu – Presta atenção Jimin – segurei seu braço com força – você é meu! Eu sei muito bem o que vi e espero que não aconteça novamente, ou as coisas ficarão feias para o seu lado.

– Jungkook par, está me machucando! – gemeu choroso de dor.

Ele tentou se soltar mas foi impossível, então baixou a cabeça com os olhos marejados e foi aí que eu percebi o que estava fazendo.

O soltei e passei os dedos dentre os fios do meu cabelo respirando fundo.

– Sim, você é um idiota… – ele disse baixo, me fazendo arregalar os olhos. – Você está cheirando àquela ômega – ergueu o rosto e eu pude ver as gotas escorregando por suas bochechas – Não venha dizer que eu sou seu enquanto estiver cheirando à perfume daquela ômega. – meu coração pulou algumas batidas e eu abri a boca na tentativa de falar alguma coisa. – Eu não sou seu, Jeon. – ele falou derramando lágrimas novamente e deu as costas.

– Jimin, espera, me des-

– Por favor não venha atrás de mim. – gritou com voz chorosa e saiu correndo.

Voltei para o balcão e olhei em volta. Nenhum sinal dele ou do alfa.

Merda.

Jimin

Corri o máximo que podia e parei numa praça deserta. Pousei as mãos nos joelhos e respirei fundo tentando recuperar o ar perdido.

Fui até um banco velho e enferrujado e sentei.

Algo em mim doía, parecia estar quebrado ou talvez faltando uma parte. Levei as costas da palma da minha mão e enxuguei o canto dos olhos.

Mordi o lábio que tremia a pouco, na intenção de conter o choro, o que era difícil.

Meu lobo estava inquieto, provavelmente magoado, e caramba, como aquilo machucava!

– Jiminnie? Está tudo bem? – senti uma mão tocar meu ombro e ao ouvir a voz me virei rapidamente.

– Yoongi… Eu, eu preciso de um abraço. – senti meus olhos se encherem de água novamente e minha visão começar a ficar embaçada por conta da tal.

Yoongi deu a volta e sentou ao meu lado, logo me abraçando.

Apertei sua camisa e deixei tudo transbordar.

– Eu estou aqui pequeno – sussurrou no meu ouvido e em seguida aproximou o seu rosto do meu, fazendo a ponta dos nossos narizes roçarem. – nunca esqueça disso.

Selou nossos lábios.

(Leiam as notas finais)

 


Notas Finais


Me desculpem pelo capítulo, não estou muito bem e não fiquei mt feliz com ele. N achei q tenha ficado mt bom, mas eu espero q tenham gostado msm assim, dei o melhor q pude hj.

Novamente: Preparem os corações, o Jk só está começando a vacilar :v

Mudando de assunto, no Q&A (no qual já apaguei) pediram que eu criasse gp no wpp para a fanfic, ent eu criei -q auajajsjak \o/
Se quiser entrar é só me chamar 7.5.9.9.2.2.4.5.8.6.3, ou deixar o nmr aq nós comentários, ou mandar pela mp, vc decide! Usjsiaja VENHAM, VAMOS FALAR DE COISAS EDUCATIVAS !

Novamente perdão, eu realmente n estou bem.
O próximo são quarta, até lá 💓


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...