História My Sweet Ômega - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Jikook, Namjin, Shotacon, Vhopega
Exibições 4.096
Palavras 1.229
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


CHEGAY

AIIW~ OBRIGADO PELOS FAVORITOS SEUS BOLINHOS LINDAS ♥

Q? Não vou escrever lá em baixo, então o de sempre, grupo do wpp, pode me chamar, numero no cap. anterior, e...NAMJIN TA ME DANDO CADA TIRO QUE NÃO SEI COMO TO VIVA

Capítulo 35 - Trigésimo Quinto


Fanfic / Fanfiction My Sweet Ômega - Capítulo 35 - Trigésimo Quinto

     JungKook

   Quinto mês

   - Repete - Pedi para ele - Vamos Minnie

   - São dois meninos - Fez bico - Você estava certo, além que é um ômega e um alfa...

    - Viva o incesto! - Ouvi meu Omma e uma risada do meu appa

     - E você Tae? É ômega? - Assentiu e olhei Minnie - O que foi?

    - Quero hambúrguer com sorvete...- Fez bico - Trás pra mim?

    - Desejo de grávido não nega JungKook - Meu omma falou e suspirei me levantado

    Fui a cozinha e pedi a o cozinheiro que fizesse o hambúrguer, após terminar peguei o sorvete e levei até ele. Ele pegou e misturou o sorvete e misturou com o hambúrguer, era nojento, mas era seu desejo.

     - Eu quero também - Tae falou - Trás pra mim Yoonnie? - Yoongi se levantou junto com o hobi e foram os dois

     Ri daquilo e voltei ao meu minnie, que comia afoito e ao notar meu olhar sorriu.

    Eu estava além da felicidade com ele

            ▲▼▲▼▲▼▲▼▲▼▲▼▲▼

     Eu estava trabalhando, infelizmente, por mim eu estaria aproveitando a gravidez com o meu Minnie, o mimando o dia inteiro.

    Ouvi um bater na porta e logo o Minnie entrar, ele fechou a porta e parou na minha  frente.

    - O que foi pequeno? - Deixei os papeis de lado e me levantei, indo até ele e segurando sua cintura

    - Me fode? - Ele pediu, sabe minha sanidade? a qual nunca tive? Pois é

    Segureu suas coxas e tirei tudo de cima da mesa deixando cair no chão, eu já atacava seus lábios ferozmente enquanto ele puxava meus fios.

     - Trancou a porta? - Assentiu - Você me pedindo isso...

    - Eu estou com vontade - Puxou meu cabelo e começou a chupar meu pescoço - Você não quer daddy? - Sussurrou e apertei sua coxa, o fazendo soltar um gemido

     - Sou não te fodo com força por causa do nossos filhotes - Lambi sua marca e ele jogou a cabeça pra trás

    Não me importava em está no escritório, porque eu sei que não sou o primeiro a fazer sexo ali, passei minhas mãos por dentro de sua camisa sentido a volúpia da sua barriga e ele se soltou de mim permitido eu tirar a sua camisa, admirei seu corpo, mesmo que ele estivesse grávido ele continua sexy, levei minha boca a seu mamilo e dei uma leve mordida enquanto com os dedos eu brincava com o outro. Ouvi seus gemidos e arfares.

     Minha calça começava a incomodar, olhei pra ele que estava com os olhos semicerrando e com as bochechas coradas

     - K-Kookie...Vai logo...Esta começando a doer...- Gemeu e desci minha boca, parei na sua barriga deixando um selar

     - Vou dar um pouquinho de prazer pro seu omma filhotes - Falei sussurrado e fui ao short que ele usava

    Tirei o short e joguei em qualquer canto daquele lugar, vi sua boxer vermelhas marcada pelo seu membro já ereto, acariciei e ele gemeu arrastado.

    - Esta tão necessitado baby? - O olhei provocante e ele gemeu - Em? - apertei e ele jogou a cabeça pra trás

    - E-Estou...- Me olhou e sorri, o peguei no colo e fui ao sofá que havia ali, ele maltratava meu fios e meu pescoço, mas aquilo só me deixava mais exitado - Você está com muita roupa daddy.

     O coloquei delicadamente no sofá e comecei a me despir, jogando aquilo em qualquer canto, eu sentia como meu baby estava necessitado.

    Fiquei apenas de box, segurei sua coxa voltando a maltratar sua boca e apertar sua coxa, nunca enjoaria dele, levei minha mão a sua box e a tirei, desci até lá e soprei seu falo rosado e ouvi um gemido, sorri e levei minha boca até lá começando a chupar.

    Jimin agarrava meu fios e soltava gemidos altos, por sorte, talvez, meus pais tinham saído, Tae, Yoongi, Hobi e Chul foram ao parque e por insistência da Soo a deixei ir, então não importava o quão alto estavam os gemidos.

      - K-Kookie...E-Eu...- Tirei da minha boca e ele gemeu em reprovação e levei meus dedos a sua glande

     - Você só vai gozar quando eu quiser baby - Ele me olhou suplicante, tirei minha boxer e vi sua entrada piscar - Você é um pervertido Jimin.

     - Daddy...- Gemeu - M-Me fode!

     - Com todo prazer - O penetrei de uma vez e ele gemeu arrastado

     Comecei ao estocar lentamente apenas pra o provocar, ele rebolava e ia de contra o meu membro, cedento por mais, sorri com aquilo e comecei ao penetrar mais rapidamente, tomando cuidado com nossos bebês.

     - M-Mais rápido...- Pediu e assim fiz - K-Kookie...

     - Depois eu vou te punir por não me chamar de daddy - Ele começou a arranhar minhas costas

     Segurei suas coxas e me sentei no sofá, Jimin começava a rebolar e tomava cuidado por causa da barriga.

     - M-Me deixa gozar Kookie...- Suplicou e eu já sentia meu ápice - D-Daddy...por favor...- Me olhava suplicante

     Assim que eu estava bem perto do meu ápice tirei meus dedos e o masturbei um pouco, logo sentido minha mão sujar e com isso ele pressionou meu falo e meu nó se formou.

    Deu um beijo apaixonante no Jimin e ele me abraçou, sorri e acariciei seu rosto suado.

     - Eu te amo Kookie...Nós te amamos - Sorri e lhe dei um selar

     - Também os amo - Acaricei sua barriga - Que tal tomarmos banho e vermos um filme?

     - E essa bagunça? - Apontou

     - Depois cuido dela - Ri - O que acha?

    Ele assentiu sorrindo, mesmo depois de tudo ele sempre parecia ter essa aura inocente.

          ▼▲▼▲▼▲▼▲▼▲▼▲

    Dia seguinte

   - Como foi quando saímos? - Omma perguntou

    - Normal - Falei e vi as bochechas de Jimin corar

    - O normal de vocês é fazer sexo? - Appa falou - O escritório estava um bagunça

    - Foi mal - Ri - Mas sei que você e o Omma faziam isso - Vi meu omma corar

    - Não nego - Meu appa riu - Não foi poucas as vezes 

     - Namjoon! - Omma gritou - Greve pra você, de uma semana

     - Seu perfume está forte, daqui a dois dias é seu cio - Appa falou sorrindo - E você não passaria o cio sozinho princesa

     - Te odeio - Falou com bico e olhou Minnie - Veja isso - Deu o celular e olhei de relance, era uma armação para casamento na praia

     - Pra que isso? - O olhei

     - É lindo Jinnie - Falou - Vocês pretendem renovar o casamento?

     - Não - Riu - É pra seus filhotes - Eu franzi e antes de eu falar omma voltou a falar - Meus intuitos não mentem, sei que esses dois vão ficar juntos, sou adiantado

     Eu suspirei e o café se seguiu com falas sobre um "possível" casamento dos meus filhotes, Soo e Chul brigando por um pedaço de bolo, e O tae, Yoongi, Hobi conversando - Ler discutido - O nome do filho, mesmo que já estivesse decidido os alfas tentavam mudar a idéia do Tae.

         Eu antes queria uma família normal, mas eu vejo que se minha família não fosse assim, eu nunca teria conhecido meu ômega.

   Sorri com o pensamento e voltei ao meu café.

     Tudo é graças a eles.

    

    



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...