História My Sweet Sin - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Amanda Hummer, Incesto, Justin Bieber, Sobrinha
Exibições 154
Palavras 2.418
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi ooi etzinhos! 👽💙 Olhem só quem voltou com mais um capítulo!! 😍😍😍 Até que enfim hein, Gabriela 😒👌

Tudo bem eu chamar vocês assim né (etzinhos)? 😂😂

E aí, tudo bem com vocês? 😄 Eu estou ótima!

Então gente... muito obrigada pelos favoritos! 💙 De verdade. 😍 E me desculpem pela demora, mas tenho meus motivos que até comentei no capítulo anterior. MAS ENFIM. O que importa é que eu voltei com um capítulo bem grandinho até. 😄

Boa leitura 👽💙

Capítulo 5 - Chapter IV


– Mandy, eu... – Tio Justin parou assim que me viu totalmente exposta. Encarou minha intimidade e eu senti minhas bochechas corarem, umideceu os lábios e ajeitou algo em sua bermuda jeans.

– Justin! – Cobri meus seios e minha intimidade com a mão.

Reparei que o mesmo estava sem blusa e descalço, ele piscou algumas vezes e olhou em meus olhos. Suas iris que antes eram cor-de-mel, agora estavam mais escuras. Engoli a seco e o tio não parava de me olhar mordendo os lábios.

– Me desculpe, eu não sabia que você... – Apontou para o meu corpo.

– Eu... an... – Olhei para a toalha no chão ainda sentindo minhas bochechas coradas e a peguei do chão – já volto.

Saí correndo para o closet e suspirei alto quando entrei.

Meu Deus, o que foi isso?! Cadê a privacidade?!

Balancei a cabeça tentando me livrar do ocorrido a alguns minutos atrás e coloquei uma lingerie branca, vesti meu pijama rosa de bolinhas pretas curtinho e calcei minhas pantufas. Soltei meu cabelo e o penteei com os dedos mesmo, passei um creme corporal e fui para o quarto.

Uma vez no mesmo, vejo que Justin não estava mais ali. Dei de ombros e fui até o quarto dele, assim que entrei, vi que ele também não estava no mesmo, porém ouvi o chuveiro ligado. Resolvi espera-lo na sala.

Quando ameacei sair, ouvi barulhos estranho vindo do banheiro, franzi o cenho e me aproximei. Encostei na porte e pude ouvir murmúrios abafados, pude ouvir meu nome e um pontinho de curiosidade surgiu em mim. Olhei para o buraquinho da fechadura e me questionei...

Eu deveria olhar? Estou tão curiosa! Eu sei, é errado espionar as pessoas, mas... não faria mal algum só dar uma olhadinha, certo? Ele nem irá saber.

Respirei fundo decidida a olhar e me abaixei, me apoiei na porta e olhei para o buraquinho. Tio Justin estava ali, de costas para a porta, com uma mão balançando e sua cabeça arqueada para trás. Ele falava algumas coisas, porém eu não conseguia entender. Seu braço se mexia cada vez mais, até que o ouço urrar meu nome e sinto meus pelos se ouriçarem, engoli a seco e franzi o cenho ainda não entendendo nada.

Me afastei da porta e voltei para o meu quarto. Peguei meus fones e meu celular e me deitei, coloquei em uma música aleatória e fechei os olhos apreciando Libra de A Banca 021.

Eu estava quase pegando no sono, até que sinto algo no meu pé e o mexo para afastar qualquer coisa que seja. Senti mais uma vez e abri meus olhos, me deparando com tio Justin sorrindo o que me fez sorrir automaticamente. Vamos combinar que meu tio é um gato né. Tirei meus fones e coloquei o celular no criado mudo.

– Então, o que você queria? – O analisei de cima abaixo, agora ele estava de calça moletom e um chinelo da Adidas.

– Ah sim. Eu ia te chamar pra ver algum filme. – Umideceu os lábios assim que terminou.

– Por mim tudo bem! – disse sorrindo.

– Beleza, vou pedir uma pizza e você escolhe um filme. – disse saindo do quarto. Assenti mesmo sabendo que ele não veria.

Me levantei e desci para a sala, liguei a TV e fui na netflix. Procurei por algum filme e escolhi Invocação do Mal 2. Eu amo filmes de terror, apesar de ter um pouco de medo. Levantei e fui até a cozinha, peguei o que precisava para fazer brigadeiro e senti braços me rodearem.

– Hmm... brigadeiro? – Ouvi a voz rouca de Justin perto do meu ouvido e automaticamente meus pelos de ouriçaram.

– Sim... – Beijou minha cabeça e me soltou, ficando ao meu lado.

– Pedi o de sempre, beleza? – Se referiu a pizza de calabresa. Assenti e ele foi pegar algo no armário.

Continuei fazendo meu brigadeiro até chegar no ponto e despejei-o no recipiente que Justin deixou ao lado. Coloquei-o na geladeira e quando voltei vi Justin já lambendo a colher. Ri pela sua cara estar toda lambusada.

– Que foi? – perguntou olhando para mim enquanto se deliciava do brigadeiro.

– Sua boca... está toda suja! – Ri enquanto o mesmo passava a língua numa tentativa falha de se limpar. – Deixa que eu limpo pra você.

Peguei um guardanapo e comecei a limpá-lo, até que vejo o mesmo melecando meu nariz de brigadeiro. O olhei indignada enquanto o mesmo ria da minha cara.

– Justin Drew Bieber, olha o que você fez! Eu acabei de tomar banho, ridículo. – Ele ainda ria.

– Oh meu Deus, vem cá, deixa eu limpar pra você. – Passou o dedo em meu nariz e o chupou.

– Idiota. – Revirei os olhos e o mesmo ria.

– Já escolheu o filme? – Se apoiou no balcão enquanto eu lavava meu rosto.

– Já. Invocação do Mal 2 – Sorri perversa e ele riu, acompanhei o mesmo.

– Ok, ao menos não é um filme meloso.

– Você sabe que eu não gosto desse tipo de filme.

– Falou quem já viu Toy Story umas 3 vezes e chorou no final – Prendeu o riso.

– Ah, cala a boca! – disse jogando o guardanapo na cara dele, o mesmo ria se divertindo. – Quando é que chega a pizza?

– O cara disse que chega em meia hora – respondeu olhando no relógio –, mas ainda vai demorar um pouco.

Revirei os olhos e vi o mesmo suspirar.

– Certo... vamos ver o filme enquanto isso.

– E o brigadeiro?

– Só vai comer depois que a pizza chegar.

– Você é chata, nossa senhora. – disse emburrado indo em direção a sala pisando firme.

– Crianção – disse rindo.

Cheguei na sala e Justin mexia em seu celular, assim que me viu desligou e se a jeitou no sofá sorrindo para mim. Nem é bipolar...

– Eu hein.

– O quê? – Me sentei no sofá e ele iniciou o filme.

– Uma hora você está todo irritado, outra está de boas. Nem é bipolar.

– Ah, cala a boca. Vem cá. – Me puxou para sentar entre suas pernas. Me encaixei ali e começamos a prestar atenção no filme.

Logo a pizza chegou e a comemos enquanto víamos o filme e Justin fazendo palhaçadas. Quando terminamos, fui até a cozinha e peguei o brigadeiro e duas colheres, me sentei e continuamos a ver o filme.

Assim que o filme acabou, levamos as coisas para a cozinha e fomos dormir.


                         [...]


Ouvi meu despertador soar e preguiçosamente o desliguei, levantei da cama e me arrastei até o banheiro. Fiz minha higiene matinal e comecei a me despir, liguei o chuveiro e tomei um banho rápido.

Já no closet, vesti uma lingerie bege, uma blusinha soltinha verde musgo, short cós alto jeans de lavagem clara e um vans branco. Penteei meus cabelos, fiz uma maquiagem simples, levando: base, pó, um pouco de blush, rímel e um batom nude; coloquei brincos de pedrinhas e um relógio, passei perfume, peguei meu celular e meu fone.

Assim que terminei, peguei minha mochila e desci até a cozinha. Justin já se encontrava sentado à mesa tomando seu café e olhando algo em seu tablet.

– Bom dia! – falei me sentando e me servindo de panquecas com mel e suco de laranja.

– Bom dia, princesa. – disse Justin. Olhei para o mesmo e ele sorria levemente.

– Bom dia, Mandy. – Marta apareceu acariciando meus cabelos. Sorri para a mesma. Ela era uma das empregadas de Justin, já estava aqui desde quando cheguei. Segundo o tio, ela é como sua segunda mãe.

– Vamos, Mandy? – Olhei para Justin e assenti dando o último gole do suco. – Tchau, Marta, até mais tarde.

– Tchauzinho, Marta! – Dei um beijo no rosto da mesma.

– Tchau meninos, até mais.

Peguei minha mochila e fui até tio Justin que já tirava seu Audi da garagem, entrei no mesmo e senti o carro arrancar. Coloquei meus fones e procurei por New Americana - Halsey, olhei para a janela e comecei a cantarolar baixinho.


                         [...]


– Amanda! – Levei um susto e tirei meus fones olhando para Justin.

– Caramba, que susto! – Coloquei a mão em meu peito sentindo meu coração acelerado.

– Me desculpa, mas tem meia hora que eu tô falando com você e não me escuta.

– Oh... desculpe. – Me ajeitei no carro.

– Bom, esse final de semana terá um jantar de negócios e você vai comigo. – Foi direto.

– Nossa, nem pergunta se eu quero. – Ri. Mas logo fiquei séria. Normalmente esses jantares são tão tediosos... só tem gente velha ou da idade do tio. Pra falar a verdade eu nem sei porque eu tenho que ir, mas não é sempre que vou.

– Tem que querer não. – disse brincando.

– Mas que abuso! – Ri e logo paramos em frente a escola.

O abracei e Justin beijou minha bochecha, me puxou para mais um abraço e aspirou meu pescoço, fazendo-me arrepiar. Assim que me soltou, sorriu estranho.

– Boa aula, pequena. – Sorri e saí do carro ajeitando minha mochila nas costas.

Vi Mell e Caah se aproximando, olhei para trás e Justin já virava a esquina.

– Viadaa!! – disse Mell andando depressa junto a Caah e as duas me abraçaram.

– Mandy, vaquinhaa! – disse Caah.

– Faala vadias! – Rimos.

– E aí, meninas? – Jack apareceu junto a Matthew, Noah e Ariana.

– Oi gente – Sorri para todos, enquanto eles se cumprimentavam.

Conersavamos aleatoriamente até irmos para nossas devidas aulas.


                           [...]


– Mandy, vai ter uma social na casa dos Lerman nesse final de semana, você vai né? – perguntou Ari.

– Não vou poder ir – Fiz bico.

– Por que não? – Mell franziu o cenho.

– Meu tio vai ter um jantar de negócios e disse que eu iria. – Bufei e as meninas reviraram os olhos.

– Af, seu tio é um chato! – Ari reclamou, ri da mesma.

– Quem é chato? – Shawn apareceu atrás de mim me abraçando. Ele era o meu melhor amigo. Já ficamos uma vez, mas vimos que não iria rolar nada. Graças a Deus que não interferiu na nossa amizade.

– Você. – Mordi sua bochecha.

– Sua cadela! – Me soltou e massageou a bochecha enquanto me olhava perplexo. As meninas riram.

O sinal tocou, avisando que o intervalo havia acabado. Os outros meninos se aproximaram e fomos para nossas salas.


                          [...]


Eram exatamente 04:30 p.m quando finalmente acabou a aula. Suspirei cansada e juntei meus materiais, saindo junto com a Caah e fomos encontrar com os outros no corredor.

– Mandyyy! Caaah! – Mell gritou vindo junto aos outros – Vocês não sabem da maior!

– O quê? O que aconteceu? Fala garota! Desinbucha! – Caah disse curiosa, ri da mesma.

– Adivinha quem pegamos dando pro Bryan na biblioteca?! – Bryan era um babaca da escola. Se achava o fodão só por ser popular, pegar grande parte da escola e ser o capitão do time de futebol. Ele é um escroto.

– Quem? – perguntei enquanto saíamos da escola.

– A Stace.

– Oi? Eu ouvi direito? Que Stace é essa? Não me diga que é a... – Deixou a frase ar.

– Stace Blanc..? – continuei não acreditando.

– Ela mesma. – Ari afirmou. Paramos no mesmo instante.

– Tá brincando né? – falei rindo, mas vi que elas realmente estavam falando sério – É sério isso?

– Não pode ser possível! Ela é tímida e quieta! – Caah disse chocada.

– Vocês devem ter se enganado, ela não... – Mell me cortou.

– Não, gente. É sério, eu e a Ari vimos com nossos próprios olhos. Era a Blanc.

– Meu Deus... – Coloquei a mão na boca ainda em choque.

– Bem que dizem que as quietinhas são as piores! – disse Caah.

– Né. – Mell olhou pra mim.

– Tá olhando pra mim por quê?

– À toa ué. – Começou a rir. Revirei os olhos e parei de andar assim que chegamos no carro de Shawn.

– Tchau, meninas. – Jack beijou nossas bochechas e foi até sua moto que estava ali perto.

– Tchau viado – falei. Ele fechou a cara.

– Tchaau! – disseram as outras.

– Bora então. – Shawn disse tirando as chaves do bolso.

– Tchau, amores. Matt vai me dar uma carona. – Ari sorriu meiga.

– Tá bom, amiga. Tchauzinho. – falei.

– Até amanhã, pequena. – disse Mell.

– Tchau Ari! – disse Caah.

Ela acenou para Shawn e Noah e mandou um beijo no ar para nós, fizemos o mesmo enquanto entrávamos no carro.


                          [...]


Hoje a noite estava fria... optei por um pijama quente e calcei apenas um chinelo. Sequei meus cabelos e deitei na cama, liguei a tv e procurei por algo que me interessasse. Revirei os olhos não achando nada e desci para a cozinha.

Uma vez na mesma, encontro tio Justin cozinhando algo, arqueio as sobrancelhas e chego perto sem fazer sequer um barulho.

– Oi Mandy. – disse sem ao menos se virar. Arregalei os olhos pelo susto e franzi o senho.

– Como percebeu que eu estava aqui? – Cruzei os braços emburrada, me olhou de relance e voltou a mexer a panela.

– Você desce igual uma cavala. Quem não ouvir, é surdo. Porque né... – Riu. O olhei chocada e bati em seu braço. – Ai! Para de me espancar! Louca. – disse massageando o local que ficou um pouco avermelhado. Dei de língua.

– O que está fazendo? – Olhei para as panelas.

– Espaguete à bolonhesa! – disse com os olhos brilhando. Pelo o que me lembro era sua comida favorita.

– Hmm, adoro. – falei passando a língua entre os lábios. Minha barriga já roncava.

– Já, já fica pronto.

– Vou fazer um suco então. 

– Beleza.

Peguei três laranjas, açúcar e um jarro com água.


                         [...]


– Nossa! Estava uma delícia, tio.

– Oh... obrigado. – sorriu e me fez sorrir automaticamente. Já falei que meu tio é lindo? Pois bem... ele é maravilhoso!

– Temos sobremesa? – perguntei e o mesmo arregalou os olhos.

– Quê? – Engoliu a seco.

– Sobremesa... tem algum doce aqui?

– Ahh sim. – suspirou e sorriu amarelo. Franzi o cenho.

– Então... tem?

– Não.

– Ahh, ok então. Vou subir. – Levantei-me.

– Nada disso, vai me ajudar a tirar a mesa. Hoje liberei a Marta mais cedo.

– Ah, não... – Fiz biquinho. Tio Justin falou algo, mas não consegui entender – O quê? 

– Oi? Nada. Vem, me ajuda. – Levantou.

– Af. – Revirei os olhos e comecei a juntar os pratos e os talheres.

Coloquei-os na pia e limpei a mesa com o pano, assim que voltei, já tinha uma boa quantidade de coisas já enxaguadas. Peguei um pano e comecei a secar.

– Onde guardo isso?

– Acho que é ali embaixo. – Apontou para o armário. Me abaixei e guardei. – Porra, Mandy...

– O que foi tio? – O olhei preocupada.

– Nada... – Passou a mão molhada nos fios loiros os ajeitando. Voltei a secar e guardar as outras coisas.

Assim que guardei a última vasilha, me levantei e sorri satisfeita. Me virei e dei de cara com tio Justin que apertava algo em sua calça moletom. Ele suspirava pesado.

– Ai que susto. – Coloquei a mão no peito e ri.

– Oh... desculpe. Não queria assustá-la. – Sorriu forçado e se afastou um pouco.

– Bom... eu vou dormir. Amanhã tenho aula. – Revirei os olhos, ele riu.

– Tudo bem então, princesa. Também estou indo.

Subimos para nossos quartos e me despedi com um "boa noite" que foi correspondido da mesma forma. Escovei meus dentes e fui dormir.


Notas Finais


E aí, meus amores, gostaram? ☺ Devo continuar?

Acharam muito grande? Eu fiquei com medo de vocês acharem e ficar entediante, mas como eu já estava duas semanas sem postar, taquei o foda-se e mandei. 😂 MAS CASO NÃO TENHAM GOSTADO, IREI DIMINUIR OU TENTAR SEPARAR FAZENDO DOIS CAPÍTULOS DE UMA VEZ.


Jack: https://www.instagram.com/jackgilinsky/
Ari: https://www.instagram.com/arianagrande/
Matt: https://www.instagram.com/matthewespinosa/
Shawn: https://www.instagram.com/shawnmendes/
Noah: https://www.instagram.com/noataieb/
Bryan: https://www.instagram.com/bielromano/


Ahh, domingo tenho uma prova importantíssima para fazer... então me desejem sorte! TÔ PRECISANDO DE GOOD VIBES!!! ⚓🍃🌸😂😂

Bom, vejo vocês semana que vem. 😍
Amo vocês, etzinhos! 👽💙
Sweet kisses 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...