História My Symphony - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack & Jack, Magcon, Matthew Espinosa, Nash Grier, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Personagens Cameron Dallas, Hayes Grier, Jack and Jack, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Drama, Escolar, Hayesgrier, Romance
Exibições 109
Palavras 3.045
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLAAA, PESSOAS, estamos quase batendo 200 favaritos.
Eu agredeço MUITO a vcs, pensar que uma simples historia que eu pensei pode ter tantos "seguidores". É meio que um sonho meu se tornando relidade.

Então... esse cap foi um pouco dificil de fazer, porque eu não tinha ideia como seria. Quando eu escrevi, eu não parava de tremer. Eu gostei bastante, espero que vcs gostem!

Amo vcs❤️

Capítulo 27 - Só se tivermos vários cavalos...


Fanfic / Fanfiction My Symphony - Capítulo 27 - Só se tivermos vários cavalos...

Depois de dar o presente para a Sky, a mesma foi brincar com Harley na barraca das princesas que a mesma deu pra Sky. Fui para o meu quarto, trocar aquela roupa, porque eu acordei muito cedo e peguei a primeira coisa que eu vi na mala. Peguei os presentes e subi. peguei o colar que Harley me deu, era um terceiro pedaço de um coração, os outro pedaços estão com a Harley e a Bia. Entrei no quarto de Hayes e tranquei a porta. Coloquei o cropped da adidas que a Bia me deu, era cinza, ela tinha uma igual, mas branca e deu uma preta para a Harley. Coloquei uma calça jeans clara e cintura alta, com um vans preto.

Me sentei na cama e fui checar se todos os presented estavam lá, fiz a lista na minha mente e comecei a checar:

Harley: Colar - ok

Bia : Cropped - ok

Yas : Um secador novo (por que a mesma quebrou o meu fazendo uma experiência de ferver a água com secador) -ok

Duda: Uma mochila de panda -ok

Bea: Um tênis all star -ok

Ka: 5 meias de vários estilos (eu te amo Ka) e uma bolsa escrita "melhor prima do mundo" - ok...(?)

Nash: 5 capinhas pro meu celular (ele rabiscou uma minha e eu fiz ele prometer me dá 5) -ok

Matt: uma pantufa de tigre que eu obriguei ele a comprar pra mim- Ok

Aaron: Liberdade de chamar ele de irmão e um urso de pelúcia - ok

Jack Johnson: Uma toalha do powerangers -ok

Jack Gilinsky: um sabonete (ele disse que era para limpar a subaca) - ok

Jake: uma pulseira prateada -ok

Maia: uma blusa -ok

Rudy: o casaco que eu queria da Forever 21 -ok

Ethan: um rímel (ele usou todo o outro que eu tinha, nem me pergunte...) - ok

Grayson: um kit de lapis - ok

Shawn: Um triângulo (só pq eu falei que só sei tocar isso) -ok

Cameron: Um livro da Dora Aventureira -ol

Taylor: um porta retrato com uma foto dele e uma bandana - ok

Tez: um vale de uma semana para nachos do quiosque -ok

Skylynn: um cavalo de pelúcia grande -ok

Hayes:... Ele não me deu presente! - NÃO OK

Eu levantei uma sobrancelha tentado ter certeza daquele fato. Guardei tudo na outra mala que eu havia trazido um pouco mais vazia. Saí do quarto, cheguei na sala e o mesmo canalha estava sentado no sofá vendo televisão só com o Grayson e Taylor no outro sofá, ótimo! Sentei do seu lado com as pernas cruzadas e balançando elas sem parar, pra ver se ele perceberia que eu estava incomodada com algo. Olhei para ele de canto de olho e o mesmo continuou vendo televisão, revirei os olhos e cheguei mais perto, já encostando nossas pernas. Hayes se mexeu incomodado e eu fiz questão de me aproximar mais, mas eu não olhava para ele. Ele desligou a televisão e se virou pra mim fazendo cara de quem perguntasse "o que você quer?"

-O que foi?- eu digo disfarçando olhando para frente 

-Você daqui a pouco vai virar um osso do meu corpo de tão grudada que está em mim- ele fala 

-Nada a ver - eu continuo olhando para frente e vejo Taylor e Grayson revirando os olhos 

-Fala logo 

-Qual o problema de ficar aqui do lado do meu querido peguete e pra quem eu dei o melhor PRESENTE do mundo?- eu enfatizei na palavra "presente". Taylor e Grayson começaram a se cutucar, parece que tinham intendido

-Que ?- ele estava boiando legal

-Olha ali o Benjamin o PRESENTE que eu te dei- eu pegue Ben no colo assim que ele passou por nós, Zan subiu no sofá ficando do meu lado, fiquei passando a mão na cabeça dele 

-Por que está falando presente o temp...- ele é interrompido por Gray e Taylor 

-O PRESENTE DELA CARALHO- eles se levantaram explodindo e depois saindo da sala, já vimos que tem gente passando muito tempo com Harley, joga o tijolo e sai correndo 

Um silencio horrível se instalou entre nós 

-VAI FALAR NADA NÃO PORRA?- eu levanto colocando Ben do lado de Zan

-Você quer agora seu presente?- ele levanta ficando de frente pra mim

-Não, eu quero amanhã mesmo, tchau- eu fui em direção para a porta, mas ele segurou o meu braço me fazendo virar pra ele. A maioria das pessoas haviam descido  e viram 

-Tá tendo pegação e eu esqueci meu celular em cima?- Tez bateu o pé no chão indo subir de novo 

-Tez, é agora que eu vou dar o presente pra ela - Hayes fez o Tez parar no meio da escada

-Ah moleque, deixa com o papai aqui- Tez pulou da escada e veio andando até nós, o jeito que ele andava, parecia que ele estava com a perna direita quebrada. Ele tirou a bandana do pescoço e me virou de costas para ele, colocando aquela bandana sobre meus olhos- Agora siga extinto do Tezinho aqui

-Mas é seu extinto, não meu - eu falei enquanto ele me guiava para algum lugar 

-Cala a boca - ele falou -SKYLYNN, TIRA ESSA GALINHA DE PERTO DE MIM POR FAVOR - ele parou e apertou o meu braço 

-Tez, ela não vai te matar- ouvi Sky falando enquanto passava por nós, provavelmente iria tirar a galinha de perto do Tez 

-Eu só não falo nada por que eu não gosto de galinhas perto de mim- eu me estremeci e Tez riu, continuando nosso caminho 

-Que demora- Hayes falou um pouco longe

-A culpa não é minha se vocês deixam essas galinhas soltas- sinto Tez se estremecer 

-Tez eu já te falei, você come elas cara- Hayes ri 

-Melhor não falar nada, sua namoradinha aqui também tem cagaço- eu bati no seu braço

-Foco na surpresa por favor!?- eu falo

-Okay, Pode tirar a bandana- eu tiro a bandana correndo e vejo que Hayes está em frente a uma coisa coberta de um pano preto

-Que isso ?!- eu corri na frente dele, mas Tez me segurou -Seu sem graça - eu me solto e cruzo os braços fazendo cara feia 

-Eu lembrei que outro dia você me falou que queria aprender a fazer motocross -Hayes falou 

-Não foi exatamente o que eu falei...

-Ah não? "Fazer motocross é legal? Eu sempre quis aprender"- ele tentou imitar a minha voz 

-Primeiro, minha voz não é assim. Segundo, é... eu falei isso... talvez. Terceiro, volte para o primeiro- eu conto nos dedos 

-Primeiro, você fala exatamente assim. Segundo, por isso que eu comprei isso pra você- ele ficou atra do negocio e tirou o pano, mostrando a motocicleta azul marinho com branco, com o numero 7/2 - Terceiro, volte para o primeiro 

-HAYES- eu cheguei perto daquela moto impressionada - Mas por que 7/2?

-Porque eu sei que seu numero preferido é 7, mas minha moto já é a numero sete, então a sua é 7/2. Agora que eu estou pensando... O numero da minha moto é 7, seu numero preferido é sete... por que?

-HAYES EU AMEI - eu mudei de assunto, não queria falar que o motivo do meu numero preferido ser sete por causa da moto e do numero da sua camisa no time de football

-Que bom, mas não acabou, vem aqui- ele chegou perto de mim - Sei que não faz tanto tempo que nós conhecemos, mas você me fez enxergar que a vida não é mostrar aos outros que eu sou foda, mas sim só pra mim. Você me fez enxergar o mundo com outros olhos, e que o amor existe. Sei que você não gosta de clichês, então decidi fazer uma coisa muito simples- eu olhei para trás e vi que todos estavam com cartazes- Não tire os olhos deles- ele vai pra trás e eu começo a ler 

"Eu amo o jeito que você sorrir e me faz sorrir"

Os cartazes são trocados 

"Quando estava perdido, você é foi a minha luz"

De novo

"Você é perfeita"

E de novo

"Eu amo tudo sobre você"

De novo 

"Vocês vão ter vários cavalos" 

A Sky dá um berrinho, pulando com o seu cartaz na mão

Os cartazes são trocados pela ultima vez

"Liza Cardoso, você quer..."

Sky vem até mim e me dá um bilhete, eu abro 

"Se vire"

Eu me viro e vejo Hayes com um terno e um cartaz 

"Ser minha princesa?"

Eu estava com o meu rosto cheio de lagrimas. Hayes larga o cartaz e se ajoelha na minha frente

-Liza Cardoso, você quer me fazer o idiota mais feliz do mundo e ser a princesa do meu conto de fadas?- ele tira a caixinha do bolso e abre, revelando um anel com uma pedra brilhante em cima 

-Só se tivermos vários cavalos...- eu sorrio e ele deixa uma lagrima cair de seu olho junto com o sorriso que cresceu em seu rosto

-CLARO - ele se levanta e me abraça, me rodando no ar, em seguida me beijando. Todos estavam gritando atrás de nós. Ele pega a minha mão, colocando o anel no meu dedo, ele me mostra sua mão direita, nela estava um anel, claro, no seu dedo anular. Eu o abraço mais uma vez, entrelaçando minhas pernas no seu quadriu 

-VOU SER MADRINHA- Bea cantarolou 

-COMO?- Harley, Bia, Duda e Yas gritaram, assim começando a discussão. Eu olho para a porta de casa e vejo Jake com a cara fechada, quando ele vê que estou o observando, nega com a cabeça e entra em casa.

-Vou trocar de roupa, espere aqui- Hayes me deu um selinho e foi para casa. Eu fiquei um tempo olhando para a porta, pensando em Jake

-Então... E esse tempo que não firma?- Tez apareceu do meu lado, eu não aguentei e caí na gargalhada, sendo acompanhada pelo mesmo 

POV's Xx

-E Ela aceitou ainda?...Essa vagabunda não está intendendo o perigo que ela está passando não?- eu falava no celular com xx- Eu avisei ela, irei para a casa de Bryan agora - eu desliguei e fui para fora de casa

(...)

-O que você quer? Eu te conheço? - Os olhos azuis daquele cara penetraram nos meus olhos

-Eu quero só conversar

-Eu não, tchau- ele ia fecha a porta, mas eu coloco meu pé

-Mas se for uma coisa que com certeza te interesse?- ele abriu a porta me dando passagem, mas mesmo assim bufando 

POV's Hayes

-Liza, vamos lá, acelerador, freio e olhos- eu apontei aos seus olhos 

-Tá, Acelerador, freio... e o que mesmo?- ela falou abafado com aquele capacete

-Olhos na estrada- eu ri- É claro que você não vai fazer saltos agora, mas com o tempo tentamos, chega pra frente- eu me sento atras dela, chegando pra frente até alcançar os guiões e os pedais- Coloca a mão em baixo da minha- assim ela faz

A gente começa a andar de vagar pela estradinha

-Tenta você agora- eu solto as mãos dela e seguro na sua cintura 

-Isso é suicídio, você sabe né!? -Ela me olha desesperada 

-Eu tenho noção do que eu faço- eu dou de ombros 

-VOCÊ ESTÁ QUENDO ME MATAR E SE MATAR, ISSO É TER NOÇÃO? CARACA, ENTÃO EU TENHO MUITA NOÇÃO- ela se desespera muito, arregalando aqueles olhos cor de mel

-Cala a boca e vai porra

-Sem violência senhor- ela com voz de secretária, ela se vira e faz os mesmos movimentos que eu fiz com a moto, ela anda devagar pela estrada 

-Acelera um pouco- eu falo e ela faz, assim dando a volta um pouco mais rápido. Ela para e tira o capacete, bagunçando os cabelos, o que fez ele ficar mais lindo

-É igual a andar de bicicleta - ela sorri 

-Eu falei que era fácil- eu amaço suas bochechas com uma mão, fazendo ela ficar com um biquinho, dou um selinho nela e saio da moto- Vai sozinha agora 

-Ok- ela enrola o cabelo e coloca no topo da cabeça, colocando o capacete em seguida. Ela acelera a moto e da uma volta de vagar, ela começa a acelerar e dando a volta mais rápido do que a gente deu. Ela para a moto de repente, me dando um susto- EU CONSEGUI- ela fala assim que tira o capacete 

-LIZA, seu celular está tocando- minha mãe grita da porta de casa 

-Estou indo- ela apoia a moto no chão e vai em direção á casa

-LIZA- eu grito e a mesma vira- Essa calça de proteção deixou sua bunda maior ainda- ela revira os olhos e cora, ela joga o capacete em mim enquanto eu gargalhava

POV's Liza

Eu vou em direção á Elizabeth, na hora Madison cruza meu caminho

-Tá amarrado e repreendido meu deus do céu- eu faço o sinal da cruz e Madison bufa seguindo seu caminho. Vejo que Elizabeth ri do momento

-Obrigada Elizabeth- eu pego o celular da mão dela e a mesma sorri, indo para dentro 

Ligação on'

-FELIZ NATAL MEU AMOR- a minha mãe berrou

-Oi mãe, por que não me liga por FaceTime?- eu pergunto rindo, porque eu imagino que minha mãe, meu pai e minha irmã estão em cima do celular

-Ah, tem isso né!? Espera- ela desliga o celular

Ligação off'

Em 5 segundos minha mãe me chama no FaceTime 

FaceTime on'

-Oi gente - eu sorrio em ver toda a minha família não só meus pais e minha irmã

-Cadê a Karina?- minha tia pergunta

-Vou chamar ela agora- eu corri pra dentro de casa

FaceTime off'

-KARINA COMPAREÇA AO JARDIM - eu faço voz de mulher do tradutor, a mesma vem correndo 

FaceTime on'

-Gente, que saudade- a Ka aparece na camera 

-Também estamos morrendo de saudade de vocês duas - minha avó fala - A casa não é a mesma coisa sem vocês 

-Isso é meio que obvio né gente?! - eu jogo o cabelo

-Menos Liza, muito menos- Ka diz

-Quando vocês vão voltar?- Manu pergunta 

-Só ano que vem mesmo amor- eu falo sorrindo meio triste 

-Eu estou com muitas saudades - Manu faz uma cara que suponho que ela está prestes a chorar

-Não chora, eu te amo muito para ver você chorando, eu também estou com muitas saudades- não consigo controlar e deixo minhas lagrimas cairem 

Agora todos estávamos com lagrimas nos olhos 

-Temos novidades- Ka fala para ver se acaba com o clima

-Fala- meu pai diz 

-Se lembra que eu falei que por enquanto sou eu e a Bia estávamos namorando?- todos assentiram - Não somos mais as unicas- Ka pega a minha mão e mostra o anel no meu dedo 

-COMO ASSIM?! - meu pai arregala os olhos 

-Com quem é?- minha irmã pergunta

-Se lembra do Hayes ,Manu?- ela assente feliz 

-Espera, Hayes... não me é estranho... Não é aquele garoto famoso que eu disse que nem sabia que você existia ?- eu assenti e ela põe a mão na boca espantada -Desculpa minha filha

-Não tem problema mãe, a senhora não vê o futuro 

(...)

Ficamos quase meia hora conversando, quando Hayes aparece me procurando 

-Vocês querem conhecer o Hayes?- Hayes claramente só intendeu o seu nome e fez uma cara de quem perguntasse "Eu?"

-SIM- todos falaram iguais crianças

-Vem Hayes- eu dei espaço no banco para ele senta do meu lado, onde não estava a Ka - Pessoal, esse é o Hayes, ele fala inglês, não tentem falar em português com ele

-ELE É LINDO - minha avó gritou em português

-Ela disse que você é lindo- eu falei pra ele e o mesmo sorriu 

-Ei, então quer dizer que sou seu sogro?- meu pai pergunta

-Er-é acho que sim - o Hayes responde nervoso 

-Não fique nervoso rapaz, quero só te conhecer melhor, seu olho é azul? O meu é verde... HÁ, muitas garotas preferem verde- meu pai fala rápido

-Cala a boca amor- minha mãe fala - Quais suas intenções com a minha filha?

-Além de faze-la feliz?- Hayes sorri gentil, ai ai...(suspiro mental)

-JÁ PODE CASAR- minha tia grita de longe 

-Espero que tome cuidado com ela, Liza é nossa bonequinha de porcelana, um movimento muito brusco e ela quebra, e a cola tem que ser MUITO forte para colar seus pedacinhos. A cola pode parecer que colou, mas ainda pode se desmontar com facilidade 

-Pode ter certeza, eu daria a minha vida para ver sua filha sorrir 

-Você é um bom garoto Hayes, Liza fez uma bela escolha - minha mãe sorri- Agora Liza, passa para a mãe de Hayes. Amamos vocês

-Também amamos- eu e Ka falamos

FaceTime off' 

-Ka, leva para a Elizabeth por favor - ela assente e vai para dentro de casa. Eu me viro para o Hayes sorrindo 

-Eu te amo muito- eu o abraço 

-Eu te amo mais - ele segura meu rosto e me beija 

POV's Harley 

Eu subi para o meu quarto, tinha que me acalmar, sabia que meus pais não ligariam para me desejar um feliz natal, claro que não, eles não ligam pra mim, tanto que me deixaram com aquele monstro do Bryan. Me deitei e joguei o celular no meu lado, depois de um minuto ele toca, pego ele e olho no visor

"Sabrina (mãe)"

Minha mãe está me ligando por FaceTime? Estranho, mas eu atendo

FaceTime on'

-Oi Harley- minha mãe e meu pai estão de roupas de frio e em um lugar onde está nevando

-Oi- eu digo seca

-Feliz Natal- meus pais falam 

-Feliz Natal 

-Cadê seu irmão ?- meu pai pergunta 

-Eu viajei, ele não está comigo

-Ata, mas como está indo aí? - minha mãe pergunta

-É até que esta indo legal, vocês nunca mais li...- quando eu começo a me animar minha mãe me interrompe 

-Minha filha, temos que ir, vamos á uma festa da empresa, te amamos- ela desliga na minha cara 

FaceTime off'

Eles nunca ligaram e nunca vão ligar pra o que é relacionado á mim. Meu celular apita com uma mensagem do Bryan, só falta ele querer me desejar um feliz natal, eu mando ele enfiar o celular dele no cu 

Mensagem on'

Precisamos conversar XxBryan

Sobre o que exatamente? XxHarley

Sobre você ter virado puta XxBryan

Mensagem off'

O que?


Notas Finais


Trailer: https://m.youtube.com/watch?v=M2vSeC4ewaw

NÃO ESQUEÇAM!!!!!!!!!!!!!!!!:
\/
COMENTEM, FAVORITEM E É NOIX ✌🏻️

XxLuiza (Liza)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...