História My Teacher or My Daddy? || Imagine - Rap Monster - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Hot, Imaginebts, Namjoon, Rapmonster
Visualizações 401
Palavras 1.086
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ficção, Hentai, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeong! Espero que gostem desse imagine :3

Capítulo 1 - Cap 1 •


Fanfic / Fanfiction My Teacher or My Daddy? || Imagine - Rap Monster - Capítulo 1 - Cap 1 •

S/n é uma muito boa na escola, em quase todas as matérias tira notas boas mas tem uma que não entra em sua cabeça, que é matemática.

Sua mãe não se importava muito com isso até ver a nota no boletim de S/n. 

Estava em meu quarto pensando na vida até que minha mãe abre a porta como se estivesse prestes a me matar.

S/m: Filha eu vou ir na sua escola e vou falar com os professores para ver alguém que seja bom nessa maldita matéria para te dar aulas.

S/n: Mas mãe eu já disse que vou estudar.

Digo revirando os olhos 

S/m: Sim você vai estudar e  vai estudar com um professor particular, não quero que minha filha repita de ano.
Apenas assenti e respirei fundo.

Ninguém merece agora teria que ter aula com um professor particular além do professor da escola, mas que droga.


~ QUEBRA DE TEMPO


Eu já tinha voltado da escola a aula tinha sido normal, irá ser o primeiro dia de aula com o professor.

Aposto que vai ser um aluno  qualquer que é bom em matemática que só quer o dinheiro para comprar mais livro, ou seja um nerd cheio de espinha e bem feio.

Estava na sala esperando a pessoa maldita chegar, quando a campainha toca e vou atender desejando todos os maus possíveis para aquela pessoa que tirou minha paz.

Abro a porta e vejo umas das 7 maravilhas da escola, era um garoto da minha turma que quando passava com seus amigos as meninas ficavam loucas, o nome dele é Namjoon.


Nj: Então vou ter que dar aula aqui na rua ou posso entrar?

S/n: Sim claro entre, desculpa. Digo parecendo um pimentão de tão vermelha.

Nj: Sua mãe está em casa? 

S/n: Não ela trabalha o dia todo, mas por quê?

Nj: Eu acho melhor assim não teremos interrupções, onde fica seu quarto?

S/n: Achei que poderíamos estudar aqui na sala.

Nj: Fasso o meu trabalho melhor no quarto.
Aquelas palavras tinham me matado por dentro.


S/n: É..é no segundo andar.
Ótimo S/n tinha que gaguejar.
Ele da um sorriso de canto e vai subindo as escadas e eu vou logo atrás.

          ~QUEBRA DE TEMPO


Ele estava me explicando tudo e por incrível que pareça eu estava entendendo, mas tinha uma pequena coisa que me incomodava... Ele estava com a mão em minha coxa!!

Eu queria pensar que ele era lerdo demais para não perceber a mão ali.
Tento tirar a mão dele mas ele me olha com uma cara de "você não fez isso"

Nj: O que acha que está fazendo?

S/n: Tentando tirar sua mão da minha coxa.

Nj: Eu não permiti agora preste atenção.

S/n: Mas...i.isso aí para!
Ele começou a apertar a minha coxa com força deixando uma marca.

Nota mental: Não usar mais saias durante essas aulas.

Nj: Vai prestar atenção?

S/n: Você deixou minha perna marcada.
Digo isso e em um ato inesperado ele me da um tapa no mesmo lugar que antes apertava.
O olho meio chocada.

Nj: Não levante a voz para mim, não me importaria de dar belas palmadas nesse seu bumbum.


Eu fico o olhando surpresa e muito vermelha.
O resto da aula foi normal eu tinha entendido bastante coisa que achei que não iria entender. 

Normal tirando o fato de que o meu professor era uma grande dominador e um cara muito lindo.

Bem depois que a aula avia terminando eu pensei que ele aceitaria algo para beber já que falou a aula inteira, certo?


S/n: Quer algo para beber uma água talvez?

Nj: Não quero nada, pirralha.


Pirralha? PIRRALHA como ele ousa me chamar de PIRRALHA.

S/n: Olha só eu só perguntei se você queria algo para beber e não me chame de pirralha, temos quase a mesma idade você só deve ser um ou dois anos mais velho.

Nj: Eu não acredito que você fez isso, eu já tinha te avisado.
Eu fico pensando até perceber que tinha levantado a voz para ele... Droga.
Ele logo me puxa fazendo ficar debruçada em seu colo e me dá dois tapas

          S/n: Aí para com isso.

Nj: Eu já te avisei já que não ouviu você foi punida, eu não vou me segurar de fazer isso de novo, então seja  uma boa garota e aluna.

Nj: Não fale nada para sua mãe pois você não irá achar outro professor como eu que consegue colocar essa matéria na sua cabeça oca. Não estou certo?

Apenas assenti e me levantei meu bumbum estava doendo, odeio admitir mas eu tinha gostado (sim eu sou meio masoquista não posso negar) e realmente eu tinha aprendido bastante coisa.

Nj: Vai ficar aí parada alisando sua bunda ou vai abria a porta pra mim?

S/n: Sim, vamos.
      Levo ele até a porta.

Nj: Tchau, não se esqueça que quarta feira temos outra aula.

Ele entra em seu carro e vai embora.
Eu vou tomar um banho em quando saio vejo que minha mãe estava chegando e vou até ela.

S/n: Olá mãe, como foi o trabalho? 

S/m: Foi bom filha e como foi com seu novo professor.

S/n: Foi bom também aprendi bastante coisa, nos demos super bem.
Falo com um sorriso forçado.


S/m: Que bom filha, se você tirar uma nota boa eu vou é fazer um jantar e convidar ele.

Ótimo mãe isso convide aquele pervertido, lindo e maravilhoso que tenho vontade de atacar, pera aí S/n o que você está falando.

S/n: Eu acho que ele é muito ocupado com os estudos ou sei lá.

S/m: Mesmo assim, você fala sobre isso com ele.
Apena concordei e fui para o meu quarto dormir.


~ QUEBRA DE TEMPO


Acordo, fasso minha higiene pessoal, me visto e vou tomar café.

S/n: Bom dia mãe.

S/m: Bom dia filha hoje seu pai vai voltar de viagem.

S/n: Que legal. 

Meu pai viaja para muitos lugares a trabalho e em uma dessas viagens eu descobri que ele teve uma amante, guardo esse segredo até hoje, caso ele tente qualquer coisa contra mim eu posso revelar o segredo. Hehehe eu sou malvada.

Tomo meu café e vou para a escola chegando lá me deparo com uma cena que por algum motivo mecheu comigo.

Vi Namjoon beijando Shunie tinha uma amigas dela e uns amigos dele em volta.

Passei rápido por aquilo só não entendi o porque de ter ficado com ciumes, eu estava com ciumes do Namjoon? Mas ele é só um pervertido bonitão que meche com os sentimentos das garotas.

Sae: Você está bem? 

Saio dos meus pensamentos quando ouso Sae me chamar.


Notas Finais


~ Continua


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...