História My Three Retards - Capítulo 51


Escrita por: ~

Postado
Categorias Green Day, Guns N' Roses, Hayley Williams, Johnny Depp, My Chemical Romance
Personagens Axl Rose, Billie Joe Armstrong, Duff Mckagan, Frank Iero, Gerard Way, Hayley Williams, Izzy Stradlin, Johnny Depp, Matt Pelissier, Mike Dirnt, Mikey Way, Personagens Originais, Ray Toro, Slash, Steven Adler, Tré Cool
Tags Green Day, Guns N' Roses, Hayley Williams, Johnny Depp, Musical (songfic), My Chemical Romance
Exibições 19
Palavras 1.526
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiiieee genteee! Tudo bem? Espero que sim ^^

BOA LEITURA!

Capítulo 51 - Tudo o Que Sempre Sonhamos


Fanfic / Fanfiction My Three Retards - Capítulo 51 - Tudo o Que Sempre Sonhamos

*Alguns dias depois*

Hoje acordei sentindo uma solidão do caralho, tomei café, peguei meu notebook e fui até a casa (Mansão) do Gerard, pois é domingo e ele me disse ontem pelo skype que não ia ter nada pra fazer, cheguei no portão e apertei a campainha

-Pois não? – Uma voz feminina saiu pelo interfone

-Oi, eu sou Emma, uma amiga do Gerard, eu vim visitá-lo!

-Só um momento! – A mulher disse

Demorou uns cinco minutos até eu ouvir o barulho do portão abrindo, então entrei e fui pela calçada de pedra, tentei não pisar na grama porque tinha um jardineiro ali e eu sabia que ele ia ficar puto comigo se eu fizesse isso... Cheguei até a porta e bati nela, uma mulher, que na hora percebi ser a empregada, atendeu

-Oi, você deve ser a amiga do Gerard – Ela parecia simpática

-Sim, ele está? – Eu perguntei

-Claro! Entre, por favor! Vou chamá-lo – Eu obedeci e entrei

A mulher subiu umas escadas e eu fiquei ali de pé esperando, avistei uma pintura de uma paisagem na parede, achei bonita e a encarei por um tempo

-Pois não? – Levei um puta susto, olhei e era um homem de terno, aparentava ter uns 40 anos

-Ah oi, ah... Eu sou Emma, vim ver o Gerard, ah, prazer... – Fui cumprimentar

-Olá Emma, eu sou o pai do Gerard, prazer! – Ele sorriu ao me cumprimentar

-Desculpe entrar meio que de intrusa em sua casa... – Provavelmente, ele deve estar pensando “Quem deixou essa arruaceira entrar?”

-Que isso! Os amigos de Gerard são sempre bem-vindos, sinta-se a vontade, eu ficaria mais para conversar, mas estou com a agenda cheia, até mais Emma – Ele disse passando por mim

-Até mais... Pai do Gerard – Sorri, ele saiu

-RUIVA! – Gerard gritou bem perto do meu ouvido sem eu perceber e eu levei outro susto, mas dessa vez eu larguei um grito, ele ria

-Porra Gee! Vai se danar! – Eu disse me recuperando do susto

-Que isso Emma... Então conheceu meu pai? – Ele disse

-Pois é, mas ele estava apressado então não tive tempo de perguntar sobre o filhinho! – Disse irônica – Aposto que ta com tempo suficiente pra sair assustando os outros, mas e pra ver alguns filmes? – Ergui meu notebook

-Claro Emma! Vem comigo, só não repara na bagunça do meu quarto, ta bom? – Ele sorriu

-Tudo bem, aposto que não é maior do que a bagunça que eu consigo fazer numa casa em um dia apenas! – Eu disse, ele me encarou sorrindo

Quando chegamos em seu quarto, era uma bagunça total, mas não me surpreendi muito, pois além de já ter visto lugares bem piores, eu já estava acostumada... A cama estava desarrumada, tinha alguns cabos no chão, duas guitarras penduradas na parede e uma de pé no chão, uma TV ENORME, rádio, CDs, um monte de coisas misturadas

-Não sei bem o porquê disse para não reparar na bagunça sendo que, não tem como NÃO reparar – Ele disse meio vermelho

-Tudo bem Gerard, dependendo do meu humor, eu consigo fazer pior – Eu disse

-Bagunceira! – Ele disse irônico – Que filmes a gente vai ver? – Me sentei em sua cama, abri o notebook e o liguei, fui em uma pasta

-Eu tenho filmes e algumas séries completas, eu tenho tempo suficiente pra baixar tudo isso em pouco tempo – Eu disse, ele se sentou do meu lado e ficou olhando os filmes e séries

-Vamos ver todos os “Pânico na Floresta”? – Ele disse apontando pro filme

-Claro! Ainda não vi esse, mas é de terror então já adoro! – Disse animada

-Eu vou buscar pipoca e refrigerante, já volto! – Ele saiu do quarto

Depois que Gerard voltou, nos deitamos um do lado do outro em sua cama e ficamos assistindo, a única luz que tinha no quarto era do notebook, então ficava mais emocionante, ao menos pra mim!

[...]

O último filme do “Pânico na Floresta” tinha acabado, eu fui no banheiro e percebi que já era de noite, a gente tinha ficado o dia todo assistindo filme! Voltei pro quarto e Gerard foi ao banheiro, então eu ouvi um barulho vindo do notebook, era o Billie me chamando no Skype

-Oi meu amor! – Eu disse animada

-Oi linda... Estava com saudade de ver seu rosto, de te ver... Tudo bem por aí? – Ele disse

-Bem, to morrendo de saudade, fora isso, tudo bem! E como vão as coisas por aí? Eu nem sei onde você está! – Eu ri, ele riu junto

-Aqui no Japão está tudo bem, quero dizer, só as comidas são um pouco estranhas, mas não são ruins... Hei, eu não conheço essa parte da minha casa – Ele disse, eu olhei pra trás e mostrava as duas guitarras do Gerard na parede

-É porque eu não to em casa agora, eu estava me sentindo um pouco sozinha e então vim ver um amigo, duvido você adivinhar quem é! – Eu disse, ele ficou pensativo

-Não faço a menor ideia! – Ele disse já desistindo de cara – Quem é seu amigo?

-Hei Emma, minha mãe fez um bolo de chocolate, você quer? – Gerard apareceu do nada na porta

-Porra, para de me assustar – Eu disse, sim, eu me assustei de novo com a chegada de alguém!

-Desculpe – Ele riu

-Vem aqui, olha quem está falando comigo no Skype – Eu disse rindo

Gerard se sentou ao meu lado, Billie parecia mais surpreso que qualquer coisa no mundo

-Ah, oi Billie, tudo bem? – Disse Gerard

-O- Oi... Isso é meio estranho... – Percebi que Billie estava de novo sem saber o que dizer

-Não se preocupe Billie, sua garota está segura e, sem ressentimentos das nossas brigas... Isso passou, não vale a pena ficar relembrando! – Gerard estava super calmo

-Bom saber que ela está segura! – Billie sorriu sem mostrar os dentes

-Eu vou descer e deixar vocês falarem a sós – Gerard se levantou, mas antes que saísse do quarto – Você quer bolo Emma?

-Claro Gee! – Eu disse sorrindo, então ele saiu do quarto – Tudo bem mesmo eu estar na casa dele Billie? – Se eu bem conheço o Billie, ele deve estar com ciúmes agora

-Sim Emma! Eu e os retardados estamos longe de você e, você está se sentindo sozinha, não tem problema algum, desde que ele não te machuque. Sabe? Eu me preocupo com você – Ele disse coçando a cabeça

-Não se preocupe Billie, se ele fosse me machucar, já teria feito isso á muito tempo!

-Bem, se você confia nele, então ok! – Ele forçou um sorriso – Desculpe por não ter parado em casa desde o American Idiot, eu queria ter ficado mais tempo com você... – Ele estava desanimado

- Tenha calma Billie, vai dar tudo certo, ta bem? Essa turnê logo termina e você volta pra casa pra a gente ficar junto, você vai ver, o tempo vai voar e você nem vai ver – Eu disse

-Você tem razão! - Ele sorriu, então alguém falou com ele, não consegui ouvir, ele só balançou a cabeça positivamente, então suspirou e me olhou – E- Eu vou ter que sair, não sei quando vou poder entrar aqui e falar com você de novo!

-Tudo bem, sempre que puder, pode chamar, to sempre livre mesmo (...) Boa sorte com a turnê, sorria Billie, ânimo, você está fazendo aquilo que sempre quis! – Ele me encarou, eu sorri um pouco – Eu te amo retardado!

-Obrigado por falar comigo Emma. Eu também te amo pequena, te amo muito! – Ele disse forçando um sorriso – Até logo

-Até logo amor! – Ele saiu do Skype, eu desliguei o notebook

-Espero que goste desse bolo, minha mãe fez especialmente pra você! – Gerard entrou no quarto com dois pratos pequenos com bolo

-Sério? Sua mãe me conhece por acaso Gee? – Eu ri

-Não muito, eu raramente trago garotas aqui então ela deve estar só comemorando o milagre! – Ele disse e sorriu, eu peguei um dos pratos e provei o bolo

-Pode dizer pra sua mãe que o bolo dela ta aprovado! – Eu disse comendo mais daquela coisa deliciosa

POV’S Billie On

-Onde você estava cara? – Disse Mike, acho que me atrasei um pouco

-Estava falando com Emma pelo Skype – Eu disse pegando a Blue

-E como ta a nossa retardada? – Tré falou me abraçando de lado

-Ela ta bem, está na casa do Gerard Way – Os dois arregalaram os olhos

-Na casa do Way? O que ela ta fazendo lá? – Disse Mike. Acho que eu não contei pra eles sobre o Gerard, e pelo visto, nem ela...

-Eles são amigos, Gerard não é mais o mesmo filho da puta de anos atrás, esse é o resumo da história, agora, se apressem, pois eu me atrasei e não podemos nos atrasar mais pro show! – Eu disse

-Okay, mas depois você vai explicar essa história bem explicada pra gente! – Disse Tré

Eu ainda estava desanimado, estava me sentindo um idiota por não estar lá com Emma, porra, eu sou o namorado dela, deveria estar ao lado dela... Mas falar só o pouco que falei com ela hoje já me deixou mais feliz, então só vou tentar me animar como ela disse, afinal, isso é tudo o que sempre sonhamos, ou melhor, tudo o que nunca conseguimos sonhar, não?

POV’S Billie Off


Notas Finais


Eu decidi atualizar mais cedo rsrsrs, a criatividade ta de boas por enquanto...

Vocês assistiram "The Ride"? Se não, eu só queria dizer que pouparam seus corações da vergonha alheia do final, pois eles escreveram "Billy" na tradução... (EM PLENO 2016 AINDA ESCREVEM BILLY)

Enfim... Obrigado por terem lido até aqui. Críticas, sugestões e opiniões serão sempre bem-vindas!
Bjss e até o próximo capítulo <3333


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...