História My Trafficker Father - Capítulo 29


Escrita por: ~ e ~fabulousmoon

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Comedia, Drama, Família
Visualizações 468
Palavras 1.143
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Mistério, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


SAUDADES ?? SIIINTOOOO MUIITÃOO MESMO, DESCULPA NÃO POSTAR MAIS BLOQUEIO DE CRIATIVIDADE, que vergonha, MIL DESCULPAS, PROMETO NÃO DEMORAR TODO ESSE TEMPO! ❤
ESPERO QUE ENTENDAM !!! 😁❤😘

BOA LEITURA !!! 😂❤🍃

Capítulo 29 - Mansão Spielberg.


Fanfic / Fanfiction My Trafficker Father - Capítulo 29 - Mansão Spielberg.

Quarta-feira, 14/02 às 8:00AM…

~Mackenzie Bieber P.O.V~

Estávamos na sala de aula assistindo filme, a professora tinha acabado de sair, pra conversar com outra professora sobre as atividades. 

— Olha gente a mãe da Mackenzie… - gritou Hillary apontando pra moça que atuava no filme. — Ah não, me esqueci, ela não tem ! - ela diz maldosa.

Olho em volta e vejo todos me olhando, uns estavam rindo, outros me olhavam com pena. Começo a ver tudo embaçado.

— Ah, vai chorar ? Que peninha. - Hillary caçoa. Fecho os olhos tentando não derramar uma lágrima. Mas era impossível. — Como não ter mãe ? Ser sozinha no mundo, sem uma mãe do seu lado deve seu horrível. Hã, ainda bem que a minha não me abandonou, como a sua. - ela ri sarcástica.

Me levanto e saio correndo da sala de aula, olho pros lados e vejo a professora na porta de uma das salas conversando, ela me chama porém ignoro e corro o mais rápido que posso pro jardim isolado, atrás da escola.

Chego ao jardim e me sento no banco que ali tinha. Começo a chorar, coloco à mão no rosto.

Por que ela fez isso ? Será que ela me odeia tanto assim ? O que eu fiz pra ela me abandonar ?

Eu só queria uma mãe, assim a Hillary nunca falaria uma coisa daquelas. Afinal, por que ela fez aquilo ? Eu nunca fiz nada de mal pra ela !

Enxugo minhas lágrimas quando ouço passos. Olho pra entrada do jardim e vejo uma mulher loira.

— Q-Quem é você ? - falo gaguejando.

— Sou professora do 5° ano ! - ela diz sorrindo fraco. — Todos estão te procurando, sabia ? - ela disse dando um passo pra frente.

— Não. - eu disse abaixando a cabeça.

— Huum.. me chamo Hailey. - ela se apresenta. A olho e noto que ela já estava parada em minha frente.

— Mack. - digo baixinho.

— Bom, muito prazer Mack. - ela diz sorrindo. — Por que correu daquele jeito ? - ela me pergunta, enquanto se sentava ao meu lado.

— Hum… eu seria muita indelicada se dissesse, que eu não quero tocar nesse assunto ? - eu pergunto a olhando. Ela sorri sem graça.

— Não, tudo bem ! - ela disse rindo. — Que tal voltarmos ? - ela me propõe. Assenti com a cabeça me levantando.

~Melanie Cooper P.O.V~

Engraçado como o tempo passa rápido, a nove anos atrás, eu era uma menina de quinze anos que estava grávida e era ameaçada pelo sogro pra abortar a criança.

~Flashback ON~

— ESSA CRIANÇA SÓ IRÁ ATRAPALHAR A VIDA DO JUSTIN ! - Jeremy gritava totalmente furioso.

— EU. NÃO. VOU. ABORTAR. ESSA. CRIANÇA ! - eu disse pausadamente. — Qual dessas palavras não entraram na sua cabeça ? - o pergunto sarcasticamente.

— GAROTA NÃO ME DESAFIE ! - ele gritou batendo na mesa de vidro que tinha na sala se visitas. — VOCÊ VAI ABORTAR SIM, E SABE POR QUE ? PORQUE JUSTIN NUNCA VAI ACEITAR ESSA CRIANÇA, VOCÊ E EU SABEMOS DISSO, ELE É IGUAL A MIM, PODER A CIMA DE TUDO ! - ele cuspiu as palavras na minha cara. Senti meus olhos marejados.

— NÃO, ELE NÃO É IGUAL A VOCÊ, ELE NÃO É UM MONSTRO ! - eu disse alterada, então caio ajoelhada no chão. — Meu Jay não é assim… ele tem um coração bom, sei que tem ! Sei também, que ele irá aceitar essa criança. - eu disse convicta. Jeremy começa a rir.

— Você é uma burra mesmo, pensa que Justin te ama, não é mesmo ? - Jeremy me pergunta enquanto mexia em seu celular. — Ok, então me fale sobre essa foto. - Jeremy me entrega o celular, olho atentamente pra foto que estava na tela.

Não é possível. Ele não faria isso comigo.

— Eu te odeio. - eu disse sussurrando.

— O que disse garota ? - ele me pergunta, debochando de minha pessoa.

— EU TE ODEIO !! - grito enfurecida.

— Hã, que engraçado tenho os mesmos sentimentos por você. - ele diz sorrindo sarcástico, mas logo fecha o sorriso e me olha mortalmente. — Agora me escuta vadia. Ou você fica e aborta ou vai embora pra bem longe com esse verme que tem dentro de você ! - ele disse friamente. Engulo em seco, me levanto colocando a mão sobre a barriga.

— Eu vou embora ! - eu disse com o tom de voz trêmulo. — Mas um dia… está me ouvindo Jeremy Bieber ? Um dia, eu vou voltar e fazer sua vida um inferno ! - digo o ameaçando. Saio da casa dos Bieber sem rumo. Afinal pra onde eu iria ?

~Flashback OFF~

Jeremy Bieber que me aguarde, ele pensa que se livrou de mim. Mas o que mais o incomoda é a minha presença. E eu vou fazer de tudo, pra ser parte da família Bieber novamente.

Olho pra foto em minhas mãos e encaro a linda bebê que está nela. Eu tirei quando a Mackenzie tinha acabado de abrir os olhos.

Passo o dedo indicador na foto. Sinto tanta falta dela em meus braços. Enxugo as lágrimas que teimavam em cair e olho pro relógio, que tinha na parede velha do meu pequeno quarto de hotel.

Marcavam oito e quarenta cinco. Me levanto da cama, enquanto guardava a foto no bolso da minha jaqueta de couro preta.

Hoje eu iria roubar a casa daquele arrombado. Affs, Bieber só me mete em mancadas.

~Justin Bieber P.O.V~

Descia as escadas da minha mansão, com minha mãe logo atrás de mim.

— Vou ao mercado ! Vou comprar os ingredientes pra fazer sua comida preferida ! - ela disse sorrindo. Apenas balanço a cabeça.

— Tome cuidado, Nathan está de olho em todos da família Bieber ! - a aviso. Ela assentiu com a cabeça. — Leve dois dos meus seguranças !

— Ok filho. - ela diz revirando os olhos. Vejo ela passar pela porta. Ando em direção ao meu escritório.

Algumas horas depois...

10:50AM.

— Melanie você vai entrar por aqui…- digo indicando no mapa, que tinha em cima da minha mesa. — E vai... - sou interrompido por duas batidinhas na porta. — Entra. - permito a entrada da pessoa. Logo a porta é aberta e Kenny entra com uma cara nada boa.

— O que foi ? - o pergunto com a testa franzida.

— É a sua mãe ! - ele diz rapidamente. Logo ele faz sinal pra alguém entrar, vejo dois seguranças, entrando no meu escritório, enquanto carregavam duas caixas de presentes. Os olho com uma sombrancelha erguida.

— Que porra é essa ? Você já verificou Kenny ? - pergunto olhando pra caixa com um ponto de interrogação.

Continua…


Notas Finais


Tchau até o próximo capítulo Hehe ❤😅


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...