História My Trouble - Imagine Park Jimin - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), TWICE
Personagens Chaeyoung, Jihyo, Jimin, Nayeon, Personagens Originais, Tzuyu
Tags Amor Entre Irmãos, Bts, Hentai, Incesto, Jimin Oppa, Park Jimin, Sexo
Visualizações 40
Palavras 1.556
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Postei e sai correndo :')
Eu não consigo esperar uma semana pra postar os capítulos aaaahhhh 😂

Não me odeiem por não conseguir atingir as expectativas de vocês :'3 por isso aceito nos comentários suas sugestões haha' ♡

Boa leitura, enfim... perdoa meus erros, se houver, pois revisei só uma vez.

Bjs 😘

Capítulo 3 - Você é uma pirralha!


Fanfic / Fanfiction My Trouble - Imagine Park Jimin - Capítulo 3 - Você é uma pirralha!

- JIMIN, VOCÊ VAI ACABAR MATANDO ELE! - Gritei de novo e ele parou de soca-lo por um instante mas sem olhar pra mim.

- Ele te agarrou Jyune - Respondeu e meteu mais um soco no garoto bêbado. Tae e Hoseok que eram amigos de Jimin vieram para ajudar e tiraram ele de cima do rapaz.

- Jimin! Sai de cima do Kook agora! – Jin gritou vindo do além puxando meu oppa.

- Cara para de me bater, o que eu fiz de errado? Essa gatinha é tua namorada por acaso? - Jungkook questiona meio tonto ainda.

- Eu vou matar esse cara! - Jimin ia indo pra cima do garoto de novo. Parecia que ele ia fumaçar de raiva.

- Jimin vem comigo agora! - Gritei e sai o puxando pela mão que sangrava um pouco por causa dos socos. Levei ele para um corredor mais afastado da festa - Inbecil, o que você tinha na cabeça?!

- Você Jyune, não suportei ver aquele idiota te agarrando...

- Jiminie! Você tem que se controlar. Eu sei que você é meu irmão mais velho, só que esse ataque foi exagerado demais. Você parecia um namorado louco! - O interrompo.

- É você que me deixa louco sua pirralha, quem mandou botar essas roupas minúsculas e deixar as pessoas te desejando a toa? - Ao falar sobre minha vestimenta, me olhava da cabeça aos pés apontando pro meu corpo com o dedo. Ele mantinha uma expressão séria.

- Você me chamou de pirralha? - Cruzei os braços o desafiando a dizer novamente.

- Sim, você é uma pirralha! Não tem noção do que faz! - Sua cara passou a ser divertida.

- Vou te mostrar a pirralha que eu sou... - Levei as mãos pra tras da cabeça dele puxando os cabelos da sua nuca afim de aproxima-lo da minha boca, comecei a beija-lo com vontade e ele retribuiu facilmente. Sua mãos direita foi descendo pela minha cintura até chegar na minha bunda e apertá-la com força, eu acabei fazendo o mesmo na dele, afinal eu não aguentava mais só olhar aquela bunda maravilhosa do meu irmãozinho. Ficamos ali por mais alguns minutos, até eu perceber a loucura que estávamos fazendo. Incrível. Uns meses atrás eu o odiava mais que tudo.

- Jimin-ah, para... - eu estava sem fôlego, então levei um tempo pra continuar a falar - Isso é errado.

- Não é errado se nós dois queremos. - Jimin mantinha sua testa na minha sem abrir os olhos, eu apenas admirava a beleza de seus olhinhos fechados.

- Nós somos irmãos... - me senti muito SAD naquela hora. Que merda. Eu só lembro das coisas na hora errada!

- Isso é só um detalhe - durante ter falado ele abria lentamente os olhos penetrando-os nos meus. Seu olhar era intenso demais, não suporto olhar por muito tempo.

- Esse é o enorme detalhe, não acha?

- Ah Jyune! Por isso que te odeio. Você sempre lembra de coisas que não deveriam ser lembradas - afastou-se de mim já com a face séria de mais, me deixando constrangida.

- E tem como esquecer isso? Tem tantas meninas que você pode pegar... E você sente atração por mim oppa?

- Você quer que eu fique com outras garotas? -Abaixei a cabeça, é claro que não. Você é meu oppa.

- N...não - gaguejei por pensar nele com outra garota. Tipo aquela do colégio. Aigoo!!! Garota ridícula!

- Jyune-yah, eu sei que isso é errado mais já tem um tempo que eu desejo te ter - sua voz é calma, de alguma forma isso me deixou excitada. Mas que caralha! Mas se ele sentia isso por mim porque nunca demonstrou?

- E porque sempre me tratou mau?

- Não sei. Eu só estava tentando esconder a verdade eu acho.

- Park, isso é loucura, somos do mesmo sangue, a omma nos mataría se apenas sonhar nessa hipótese! - isso me deixa perplexa. Como ele é muito filha da puta, passou a manter um olhar malicioso sobre mim.

- Só se alguém contar para ela - morde os lábios.

- Acho melhor agente falar disso em casa - Só percebi que encarava sua boca enquanto ele mesmo mordia o próprio lábio quando voltei a olhar nos seus olhos. Sai puxando ele de volta para a festa deixando- o só com seus amigos. Me afastei e fui procurar minhas amigas. Ele não parava de me observar.

- Jyune-yah, o que foi aquilo? Jimin oppa é louco? Bater em Jungkook daquele jeito...

- É , mais louco do que você imagina. - Antes que Tzuyu também fique louca, interrompi.

- Ainda bem que eu não tenho um oppa ciumento desse jeito. Mas Jimin é lindo, vai, ele pode - falou rindo.

- Tá legal unnie - Reviro os olhos pra mesma e começo a rir.


Park Jimin.


Acabei de bater em um menino por causa da minha irmã! Tive uma pequena conversa com ela e dessa vez ela que me beijou, eu fiquei incrivelmente gamado no seu beijo, é tão quente e diferente de outros beijos, fico me perguntando onde ela aprendeu a beijar assim. Ah esse desejo já estava me deixando louco e já tinha algum tempo. Vê-la com roupas minúsculas... Parecia que ela fazia só para me irritar, por esse motivo sempre brigava com ela. Meu Deus. Quando eu beijo ela, esqueço de tudo, até o fato de sermos irmãos. 

- Hyung, já se acalmou? – Taehyung me acorda dos meus pensamentos.

- Um pouco - suspirei sorrindo, abaixando minha cabeça por lembrar da bunda da Jyune quando usei minha mão pra aperta- la com vontade.

- Que ciúmes heim? Mais também! Jyune é uma dongsaeng muito gata. - disse dando um sorriso de canto.

- Qual é Tae? Quer apanhar também?

- Hyung, Hyung. Se calma... Ja que somos amigo, eu preciso te contar uma coisa. - Ele fala sem olhar pra mim. Que merda ele quer? Imagino que brigou de novo com a mãe dele.

- Hum? Pode falar.

- Eu estou afim da Jyune. - Finalmente o idiota resolve olhar pra mim, nervoso ao esperar minha reação.

- O QUE?! - Meu sangue começou a ferver, mais do que quando eu vi o tal filho da puta Jeon Jungkook agarrar minha garota.

- Sei la cara, a ultima vez que eu a vi, ela era só uma pirralha enjoada, mais agora ta muito gata, e divertida, eu gosto do jeitinho dela. E já que você é meu amigo e ela é sua irmã achei que devia te contar e quem sabe... Você poderia me ajudar. - Sorriu meio sem graça. Eu não tive nenhuma reação à não ser olha-lo assustado. O que eu devia dizer? Eu não posso simplesmente dizer "Não Tae, ela é minha".

- É..é que... Eu n... Não quero me intrometer na vida dela. - Acabei por gaguejar. Que especie de idiota eu sou?

- Hum, beleza então. Acho que vou ter que conquistá-la por contra própria - Ele levanta ajeitando a gola da camisa com uma cara de "eu sou foda". MAS QUE CARALHO! - Mesmo assim valeu Jimin-Hyung, você não se importa né? - Bateu de leve no meu ombro. Juro que se ele não fosse meu melhor amigo eu pegava esse pulso próximo de mim derrubando ele no chão e socava a cara dele até sangrar um litro!

- Eu acho que não! - Respondi sem encará-lo, e franzindo os lábios.

Eu estava praticamente de forma literal fervendo por dentro, meu melhor amigo estava afim da minha irmã, e o pior é que eu também estava afim dela! Que errado! Mas eu não mando nos meus hormônios. Muito menos nos meus sentimentos! Tae interrompe novamente meus pensamentos.

- Acho que vou chamar ela pra dançar - QUE?

- NÃO!

- Ué! Porque não Jimin? - Ô otario! Tem um monte na festa e tu quer minha irmã?!

- É... Porque ela... ela tem que ir pra casa agora. - O que eu diria mais? Levantei querendo correr dali.

- Mas já? Porque?

- A... a omma ta precisando da gente! Tchau! - Sem esperar nada dele de volta saí dali atrás da Jyune. Não tinha mais desculpas para dar.

Fui procurar ela e quando achei, a vi conversando com uns três garotos. WTF?! Saí puxando ela pelo braço sem dizer nada - JIMIN! ME SOLTA! TÁ MALUCO?

- TÔ! Precisamos conversar agora!

- Depois agente conversa, me larga! - ela tentou se soltar de mim mas eu não permiti. Ela é forte.

- Não, tem que ser agora! - finalmente ela para de se puxar.

- Tá. Então fala! - Aqui não, o que eu quero não pode ser aqui.

- Quando agente chegar em casa eu falo - sua cara surpresa pelo fato de já irmos embora e ficar alguns minutos berrando que nem criança que não quer ir pra casa me da vontade de rir, mas me mantenho sério, eu queria mesmo ir embora e não ia deixar ela só.

Entramos no carro e começei a dirigir. Não falamos nada no caminho, eu só queria conversar em casa, tenho que evitar fazer qualquer coisa fora. Estava o maior tédio mas enfim chegamos. Omma e appa ja estavam dormindo.

- Vem, vamos pro meu quarto - subimos as escadas até o quarto, ao entrar ela senta na beira da minha cama, fecho a porta e sento ao seu lado em seguida - Jyune-yah, eu estou sentindo algo por você, eu gosto de você, e..e n...Não é um sentimento de irmão - olho nos seus olhos esperando sua resposta e a vejo arregalar os olhos pra mim.


Notas Finais


Mds 😂❤

Enquanto não sai o próximo cap, proponho "Acho, que os opostos se atraem". Comecei a ter participação no 4¤ cap ❤ amei escreve-lo com a @MaridaDoMinie , espero que gostem ~> https://spiritfanfics.com/historia/acho-que-os-opostos-se-atraem-10727236

==~==

Já leram minha outra fic? Serão bem vindos em "Unlike Everything" /^3^/
https://spiritfanfics.com/historia/unlike-everything-10637095


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...