História My troublemaker girl - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Visualizações 12
Palavras 2.090
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Pra recompensar a demora do cap 3 eu trouxe pra vocês o cap 4, espero que gostem.

Capítulo 4 - Festa: A reconciliação


Baekhyun bateu na porta do quarto de Sophia, ela não respondeu então ele bateu de novo, ouviu o barulho da tranca sendo desfeita e entendeu aquilo como a permissão de entrar e assim  o fez, entrou e trancou a porta, ficou de pé enquanto ela estava deitada de bruços chorando compulsivamente, se aproximou devagar e se sentou ao lado dela fazendo carinho nos cachos, num pedido mudo de apoio Sophia se arrastou para o colo dele, apoiando a cabeça ali.

-Eu vou pedir desculpas pra ele assim que meu rosto desinchar.

-Não precisa fazer isso, ele entende.

-Ele precisa saber que não tem culpa de nada.- Ela disse se levantando e abrindo o frigobar que tinha no quarto, pegou uma garrafa de água e bebeu.-Eu nunca contei essa história pra ninguém.

-Nós não vamos contar.- Baekhyun disse.

-Eu sei. Baekhyun, meu pai quer que eu abaixe minha cabeça, quer que eu seja uma pessoa que sinceramente, não existe.

-O que você quer dizer?-Ele disse olhando o quarto.- Eu achava meu quarto aqui grande mas o seu é gigantesco.-Ela deu uma risadinha.

-Você vai ver... –Ela disse se referindo a si mesma.-Vai ver o tamanho do meu banheiro.- Baekhyun se levantou afoito.

-Uau! Você tem até uma hidromassagem.

-Baekhyun, cabe duas pessoas ai dentro.-Ele se virou para encara-la.

-Como você sabe?- Ele disse erguendo uma sobrancelha.

-Eu testei, ue.- Disse dando de ombros.

-Ai eu não quero saber dessa parte da sua vida.- Ele disse fechando os olhos e balançando as mãos em negação, ele disse e ambos riram, ela não tinha feito nada naquela banheira, só pelo tamanho dela dava pra saber que cabia duas pessoas ali.- Mas brincadeira a parte... Você ta bem?

-To...-Ela disse num suspiro.- Chorar da fome.

-Quer que eu faça misto quente?-Ela sorriu.

-Com ovo de gema mole. Por favor.

Ele riu assentindo e saindo do quarto para fazer o misto quente, Sophia voltou a deitar na cama e ligou a televisão buscando algum filme, Baekhyun desceu as escadas e estranhou quando chegou na sala, Kai não estava ali, olhou na cozinha mas logo depois Kai desceu as escadas todo arrumado, Baekhyun e Chanyeol olharam estranho para ele.

-Pra onde você vai?- Baekhyun olhou pra ele.- Você precisa fazer o tal misto quente mas ela quer com ovo de gema mole e eu não faço a mínima ideia de como fazer isso.

-Eu vou sair com a Krystal.

-Mas você acabou de voltar de um jantar com ela!

-Baekhyun, eu namoro e posso vê-la quantas vezes quiser, sobre o misto quente: É fácil. Faz por partes, as  torradas mas nada muito duro, só esquenta bem o pão, derrete o queijo e deixa o presunto ficar na temperatura ambiente e frita um ovo mas da uma fritada leve na gema. Faz no pão francês que ela fez.-Ele disse dando tapinhas nas costas de Baekhyun.- To indo.

-Kai! A gente precisa de você!-Kai não deu ouvidos a Baekhyun e saiu batendo a porta.

-Fica tranquilo, eu sei fazer isso.- Chanyeol disse levantando e indo para a cozinha.

Ele começou a preparar o tal misto quente, fez o suco dela e arrumou tudo na bandeja, quando Baekhyun olhou que tinha apenas dois pratos e dois copos na bandeja ele colocou o prato e o copo de Chanyeol na bandeja e entregou a ele. Chanyeol olhou para aquela bandeja e pensou se deveria subir, Baekhyun lhe deu um sorriso que lhe encorajava mas ele achava que Sophia não queria vê-lo, por algum motivo sentia que não era o melhor para ela, com as mãos vacilantes pegou a bandeja e se pôs a ir em direção ao quarto de Sophia. Baekhyun abriu a porta pra ele, quando o olhar de Sophia encontrou com o dele a respiração de ambos ficaram pesadas, o peito de Chanyeol parecia arder em chamas.

-Oppa...- Ela sussurrou e ele fez uma força descomunal para parecer tranquilo.- Desculpa, eu não devia ter jogado toda essa bomba em cima de você.

-Eu que peço desculpas.-Ele disse pondo a bandeja na cama.- Eu...vou cuidar de você.

Ela apenas sorriu e decidiu por não brigar com Chanyeol, deixaria como estava, ela tinha que fazer ele ir embora, podia encarar o pai sozinha, enfrentar as consequências sozinha mas não queria que suas atitudes afetasse os meninos. Os três estavam deitados na gigantesca cama de Sophia, vendo filme e rindo das piadas do mesmo, naquele momento aqueles 3 estavam felizes mas não muito longe daquele bairro chique, daquela casa cara e isolada Kai estava sentado num banco de praça, calmo e reservado o suficiente para ele e Krystal terem um noite a sós e uma caminhada agradável. Krystal chegou a praça e com passos vagarosos foi até Kai, o coração do mesmo doeu, não porquê ele amava Krystal  desesperadamente mas sim porquê ele estava desesperado tentando salvar um relacionamento que parecia estar chegando ao seu fim, Kai amava Krystal, queria ter mais tempo pra ela mas tudo ao seu redor conspirava contra si, Krystal amava Kai mas queria ter um pouco mais do tempo dele mas isso parecia impossível, sabia que sua falta de paciência e de compreensão eram sinais claros de egoísmo mas essas ações estavam fundadas apenas por um único sentimento: O medo de perder Kai.

-Oppa.

-Você está linda.- Ele disse um tanto bobo.- Vamos.-Ele estendeu a mão para ela.

-Desculpe o atraso...-Ela disse pegando a mão dele e deixando a frase morrer pois não tinha uma boa desculpa para a sua demora.

Ele apenas sorriu para ela.

Eles tiveram uma conversa tranquila, uma noite tranquila, quase quieta, eles se entreolhavam e sentiam o coração doer de novo, eles tentavam mas o efeito esperado não acontecia.  Sophia, Chanyeol e Baekhyun estavam no terceiro misto quente e no segundo filme, Sophia tinha a cabeça de um sonolento Chanyeol em seu direito e um Baekhyun já adormecido em seu ombro esquerdo, abraçava Baekhyun e o mesmo abraçava sua cintura como se ela fosse um bichinho de pelúcia.

-Aish, não acredito que ele dormiu.- Chanyeol disse.- Vou ter que levar ele pro quarto dele.

-Não, deixa ele aqui. Ta tudo bem por mim, cansei de dormir assim com meus irmãos.- Ela disse arrumando Baekhyun em sua cama, depois que o primeiro filme acabou, todos eles decidiram tomar banho mas como estavam sem sono voltaram para o quarto dela para assistir mais um filme.

-Nós temos que levantar cedo, é nosso ultimo dia de gravação do álbum amanhã, devemos chegar de noite,- Ele disse se levantando.- faz ele acordar antes das 7 ok?

-Oppa.- Ela chamou.- Dorme aqui também, meus irmão são gêmeos lembra?

-Sophia...

-Eu não tenho medo, oppa. Estamos longe das câmeras, somos a ultima casa da vizinhança, nossos muros são os mais altos, estamos totalmente protegidos, desconhecidos.

Chanyeol não discutiu, entendeu que ela não queria nada com segundas intenções, só queria sentir que tinha os irmãos por perto mesmo que eles estivessem sendo representados por Chanyeol e por Baekhyun. Quando Kai chegou todos na casa já dormiam , ele subiu a escada com passos vacilantes e foi direto para seu quarto, mesmo a água quente do chuveiro não relaxava seu corpo, depois do banho ele simplesmente se jogou na cama e dormiu.Quando o sol se levantou na manhã seguinte Kai  já estava acordado e já tinha descido  para fazer o café, logo ele ouviu vozes alegres dos outros 3 moradores daquela casa.

-Bom dia, oppa.- Sophia disse dando o beijo no ombro dele, agora era assim o jeito dela de dar bom dia a ele, começou a preparar a refeição de Oinkinho ela parou o que fazia quando notou o olhar estranho de Kai.- O que houve?

-Vocês 3 desceram juntos...

-Nós dormimos juntos.- Ela respondeu simplória voltando a fazer a refeição de seu porquinho, o rosto de Kai ficou pálido devido a resposta dela.-Que foi?

-Vocês...-Ele disse devagar.

-Ue, Kai,  o que você acha que 3 pessoas podem fazer a noite? Juntas...-Baekhyun disse chutando Chanyeol por de baixo da mesa e esse entendeu o recado.

-A noite foi muita longa...-Chanyeol disse.- Como você não nos ouviu?

-Nós conseguimos ser discretos, pelo visto.- Sophia respondeu entendendo a brincadeira.-Oinkinho!-Ela chamou o porquinho para comer.

-O que vocês fizeram?- Kai disse boquiaberto e os 3 riram da barriga doer.

-Nós vimos filme, os meninos acabaram por dormir na minha cama.-Kai aparentou ficar melhor com a resposta dela, ficou mais calmo acreditando na resposta dela.- Os pratos que estão na pia foram do nosso lanchinho da noite.-Ela começou a ajudar ele a terminar o café e por a mesa.

Eles começaram a comer, riam contando a Kai sobre o filme, prometeram ver de novo o filme junto de Kai, até que o mesmo terminou de tomar seu café e tomou coragem de falar com Sophia.

-Sophia ya.

-Sim, oppa?

-Eu namoro a Krystal e estamos um pouco sem tempo de nos vermos e eu to aqui faz uns dias... Posso trazê-la aqui hoje?- Um soco teria doído menos em Sophia mas ela era boa em esconder sentimentos, então ela sorriu, mesmo que não estendesse o motivo por estar se sentindo daquele jeito.

-Claro oppa, mas hoje eu vou fazer uma reunião com uns amigos... Vocês podem usar o quarto do final do corredor.- Chanyeol e Baekhyun se engasgaram com seus sucos e Kai ficou vermelho.

-Quarto do final do corredor?-Kai perguntou.

-É, o nosso corredor não é dois quarto de cada lado e um no final que é a porta que você vê assim que termina as escadas?- Eles assentiram.- Vocês nunca entraram la?

-Estava trancado.- Baekhyun disse.- Quando viemos pra cá as portas abertas eram os dos nossos quartos.- Sophia se lembrou de  ter deixado só as portas dos quartos do meninos abertas aquela noite.

- Vem comigo.

Eles subiram as escadas devagar, seguindo Sophia, abriu a porta do quarto dela e foi até a mesa de cabeceira pegando a chave e indo para o tal quarto, quando chegaram em frente a porta o coração dos meninos acelerou e quando a porta se abriu os meninos ficaram um pouco decepcionados, para eles parecia apenas mais um quarto normal.

-É esse o quarto,- Sophia começou falando.- ele é romântico, você ajusta a intensidade da  luz ali perto da porta, ele tem uma varanda grande, que tem uma linda vista e vocês pode comer aqui.- Sophia disse indo até a varanda.- Ela fica fora da vista da rua por isso vocês podem... Fazer coisas aqui.-Sophia disse e Baekhyun riu da cara de vergonha de Kai.

-Por que você chamou esse quarto de quarto do final do corredor?

-Porque ele fica no final. Bem, oppa, você pode ficar tranquilo que nada sai desse quarto, você pode nos ouvir caso deixe a janela da varanda aberta mas caso feche não vai poder nos ouvir nem nós vamos poder te ouvir porque esse quarto tem isolamento acústico.- Ela se balançava sobre os próprios pés, caminhou até a cama puxando a gaveta.- Tem camisinha.- Ela puxou uma fileira com varias camisinhas.- Tem lubrificante, chicote...- Chanyeol fechou a gaveta e tirou ela dali.

-Eu tenho uma imagem muito inocente de você e vamos mantê-la assim!

Os meninos do Exo foram para a empresa e assim que eles foram embora os amigos de Sophia chegaram, começaram a limpar a casa entre risadas e planejando tudo, depois chegou o pessoal da iluminação da festa e Sophia agradeceu por seu quintal ser literalmente gigantesco, dava para dar uma festa tranquilamente, pensou se um dia sua casa havia sido um salão de festas. No fim daquela tarde a iluminação estava instalada, o pessoal do Buffet estava começando a chegar.

-Jun.- Sophia chamou.- Eu vou me arrumar e trancar o Oinkinho no quarto pra ele não se machucar.

-E o que eu tenho a ver com isso, Soph?- Heojun disse.

-O jantar do Kai vai chegar, deixa em cima da mesa que depois ele arruma, nada de beliscar tá?E Jun...Não deixa ele descobrir que vamos dar uma festa.

Heojun concordou e ela subiu as escadas com Oinikinho para poder se arrumar, enquanto ela fazia isso Kai chegou e agradeceu Heojun por ter recebido a comida dele, subiu com todas aquelas coisas e colocou em cima da mesa, ele se arrumou naquele tal quarto do final do corredor. Kai se perfumou, colocou aquela blusa branca social, aquele jeans azul escuro, arrumou a mesa, com os arranjos de flores, deixou o buquê de flores e os chocolates em cima da cama, se sentou na cama e esperou sem saber ao certo pelo o que esperava.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, um beijo, fiquem com Deus e até o próximo cap!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...