História My true love - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chen, D.O, Kai, Lu Han, Sehun, Xiumin
Tags Kaisoo
Exibições 28
Palavras 1.427
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Festa, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash
Avisos: Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oieeee, pessoal! Mil desculpas pela minha bff não ter postado esse capítulo ontem, aconteceu um imprevisto, mas tá tudo bem agora, hj mesmo ela vai postar. A gente espera muito que vcs gostem desse capítulo!

Capítulo 5 - Five


Acordei com o sol batendo na janela, lembrei da noite de ontem, do Jongin e não tive como não sorrir. O Jongin é uma pessoa maravilhosa, eu me sinto bem com ele mas ao mesmo tempo fico nervoso, mesmo assim tento ficar calmo. 

Era 8:00 da manhã e o café da manhã ia até às 10:30, eu tava com uma vontade enorme de ficar deitado, mandei mensagem pro Jongdae perguntando se eles já tinham acordado, o mesmo respondeu que sim e que já estavam tomando café, eu falei que ia ficar mais um pouco deitado. Quem é que vem pra um cruzeiro, um lugar que tem várias coisas pra fazer e fica deitado? Isso, eu mesmo, apesar que era ainda de manhã. 

Não tinha nada pra fazer, então fui mexer nas minhas redes sociais. Bateu uma curiosidade e fui ver se o Jongin tinha Facebook, pesquisei lá "Kim Jongin" e logo já apareceu ele. Entrei no perfil dele e nossa a foto do perfil tava muito fofa, ele tava fazendo um sinal de "v" o que deixou ele muito fofo, vi que ele era bem popular com as meninas, todas as fotos tinham comentários do tipo "que lindo" , "maravilhoso" , "meu" , tinha uns que eram "namora comigo" , ou "a gente tá namorando e você não sabe ainda." . O que dá na cabeça dessas meninas pra comentarem isso? 

Fiquei com ciúmes, não sei o porquê, a gente só é amigo. Fui me trocar pra ir comer porque já estava com fome. Cheguei lá e logo já vi o Xiumin e Jongdae comendo, mas gente... Eles ainda tão comendo? Eu falei com Jongdae já fazia uma hora, tudo bem que a comida daqui é ótima mas né. Cheguei perto da mesa e eles me olharam com um sorriso meio "malicioso" , não sei bem dizer. 

"Que sorrisos são esses? E por que vocês ainda tão comendo?"

"Bom dia pra você também, Kyungsoo." - Xiumin falou com o mesmo sorriso. 

"Bom dia."

"Primeiro, o Jongin passou aqui perguntando por você, a gente falou que você estava deitado ainda, aí ele deixou um papel pedindo pra gente entregar pra você. Segundo, a gente ainda tá comendo porque a comida daqui é maravilhosa, a gente já comeu três vezes." - Jongdae falou comendo um hambúrguer, no qual eu acho que já era o terceiro ou o quarto.

E Xiumin tava comendo outra pizza, como eles aguentam? 

De tudo o que eles falaram, eu prestei mais atenção na parte em que o Jongin deixou um papel pra eles, será que eles leram? Eu mato eles! 

"Vocês não leram o que tá escrito, né? Eu juro que mato vocês agora mesmo!" - falei com cara de bravo, o que já deixava os dois assustados. 

"Fica tranquilo que a gente não leu." - Xiumin falou tirando o papel no bolso. 

"Hum, acho bom."

"Agora lê logo!" - Jongdae falou, tá mais  apressado que eu. 

Mentira, eu tô mais, quero saber o que tá escrito. 

Peguei o papel correndo da mão de Xiumin e o abri, a letra do Jongin é muito linda. Tava escrito:

"Olá, Kyungsoo! Tudo bem? Dormiu bem? Eu espero que sim. Eu queria te falar que gostei bastante de você e que não paro de pensar um minuto sequer em você, sério. Eu poderia falar isso pessoalmente, mas iria ficar morrendo de vergonha, mais do que já tô de tá escrevendo isso."

Eu juro que quase morri quando li que ele pensa em mim toda hora, eu também penso nele o tempo todo. Jongin ainda falou que gostou bastante de mim, eu não sei se levo isso pro lado da amizade ou pro lado romântico, o que eu sei é que eu gostei dele mais do que amizade. 

"O que tá escrito, Kyungsoo?" - Xiumin perguntou ansioso. 

Entreguei o papel pra eles e logo eles já estavam lendo, depois que eles terminaram,  olharam pra mim com aquela cara de quem já tão shippando a gente. 

"O que vocês acharam? Eu não sei se ele quer gostar de mim como amigo  ou mais que isso, eu tô bem confuso, me ajudem."

Eu tava muito nervoso e confuso com tudo, não sei o que pensar, não quero me iludir, mas não consigo. 

"Olha Kyungsoo, pra mim ele quis dizer que gostou mais do que amigo, até porque ele falou que pensa em você toda hora. Você tá começando a gostar dele? Se sim, é melhor vocês se conhecerem melhor e verem no que vai dar tudo isso, se vocês vão ficar juntos." - Xiumin falou, era tudo o que precisava ouvir. 

"Eu acho que tô começando a gostar dele, eu conheci ele ontem e já tô assim, isso tudo é muito confuso."

"Não importa se vocês se conheceram ontem, como o Xiumin disse, vocês se conhecem melhor e depois veem como é que fica, se vocês se gostam tem que ficar juntos." - Jongdae tem razão, irei falar com o Jongin. 

"Obrigado meninos, eu vou falar com o Jongin sobre isso, torçam pela gente."

Decidi ir no mini shopping que tem lá, só ver as coisas mesmo, quem sabe comprar algo. Entrei numa loja que só tem bonés, eu gostava muito de usar boné, apesar de não usar sempre. Tava olhando quando sinto alguém tampar meus olhos, deve ser o Jongdae e o Xiumin, eles me pagam!

"Olha aqui, Jongdae e Xiumin, vocês podem tirar essas mãos dos meus olhos agora!"

"Hum, tem certeza que é o Jongdae e o Xiumin?"

Eu conheço essa voz, é a voz mais linda que eu já ouvi. 

"Jongin?" - falei ansioso pela resposta. 

"Uau, você acertou!" - falou rindo e tirando a mão. 

Ele tava lindo, vestia uma bermuda preta e uma camisa vermelha, uma roupa simples, mas que nele ficava maravilhosa. 

"Eu vi você aqui... E vim aqui... Digo, falar com você." - ele falou gaguejando, deve ser por causa do papel. 

"Vamos pra outro lugar? É melhor." - eu disse, não queria ter esse assunto no meio da loja. 

"Vamos pra minha cabine."

A cabine dele era igual a minha, uma cama de casal, guarda roupa, TV e o banheiro. Tinha a janela que dava uma vista bem legal pro mar, o que eu reparei é que ele não era muito organizado como eu. Decidi dizer logo o que tinha o que falar pra ele.

"Eu li o papel que você mandou me entregar, eu não sei o que você quis dizer quando disse que gostou bastante de mim, digo, não sei se foi só amizade ou algo mais, entende? - falei tudo isso meio cabisbaixo. 

"Eu entendo Kyungsoo, eu não sei o que aconteceu, ontem mesmo a gente se conheceu e hoje eu só penso em você, não sei se você sente o mesmo que eu, mas eu tento não pensar muito, só que é mais forte. Eu tô começando a gostar de você, não a ponto de amar, mas sim uma queda, sabe? Eu quero conhecer mais você, saber mais coisas sobre ti, e quero continuar mantendo contato depois que o cruzeiro acabar, não sei o que vai acontecer até lá, mas quero tentar." - ele disse tudo isso  com tanta confiança que eu tenho mais certeza ainda que ele é maravilhoso. 

"Eu sinto o mesmo Jongin, é estranho, né? Eu pensei mesmo em falar pra gente se conhecer melhor e etc. Tudo passou tão rápido, eu tô gostando disso... Tô gostando de você, e confesso que depois daqui a gente continue se vendo e talvez até tendo algo a mais." 

Eu tava tão nervoso que nem sei como consegui falar tudo isso.

Jongin ficou me olhando por um tempo, eu olhava pra ele também, poderia olhar pra sempre e nunca me cansar. 

Ele foi se aproximando mais de mim, até eu encostar na parede. Jongin colocou a mão na minha cintura e ficou olhando pra minha boca, eu desviei meu olhar pra boca dele, que eu tinha tanta vontade de saber como é beijá-la. 

Foi como se Jongin advinhasse meus pensamentos, foi em questão de segundos e nós já estávamos nos beijando, ele tava com as duas mãos na minha cintura e eu tava com os braços em volta do pescoço dele. Beijar ele é tão bom, ele pediu passagem e logo nós já estávamos nos beijando de língua. Às vezes o beijo era lento, às vezes era rápido, eu tava adorando. Ele deu uma mordida no meu lábio antes de nos separarmos por falta de ar. 

Continuamos com os rostos próximos, um sorrindo pra outro. Foi maravilhoso beijar ele, quero mais! 

"Eu gosto de você." - ele disse num sussurro. 

"Eu também."


Notas Finais


O que vocês acharam? Comentem, por favor. Vocês querem um especial de XiuChen? E vocês querem capítulos com o Jongin narrando? Por favor, nos digam.
Xoxo
~Gaby


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...