História My Valentine - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Gerard, Incesto, Lolita, Sadomasoquismo, Valentine
Visualizações 41
Palavras 1.477
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Harem, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi pessoal, enquanto eu arrumo todos os capítulos da "Entre nos existe uma Lolita" acabou surgindo esse pequena história, é meio um universo alternativo, prometo que não vai alterar em nada na outra história.

Beijos e aproveitem ❤️

Capítulo 1 - Primeiro dia de aula


Fanfic / Fanfiction My Valentine - Capítulo 1 - Primeiro dia de aula

Valentine p.o.v 

Abri os olho sentindo eles queimarem por causa do sol.

- puta que pariu, caralho hein...

Levantei indo até o banheiro, tirei meu pijama jogando ele no chão, entrei no box e a água gelada me despertou, quer dizer dispersou meu mau humor.

- NÃO! Quem acabou com a água que te nessa caralhaaaaaa.

- VALENTINE CUIDADO COM O QUE FALA SUA CRETINA. - gritou Luke de volta.

- Saco.- resmunguei.

Fechei o registro do chuveiro e peguei minha toalha, voltei para o quarto e comecei a separar minha roupa, peguei meu uniforme e coloquei em cima da cama, peguei minha bolsa carteiro e enchi de doces, comecei a me trocar.

Mad sounds do arctic monkeys começou a tocar, o toque pessoal da minha melhor amiga Barbie Fassbiender.

- bom dia Val- disse ela usando o FaceTime como espelho, ela passava corretivo nas olheiras dela.

- bom dia Bar. Pra que tanta produção 

- hoje é o primeiro dia no colegial! Você não está animada? Finalmente seremos chamadas para festas dos garotos populares e isso é insano.

- você não está se precipitando?

- aaaah Valzinha você é tão ingênua, os garotos do 3° ano vai abusar disso se não mudar logo, eles já olhavam pra gente quando Erich vinha pra cá imagina agora.

Revirei os olhos. - como quiser.

- Val pelo amor da deusa Nicky Minaj você pode por favor ir arrumada hoje? É pedir muito?

- não, vou ver se Sofia me ajuda.

- ok! - disse animada. - sua mãe é muito boa com isso, acho que vou aí me arrumar! Até já.

- ate...

A imagem sumiu, guardei o celular e terminei de me vestir, sai do quarto desci até a sala de jantar onde o café era servido. Ali vi meu pai Luke tomando café, meu pai é um modelo aposentado e hoje tem uma agência de modelos e outro negócio que não me recordo, hoje ele é casado com a minha mãedrasta Sofia Martinez modelo e eles têm um casal de gêmeos meus irmãozinhos, Melanie e Henry as crianças mais fofas do mundo.

- bom dia. - disse atraindo a atenção dele.

- bom dia. - disse ele olhando para o relógio. - acordou cedo.

- primeiro dia na escola nova... - disse sorrindo. - ansiosa.

- primeiro dia no 1° ano, tem que estar ansiosa esses vão ser os 3 melhores anos da sua vida.

- tem razão.

-  nada de garotos!

- pai!

- Lucas deixe a Valentine em paz. - disse Sofia entrando com os meus irmãozinhos. 

Ela era alta assim como eu, pele cor de café com leite, cabelos longos e ondulados, olhos esverdeados, ela usava roupa de ginástica.

Meus irmãozinhos tinham 6 anos, usavam o uniforme da pre escola, eram loiros de olhos azuis assim como meu pai.

- tome café querida ou vai se atrasar.- disse ela sentando os gêmeos e servindo salada de frutas para eles.

- hey mãe eu estava pensando você pode me ajudar a fazer cabelo e maquiagem? Queria causar uma boa impressão...

Ela sorriu. - mas é claro! 

A campainha tocou, Luke levantou e atendeu a porta, Barbie entrou como um furacão.

- bom dia família! 

 

 

 

 

 

Andávamos lado a lado, era estranho demais, sentia as pessoas me olharem graças a essa droga de uniforme.

- você está bem? - perguntou Barbie. Estava surpresa com o resultado da make que Sofia fez em mim e em Barbie.

- estou um pouco ansiosa...

- vai dar tudo certo, sabe meu tio estuda lá.

- eu ainda fico inconformada que você tem um tio dois anos mais velho que você.

- tio Erich é demais.

Sorri, realmente ele era demais, durante uma prova ele passou praticamente todas as respostas por SMS, fora que ele tinha amigos muito bonitos.

- chegamos. 

A escola era imensa e parecia uma igreja antiga, entramos ficando no pátio e os alunos eram bem mais velhos que nos, veteranos já se conheciam então ignoravam nos os calouros.

- Barbie! 

Viramos vendo Erich se aproximando, ele usava uma jaqueta do time de basquete por cima do uniforme, ele chegou abraçando ela.

- Erich que saudade.

- sim. - ele a soltou e me olhou. - uau Val, você está...

- parecendo uma palhaça?

- muito linda, quando foi que você mudou tanto?

- durante o verão, passar 3 meses na Itália me fez bem.

- realmente, nossa pirralhas ainda bem que chegaram venha vou te apresentar o pessoal.

- ok.

Erich passou o braço pelo pescoço dela e a puxou, eu andei do outro lado dele, fomos até um grupo de garotos todos usavam a mesma jaqueta.

- Gente, essa é minha sobrinha Barbie vocês já a conhecem e essa é a melhor amiga dela Valentine. Meninas esses são Dylan, Kevin e Fred ou Frederic como preferir. - disse Erich rindo.

- oi. - disseram em uníssono.

- oi. - respondi.

- Ge já está chegando. - disse Dylan olhando o visor do celular.

- quem é Ge? - perguntou Barbie. - eu o conheço?

- não ele foi transferido antes das férias, ele é legal, vocês vao gostar!

- ali ele! - disse Fred...

Virei olhando para a rua, um Porsche Cayenne estacionou, a porta abriu e vi um cabelo preto, usava a mesma jaqueta que os outros do grupo, ele virou, usava um óculos escuro, o uniforme lhe caia bem, pele branca tanto quanto a minha.

Senti minhas bochechas queimarem a cada passo que ele dava, o sinal tocou e eu corri...

 

 

 

 

- louca por que correu?- perguntou Barbie sentando a minha frente, peguei meus óculos de grau e coloquei.

- o sinal tocou. - disse como se fosse a coisa mais óbvia do mundo.

- você perdeu, o amigo de Erich o Gerard é muito gato, você precisa conhecer.

- não obrigada, fui proibida.- disse fazendo ela revirar os olhos.

- ele ficou te olhando correr sua doida, até perguntou se eu te conhecia. 

- e você? - perguntei curiosa.

Ela sorriu. - falei o seu nome e ele adorou. Hey eu estava pensando eu pegar o número do Frederic, achei ele muito lindo, aquele cabelo platinado é muito sexy.

- você é louca.

- você que é, saiu correndo porque achou o Ge gostoso. - disse virando pois o professor de sociologia chegou.

- eu não achei ele gostoso. - sussurrei de volta.

- não fode Val, você gostou dele é notório, mesmo por baixo de tanta maquiagem eu vi suas bochechas corarem.

Engoli em seco. - você é doida.

- Erich me disse que vão abrir vagas para líderes de torcida, eu estava pensando em fazer um teste.

- quando vai ser?

- essa semana. Você vai lá me dar apoio?

- claro Bar...

- ótimo. Se quiser posso descobrir sobre ele. É só pedir...

- acho que não será necessário...

- ok, mas se quiser...

A aula parecia se estender pelo resto da manhã, eu estava quase morrendo de tédio, o sinal tocou tirei meu óculos e caminhei até os armários, então guardei meu material, Barbie e eu tínhamos os mesmos horários, era perfeito não teria uma aula que eu ia ficar sozinha, a próxima aula era de educação física, fomos até os armários e guardamos nossos materiais, Barbie pegou seu uniforme e me puxou.

- Vaaaaaal olha ali.- olhei pra quadra e os meninos estavam treinando arremessos de basquete.

- o que tem?

- tá vende aquele super alto? 

- tô.

- aquele minha cara Valentine é Gerard Morrison.

- Morrison?

- sim, vocês tem o mesmo sobrenome.  Coincidência não?

Peguei meu uniforme e fui para o vestiário, graças a genética da família do meu pai eu era alta, 1,78 de altura e isso era algo ruim quando a altura média é de 1,60 a 1,70, por isso sou tão amanhã de Barbie, temos basicamente a mesma altura então não me sinto diferente, mas aqui nessa nova escola eu não era tão alta assim, estava na média.

Tirei a saia e a camisa colocando o shorts e a camiseta folgada, prendi o cabelo e tranquei meu armário, Barbie me olhou tristonha.

- não queria suar agora, essa maquiagem está tão perfeita.

- anda logo. - puxei ela. - vai ser bom, estamos enferrujadas.

- eu podia continuar enferrujada. - disse ela rindo.

Entramos na quadra, Barbie deu um tchauzinho para Erich e eu olhei de canto ele dar uma cotovelada em Gerard que me olhou, nossos olhos grudaram por um instante ou uma eternidade, eu fui a primeira a desviar o rosto.

Meu coração disparou, era como se eu já o conhecesse era estranho me sentir atraída assim por ele e sem ao menos saber quem é.

- droga. - sussurrei. 

- o que foi Val?

- Eu quero saber mais sobre ele...

Ela sorriu.  vou descobrir e te falo...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...