História My Vampire - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~camrenEshoot

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camila Cabello, Camren, Lauren Jauregui
Exibições 277
Palavras 1.401
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello babys
Relevem os erros e bom capítulo

Capítulo 3 - Cap 2


Lauren P.O.V

- O-Oi Camila - 

- sua boca está suja, parece sangue - Camila fala um pouco assustada, passo a mão na minha boca e vejo que está suja de sangue, só não mato a Dinah porque não dá agora, mas vou matar ela depois por não ter falado que minha boca está suja sangue.

- ah eu tinha tomado groselha antes de vir pra cá, deve ter sido isso - minto e Camila parece ter acreditando - err por que você está vestida assim? - pergunto ja que Camila estava com roupa de corrida.

- eu estava caminhando, acabei de chegar, falando nisso estou muito cansada, ahh que mau educada, entre por favor - Camila fala dando espaço pra mim entrar - fique a vontade - ela fala e eu assenti - quer um copo de água? - ela pergunta e eu nego com a cabeça - quer começar o trabalho agora? - 

- por mim sim - 

- okay, vou pegar as coisas - Camila fala e enquanto ela vai buscar o material eu voo até o banheiro e me olho no espelho, estava tudo okay, eu acho, vejo seus passos e em um segundo vou pro sofá, ela para e olha pros lados.- estranho, senti algo passando por aqui -

- deve ser só o vento, vamos começar? - ela assente e senta ao meu lado no sofá - bem eu começo lendo, okay? - 

- okay - Camila

Estava apenas na segunda página e quando olho pra Camila ela havia pegado no sono, ela era a coisa mais linda dormindo, me levanto e vejo que o quarto é na frente da sala, pego ela no colo e rapidamente ponho ela na cama, volto pro sofá e começo a ler, ja estava na quarta pagina e estava morrendo, tédio era a palavra que definia, decido usar minha velocidade e leio tudo em um minuto. 

- prontinho - falo pra mim mesma depois de ter terminado o trabalho, novo recorde, terminei em apenas 12 minutos, o sofá e a mesinha estavam com muitas coisas em cima, ou seja baguncei a sala da menina, vejo que ela estava se mexendo na cama, provavelmente acordando, então uso de novo minha super velocidade e junto tudo deixando a sala arrumada.

- Eu peguei no sono? - Camila pergunta enrolada numa coberta

- sim rsrs - 

- oh meu deus, me desculpe, eu estava muito cansada e devo ter apagado no sofá - Camila

- tudo bem - 

- pera, você ja fez o trabalho? - Camila

- Já e coloquei os nossos nomes - 

- Lauren - Camila

- sim? - 

- você é um anjo - Camila

- kkk eu sei - 

- já que você terminou nosso trabalho, nós podemos ver um filme, que tal? - Camila

- O-Ótima ideia - falo e ela apaga as luzes e senta ao meu lado - gosta de filme de terror? - 

- gostar não é bem a palavra, eu amo mesmo - 

- Tá, então escolhe aí - Camila fala esticando sua mão com o controle para me dar, eu pego e nossas mãos se tocam, nos olhamos e confesso que estava mais nervosa ainda, Camila era encantadora, eu sei que meus olhos são bonitos mas os olhos dela são perfeitos.- Sua mão é muito gelada -

- pois é - apenas falo isso e procuro um filme para nós assistirmos.Depois de alguns minutos escolho um filme de suspense e ponho pra rodar.

.....

Camila havia dormido de novo mas agora ela colocou sua cabeça em meu ombro e droga ela era muito, muito linda, eu ficaria horas olhando ela, aqueles cabelos, esses olhos, esse rosto angelical e essa boca que me deixa louca. Saio de meus pensamentos com alguém tocando a campainha, rapidamente Camila acorda e acende as luzes, ela vai até a porta e abre ela.

- hi Mama - Camila fala e dá espaço pra uma senhora passar cheia de sacolas e com uma garotinha atrás dela.

- me ajude filha - a senhora fala e eu vou correndo ajuda-la

- eu ajudo - falo e pego tudo, vou até a bancada e deixo as coisas ali.

- que garota forte, quem é essa Camila? - a senhora pergunta 

- uma amiga do colégio, o nome dela é Lauren - Camila

- olá Lauren, me chame de Sinu, sou mãe dessas duas pestes aqui - Sinu

- obrigada pela consideração - Camila

- de nada - Sinu

- ah e essa é minha irmã como minha mãe falou, o nome dela é Sofia - Camila 

- Olá Sofia - falo sorrindo pra ela

- olá - Sofia fala e vai até a bancada, ela pega a sacola que estava com o pão dentro e pega uma faca

- Sofia espere, eu faço pra você, deixa eu só me trocar - Sinu fala e vai até seu quarto, mas Sofia não espera, resultado: ela cortou o dedo com a faca.

- meu deus Sofia - Camila fala e vamos até ela, Camila tira a faca da mão dela e leva ela até a pia, colocando o dedo de Sofia embaixo da agua, depois disso ela pega um papel descartável e seca - está doendo? - ela pergunta e Sofia assente. Droga eu comecei a sentir o cheiro do sangue, okay eu sei me controlar mas se eu ficar sentindo esse cheiro não vai ser nada bom.

- Camila eu preciso ir - 

- Já? - Camila

- é, depois a gente se fala - falo e Sinu sai ja trocada do seu quarto - tchau - falo saindo rapidamente 

Camila P.O.V

- o que deu nela? - Minha mãe pergunta

- não sei, ela não deve gostar de sangue - 

- deve ser - Sinu fala quando eu termino de por o band-aid em Sofia

- aquela garota não é estranha - Sofia 

- não? -

- não, lembrei, eu sempre vejo ela aqui na rua - Sofia

- aqui na rua? -

- é, ela sempre está escondida atras dos arbustos, como se tivesse vigiando algo - Sofia

- talvez não seja ela, você pode estar confundindo -

- Eu sei que é ela Kaki - Sofia

Lauren P.O.V

- E aí? Como foi com a cubana?  - Dinah pergunta na hora que eu abro a porta

- Foi legal, tirando o fato de que sua mãe e sua irmã chegaram e que sua irmã se cortou - falo me sentando ao seu lado

- ah mas você já é macaca velha, já sabe se controlar perto dessas situações - Dinah

- se eu estiver alimentada e graças à Deus eu estava, mas não podemos esquecer o fato de que eu também amo sangue, então eu vim embora pra evitar alguma besteira - 


- fez certo Branquela - Dinah

- você sabe que seus apelidos não tem mais sentido, certo? -

- eu sei - Dinah

- eu sou branquela por causa que sou uma vampira - 

- não põem a culpa nisso, você ja era branquela antes - Dinah fala rindo 

- sem graça - 

- mas se você ver meus apelidos tem muito sentido, " vampira" por exemplo você é uma mesmo, "Jauregay" pra mim esse é o melhor - Dinah fala rindo de novo 

- para de ser idiota, por favor -

- não dá - Dinah

- onde estam as meninas? - 

- saíram pra caçar - Dinah

- Vero? - 

- esta dormindo - Dinah

- okay e a como é mesmo? Ahh Deusa kk ja jogou suas cantadas ruins pra ela? - 

- sim e não foram tão ruins ja que eu tenho um encontro de noite - Dinah fala se achando

- OLHA ELAAA - 

- idiota, mas é serio eu tenho um encontro e preciso da sua ajuda - Dinah

- okay eu vou te ajudar - 

- na verdade quem precisa de ajuda é você, mas como eu sou uma pessoa boa vou te ajudar de livre e espontânea vontade - Dinah

- kkk eu que preciso de ajuda? É Isso mesmo produção? - 

- claro, você fica toda travada perto dessa Camila - Dinah

- Verdade, assumo -

- e agora que você assumiu eu vou te ajudar, ela vai gostar de você - Dinah

- vai? -

- claro, vou deixar ela caidinha por você - Dinah



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...