História My Violation - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags My Violation, Obsessão, Park Jimin
Exibições 313
Palavras 2.640
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Genteee que sumiço foi esse não é? Eu estava sem inspiração nenhuma para voltar a escrever tive muitos problemas que mecheram muito comigo, e um deles foi relacionamento e vocês sabem como isso derruba os 4 pneus, queria pedir desculpas aos comentários que não respondi e obrigada pelo apoio de vocês por não desistirem, como prometido trouxe o trailer o link vai estar nas notas finais espero que gostem foi o primeiro trailer que fiz e tô mortaaa, esse capítulo está meio parada mais calma muita coisa ainda está por vir, boa leitura e kissus

Capítulo 7 - Volte para Mim


Fanfic / Fanfiction My Violation - Capítulo 7 - Volte para Mim

“Não volte, Volte... Me abrace, me solte...Me ame, me deixe...Se enrosque em mim, se desenrole se controle, pode, não pode...  Fique séria, tenha senso de humor, ignore a sua dor, sorria você está sendo FITADA, ande corra leia pare, Esta se matando agora? Calma respire, tenha pressa não pense não chore não ligue, seja fria... ele está olhando para você agora, seja natural, Force. Vá embora,agora volte.”

Eu estava em um sonho muito bom até... Mas uma música lá no fundo do sonho me fazia ficar em meio termo com o ele e com a realidade...
Por alguns segundos eu só estava de olhos fechados pensando, logo o sono me tomou novamente, mas a música continuava, eu olhava um sorriso lindo vindo de Longe, não queria deixá-lo, mas eu sabia que estava sonhando, tentei voltar a ver aquele sorriso, mas agora eu só vi o escuro dos meus olhos fechados e logo senti um fleche de luz em meus olhos...
Eu estava acordada, e não demorou muito para eu perceber que aquela música que atrapalhou meu sonho era o toque do meu celular, havia alguém me ligando...

-YAAAAAH- Gritei o mais alto que pude me levantando rápido e sentando na cama, joguei os cabelos para trás, quem poderia está me ligando essa hora? Nem mesmo o despertador que tem essa função ousou me acordar ainda... Ignorei a chamada, desistindo de pegar o telefone assim que o mesmo parou de tocar deitei de novo na cama suspirando.
Eu não havia dormido bem naquela noite, mesmo Depois de ter chorado Litros eu ainda estava com um peso enorme, certo arrependimento de ter feito algumas coisas na noite passada, e também Um ano atrás... Tarde demais para se arrepender, puxei meu cobertor e cobri minha cabeça, mas quando estava quase dormindo o telefone toca de novo. Peguei o com raiva pronta para, mandar tomar no C, qualquer um que fosse, mas parei assim que olhei o identificador de chamadas. Havia tanto tempo que o mesmo não me ligava que eu até tinha esquecido aquela foto, estávamos sorrindo de um jeito tão sincero e tão apaixonado, “Park Jimin” lembrei de trocar o nome de contato, mais porque não troquei essa foto? Ou melhor, porque eu só não exclui o contato... Havia 12 chamadas perdidas dele, e a primeira foi às três horas da manhã... Um sentimento estranho subiu, deveria me preocupar? Se ele continua me ligando é porque está vivo e está tudo bem... Então preferi não atender, eu realmente não queria nenhum contato com ele... Mas o meu dedo ainda vacilava tentando escorregar no botão atender, até que ele desligou. Suspirei Fundo, fechando os olhos

-PODE ME DIZER... O MOTIVO DA GRITARIA ESSA HORA DA MANHÃ?- Minha irmã entra no quarto do nada me tirando de meus pensamentos, voltei meus olhos para ela e fiquei em silêncio o que era estranho porque eu sempre respondia seus desaforos a altura

- Você está bem?- ele disse entrando

-Você vai fazer um episodio todos os dias quando eu acordar?- levantei da cama disfarçando e pegando meus utensílios higiênicos, não tive resposta vinda da Yori, todos os dias agora rla fazia alguma coisa para terminarmos em confusão, logo meu celular começa a tocar de novo, meu coração acelera quando Yori vai até ele... Droga se ela vê que é o Jimin, vai pirar...

-NÃO... - Grito para ela não pegar o telefone, ela encara a tela do celular sem interesse e logo me encara

-Melhor atender o Taehyung, Você sabe como ele fica chato quando é ignorado!- ela joga o telefone na cama, o taehyung?- Não acorde gritando novamente se não te interno- ela saiu...

Nunca fiquei tão feliz com uma chamada do Taehyung, atendi rapidamente

Chamada on:

-você acaba de salvar minha vida- falei me sentando na cadeira em frente ao espelho

-A ONDE VOCÊ ESTÁ?- Ele grita

-em casa me arrumando para ir para a escola- menti, eu tinha acabado de acordar

-SÃO 06h30min Você DEVERIA ESTAR AQUI JÁ... - ELE GRITA

-O QUE ACONTECEU?-

-Tem reunião dos monitores... E um babado forte- ele disse mas parou, ouvi a voz de mais alguém, era a Yuri, conseguia ouvir seus gritos para que ele botasse no viva voz...

-Que babado Tae conte agora!- me ajeitei imaginando altas situações que poderiam me envolver

-O Jimin... - meu coração parou por alguns segundos quando ouvi seu nome o que poderia ter acontecido

-DIGA!- odeio quando ele faz todo esse mistério

-Calma... o Jimin e o jungkook, apareceram com uns olhos roxos hoje, estamos achando que aconteceu alguma coisa entre eles...- assim que o Tae parou de falar, encarei minha cama lembrando que jungkook dormiu aqui ontem... QUE MERDA, quando foi que ele saiu... E por quê?

-Estou indo para ai!- Desliguei o telefone e corri para terminar o que eu tinha que fazer.

Meu uniforme apertado chamava atenção no aglomerado de alunos na frente da escola, o que estava acontecendo agora? Vi o taehyung de longe acenando logo o mesmo chegou até mim

-A diretora enlouqueceu- ele disse abrindo espaço entre os alunos para que eu pudesse ver o enorme mural, Vi um papel “viagem de boas vindas”... Amanhã?

-MAS COMO ASSIM?- Tudo decidiu sair do lugar hoje? - Onde está o jungkook Tae?- Não é hora mais adoraria que o motivo de seu olho roxo tenha sido um chute que eu provavelmente posso ter dado de madrugada...

-Depois você procura ele, estamos esperando só você para a reunião de monitores a diretora chamou todos nós...- O V nem esperou eu falar nada saiu me puxando pelos corredores, ele disse todos os monitores?
Então quer dizer que o Jimin vai estar lá? Não, não não... Mas que grande e enorme merda, o V atravessou a porta da secretária chamando a atenção de todos, queria ir embora correr dali, no exato momento em que Seus olhos semi cerrados seguraram os meus, minhas pernas estremeceram... Ele tinha um corte pequeno no canto da boca e seu olho estava um pouco roxo em baixo, mas aquele fdp continuava tão...

-Quero a atenção de vocês por um momento!-a diretora sentou-se em sua cadeira e eu a olhei tentando ignorar qualquer coisa ao meu redor... - Como puderam ver  amanhã será o passeio de boas vindas de vocês, não me decepcionem com a organização... Quero todas as listas de alunos e isso para amanhã de manhã . - ela disse enquanto um dos alunos passava um papel dizendo tudo que tínhamos que fazer

“pegar o nome de todos os alunos e a quantia que deverá ser paga”

Ótimo, vou organizar uma coisa que não pode ser perdida, logo eu que só não perco a cabeça porque está grudada...

-Estão liberados agora, sumam daqui!- ela disse virando as costas de sua cadeira giratória, todos os monitores e alunos que estavam em sua sala saíram principalmente o V que saiu correndo por algum motivo me deixando para trás tentei sair dali o mais rápido possível, mas senti que ele estava vindo atrás de mim, meu ar acabou quando o Jimin puxou forte em meu braço, resmunguei baixinho um "Merda"... Fechei os olhos para não encará-lo, mas não deu, jimin estava com o maxilar rigidrígido de raiva, quem deveria estar com raiva era eu... Mas que eu não sabia ao certo o que sentir naquele momento, eu só conseguia lembrar das palavras dolorosas que ele tinha cuspido em cima de mim...

-Porque não atendeu ao telefone?- ele disse baixo tentando manter a calma

-Eu não te devo satisfações, agora me solta!- eu disse puxando meu braço, que saiu fácil de suas mãos, mas ele ainda sim não me deixou ir embora, me prendeu entre ele e a porta de uma das salas
-Responda minha pergunta Hyeri, estava ocupado demais com o JUNGKOOK Para atender minhas ligações? Viu quantas ligações eu fiz? -ele quase cuspiu o nome do Jungkook

-Eu parei de olhar na décima  segunda ligação - minhas mãos tremiam agora... - e falando nisso, o que fez com o Jungkook?-

-você... Você acha que pode me ignorar assim?- ele sorriu nervoso

-Eu não acho jimin, eu posso! E é melhor você me deixar em paz, e deixar o que Jungkook em paz também- De onde eu estava tirando forças para falar daquele jeito com ele... Eu não sei

-porque você... - ele abaixou a cabeça se afastando de mim e se encostando à parede em frente à porta - Porque você se importa tanto com ele?- O que eu deveria falar agora? Porque eu só não vou embora afinal, depois das coisas que ele me disse eu deveria ir embora sim!- Você deveria... Voltar comigo!-
Se existia oxigênio ali eu estava presa em uma bola, porque respirar eu não conseguia

-Você ta me dizendo.. Que depois de tudo que você fez e tudo que me disse, eu deveria voltar para você?- eu ri alto

-Você não tem escolha... Eu posso dizer o que eu quiser com você, e você sempre volta... Sempre foi assim e não vai mudar! Saia comigo hoje à noite. -
Ele sorriu...

-As coisas mudam e você é ridículo se acha que isso vai acontecer... - dei as costas com medo que ele me puxasse novamente, mas ele não o fez...

-Você já viu o Jungkook? Se não sair comigo hoje, ele vai ficar pior... - eu parei sem olhar para trás... Escutei seus passos atrás de mim e logo sua respiração quente no meu pescoço... -Você está muito enganada Hyeri, vai continua a mesma... A Minha disposição -

-Vai se ferrar- disse baixo quando ele passou por mim, apenas fiquei olhando suas costas, seu modo de andar, e me perguntando como eu não vi antes o monstro pelo qual havia me apaixonado... Me encostei na parede e deixei que me corpo escorregasse respirei como se tivesse prendido desde a hora que entrei naquela sala...

Hyeri Of.

Antes de tudo... 4 horas da manhã

Jungkook On

Acordei um pouco cedo ouvindo o
celular da Hyeri tocar, era o jimin, olhei pela janela e não acreditava que aquele cara ainda estava esperando do lado de fora da casa,vi quando ele nos seguiu ontem, vi quando falou aquelas coisas com ela... ele não se cansa, eu já não aguento mais ver a garota que amo sofrer assim, por causa de um idiota como esse. Vesti minhas roupas peguei a chave do carro e desci com cuidado para não acordar ninguém.

-Você não cansa não?- falei de
frente para o cara que um dia já foi meu melhor amigo, ele sorriu sínico

-Está se vingando porque Ela sempre escolheu a mim?- ele disse tocando meu ponto fraco, eu realmente não entendia o porquê dele sempre a tratar assim...

-Me vingando? Ao contrario de você Eu a amo, você só a machucou todo esse tempo... Porque não a deixa em paz?-

-Ela é minha jungkook, querendo você ou não ela sempre vai ser minha!- ele disse dando um passo a frente

-Não é o que parece, quem estava com ela a uns 5 minutos era Eu, e você é só o idiota que ainda corre atrás, isso não é um filme, ela não vai voltar para você no final..- o Gosto de sangue que senti naquele momento me dei mais raiva do que eu jamais poderia sentir ele havia me acertado, tombei para trás, e logo revidei fazendo o mesmo cair na grama mas logo se levantou me puxando pela cintura pelo chão e aderindo vários golpes em mim, revidei a altura, vendo o sangue espirrar na minha roupa.

-CALA ESSA BOCA- Ele gritava enquanto eu o batia, e logo trocou o lugar quando ele conseguiu se levantar e me bater novamente

-Você não pode ama - lá JIMIN-  tentei falar- Não pode... Só vai machucá-la, hoje amanhã e depois, só vai partir o coração DA ÚNICA PESSOA QUE CONSEGUIU TE AMAR... Só vai magoar e matar ela aos poucos- ele parou de me bater ao ouvir o que eu disse ele estava chorando, estava descontrolado, e eu me encontrava na mesma situação, me pegou pela gola

-Não a toque... - falei com falta de Ar- Nunca mais a toque... -

Ele saiu de cima de mim e gritou alto

-Você não entende, então fique fora disso!- ele apontou para mim enquanto falava

-não entendo o que? Porque não escolhe outra pessoa para brincar?-

Ele deu as costas e foi embora andando e ainda com o celular nas mãos, ele ainda estava ligando para ela...

-VOCÊ NÃO PASSA DE UM IDIOTA!- Gritei ainda no chão

Jungkook Of.

Hyeri On

Levantei do banquinho que eu estava sentada e comecei a andar pela escola estava na última aula e eu ainda não sabia o que fazer em relação ao que o Jimin tinha feito... eu não Vi o jungkook ainda decidi não procurar mais por ele, porque as coisas tem que ser assim? Porque tem que doer tanto? Porque eu simplesmente não deixo o Jimin para lá?...
Eu não o amo mais... Eu não quero amá-lo mais, seria o certo.

Passei por uma sala e vi um
garoto sentado sozinho a sala estava vazia, voltei um pouco e quando foquei, era o YoonGi

-Suga... O que você está fazendo aqui sozinho?- entrei na sala e ele voltou à atenção para mim

-Pensando, e você o que faz com a cara inchada?- ele sorriu

-Bom... Pensando também- sentei do lado dele e suspirei alto, ultimamente tenho feito muito isso - Problemas com uma garota?-

-Talvez... Uma mulher que me fez parar para pensar um pouco e foi embora rápido demais!- ele disse abaixando a cabeça, mas logo a levantou e sorriu- Jimin ou Jungkook?-
-OS DOIS, O Jimin não me deixa em paz, e o jungkook... Acho que estou iludindo ele-
-
O jimin é um idiota não consegue parar em um só lugar, mas eu ainda acho que com você é diferente- encarei o suga e ri alto, era impressionante o suga era amigo do Jimin e conseguia xinga - lo com tanta facilidade

-CLARO QUE É- parei um pouco- Eu sou a única que ele trai machuca e acha que ainda tema algum direito sobre mim...-

-Direito não! Mas efeito tem sim, e muito pelo que estou vendo... - ele disse se levantando e me deixando sem palavras- Deveria ir para casa... A aula vai acabar em menos de 5 minutos, talvez qualquer dia desses nos devêssemos sair, eu iria te ensinar a se controlar perto do Jimin, e você ia me dizer alguma coisa bonita sobre a minha garota que foi embora- ele sorriu doce

-Porque não?!- eu disse baixinho e então ele saiu pela porta me deixando ali sozinha com meus pensamentos altos demais.

Fiquei pensativa depois de conversar com o Yoongi, ele tinha razão o Jimin ainda tinha muito efeito sobre mim... Decidi sair da escola sem falar com ninguém não queria dar satisfações pelo menos não agora, também não queria correr o risco de ver o Jungkook sinto que se eu ver ele agora eu vou desabar, o estranho é que ele também não me ligou nem nada, queria tanto saber o que aconteceu com aqueles dois, esfreguei minhas mãos uma na outra para afastar o frio, a fumaça da minha respiração estava bem visível, estava um frio de 12 graus, e aquele uniforme não me protegia em nada.. Já estava um pouco escuro comecei a apressar os passos. Meu telefone começou a tocar de repente, cancelei a ligação assim que vi que era o Jimin, se ele pensa que eu vou aceitar sua ameaça está muito enganado, eu não vou a lugar nenhum com aquele cara.. Guardei o telefone no bolso desligado e continuei andando. Um forte fleche de  Luz acendeu atrás de Mim assim que desliguei o Telefone, não tive tempo nem de entender o que era.


Notas Finais


Gente eu disse que ia colocar o trailer aqui mas adivinhem? Deu problema mas não se preocupem que eu vou ajeitar logo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...