História My Virtual Boyfriend - Capítulo 58


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Namjin, Sugav, Taegi, Vga, Voongi, Vsuga, Yoonhyung
Exibições 778
Palavras 1.044
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hoje tem momento namjin! Eu ouvi aplausos?

Capítulo 58 - Daddy (Namjin)


-Não.

Sinto meus olhos ficarem marejados ao ouvir a resposta dele e abaixei minha cabeça, até ouvir a doce risada dele.

-É brincadeira. É claro que eu aceito!
                
   Suspirei aliviado quando ouvi sua frase e ele me "entregou" a sua própria mão,  abri a caixinha com os aneis e peguei um deles, deixei a caixinha em cima da minha coxa e sorri, logo segurando a mão dele e coloquei o anel no dedo dele, vi um sorriso brotar nos lábios dele e automaticamente um sorriso também se formou na minha face. Eu realmente estou feliz.
Eu estou tão no mundo da lua que nem percebi quando o garoto pegou o outro anel e colocou no meu dedo.(?)

-Eu te amo....

  Sussurrei enquanto me levantava e novamente sorri.

        XXX

    Me remexi na cama e colei meu corpo com o do Yoongi, que dormia igual uma pedra ao meu lado.
Estava fazendo uma semana deste que Yoongi e eu começamos à namorar oficialmente, quando contamos para Jin, Namjoon, Jimin e Hoseok, apenas ouvimos algumas comemorações e algumas frases tipo "FINALMENTE PARARAM DE CU DOCE E PERCEBERAM QUE GOSTAM UM DO OUTRO" e "Agora a chance deles se matarem diminuiu" e outros comentários sem graça.

-Ô seus bando de "vagabundo", tem aula hoje, sabia?

Ouvi a voz do Namjoon e Ri. Que mentiroso da esperma.

         Taehyung (off)

          Seokjin (on)

   -Namjoonnie...

  Chamei ele -que certamente está mentindo para todo mundo falando que tem aula-, e não demorou muito para entrar no quarto e dar aquele sorriso fofo, deixando suas covinhas amostra. Olhei para baixo de uma forma um pouco envergonhada, e escuto os passos dele vindo para mais perto de mim.

-Oh baby boy, você está lindo...

   Ele falou e sorri, levantando minha cabeça.
Eu meio que tenho algumas -várias- roupas femininas escondida em algumas -várias de novo- caixas, e visto elas no quarto. Estou vestindo uma saia um pouco curta da cor rosa bebê e uma blusa até o umbigo branca, meias branca transparente que vai até o joelho e tem um pequeno laço rosinha nas pontas.

-Você acha, daddy?

-Sim, está perfeito.

   Ele falou e antes de mim conseguir responder qualquer coisa, ele fechou a porta rapidamente e me jogou cuidadosamente na cama, começando a desabotoar sua própria camiseta. Calma, meu filho.

     .   Jin (off)
       Yoongi (on)

  Reamunguei alguns xingamentos que saíram totalmente errado, mas não liguei, até ouvir a risada do Taehyung.
-Taetae, me deixa dormir, por favor...

  Pedi baixinho quando o garoto pulou em cima de mim. Uma criança.

-Dormir mais? Você praticamente está virando um móvel desse quarto, não sai daqui e só fica dormindo! Anda, vamos! Quero ir caminhar!

Quantos anos ele tem para querer caminhar essa hora? cinquenta?

-Você disse certo, VOCÊ quer ir caminhar, não eu. Vá sozinho.

   Senti ele sair de cima de mim e o agradeci mentalmente, voltando a fechar meus olhos e descansando, ouvi passos na escada que me incomodou. Merda. Falei na minha mente e logo ouvi os passos de novo, mas dessa vez estavam mais lentos. Taehyung entrou no quarto com um pequeno balde azul e jogou água gelada em mim. Merda, merda, merda. Eu vou matá-lo!
   Respirei fundo e me levantei da cama rapidamente, agarrando o pescoço do garoto e o enforcando. É hoje que mato alguém.

        Yoongi (off)
         Jin (on)

  Comecei a tirar minha blusa lentamente, afinal, diferente de certos Namjoon que já está totalmente nú pela pressa (pressa-1), eu obviamente não estou com tanta pressa (pressa-2) para ter algo grande e grosso dentro de mim. Acho que ninguém tem pressa (pressa-3) para isso.

Sinceramente, acho que nessa casa todo mundo fica viajando nos pensamentos, por que quando "acordei" do Meu Mundo Dos Pensamentos, pude perceber que Namjoon descia a minha saia e distribuía beijos pelas minhas coxas, e eu já estava sem as minhas adoradas meias. Que pena, gosto tanto de vestir elas.
  Gemi baixinho quando senti um selar um pouco demorado perto do meu membro coberto pela calcinha (sim, calcinha). Torturante.
Namjoon me colocou de quatro (vou confessar, adoro essa posição) e sem dar algum aviso, começou à enfiar seu membro duro na minha entrada, soltei um gemido arrastado e fino, e curvei um pouco a minha coluna.

-Shhhhi, melhor segurar os gemidos, baby boy..

   Ele falou e tentei falar um "ok", mas não saiu nenhum som da minha voz. Ele começou a se movimentar lentamente, enquanto dava alguns beijos na minha costa, agarrei o lençol com força quando ele passou a se movimentar mais rápido e mais forte, me fazendo mover meu quadril para trás em busca de mais. Eu necessito de mais. Mordi meu lábio com força, tentando segurar meus gemidos que insistiam em sair, e sem perceber, deixei um escapar.

-Uhn, o daddy mandou você não gemer, mas parece que você me desobedeceu...

Ele falou e começou à dar tapas na minha bunda enquanto me estocava com mais força. Sinto que não vou andar amanhã, mas tudo bem.

  Depois de mais alguns minutos, ouvi um gemido alto escapar dos seus lábios, e não demorou muito para ele se desfazer dentro de mim. Ele tirou seu membro de mim (já chega né? Está irritante) e se deitou ao meu lado, enquanto nós dois respiramos ofegante, ele viu que ainda não cheguei ao meu ápice e sorriu de um jeito que não consegui saber o que ele quis "disser", até sentir sua mão no meu membro o masturbando, e não demorou muito para eu gemer alto e  gozar na mão do mesmo.

-Jin, hoje eu vou te fazer gozar mais de duas vezes.

    Jin (off)
    Taehyung (on)

-Me solta pelo amor de Deus!

    Gritei enquanto o garoto segurava meu pescoço com força. Eu estou quase perdendo o ar!

-Então pede desculpa, caralho!

   Yoongi gritou também e segurei os braços dele, tentando afastá-lo, mas vi que não daria certo e desisti.

-D-de...s..culbspax.

Tentei falar "desculpa" mas infelizmente, não saiu nada a menos do que uma palavra que só Deus para entender mesmo.
   Respirei fundo quando o garoto me soltou e o abracei.

-Você quase me matou! Quer matar seu namorado? Seu doido!

  Vi ele concordar com a cabeça e dei um tapa forte no braço dele, fazendo ele soltar um gritinho fino de dor. Porra Yoongi, cadê sua pose de macho?


Notas Finais


Sou muito filha do Namjoon, acabei com a cena namjin na melhor parte.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...