História My Virtual Girl.. - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Amor, Camila Cabello, Camren, Camz, Camz Da Lolo, Drama, Lauren Jauregui, Lolo, Romance, Sexo
Visualizações 232
Palavras 1.770
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 30 - Capítulo 29


Point Of View Camila Cabello| 25 de setembro de 2014| 06:15 A.M |Miami, Florida.

Acordei sentindo beijos por meu pescoço, estava tão bom que eu não queria sair dali, então tratei de fingir que estava dormindo.

_ Eu sei que está acordada! _ Lauren sussurra em meu ouvido.

_ Não estou não! _ resmungo emburrada.

Eu só queria curtir mais os carinhos de minha namorada, sem precisar sair correndo, era pedi muito?

Ontem foi tão maravilhoso, mesmo ela dizendo que nunca tinha feito com uma mulher, se saiu muito bem, bem demais.

Queria tempo parasse, e pudéssemos ficar ali, nos amando o dia inteiro, sem interrupções, mas tínhamos compromissos.

_ Precisamos levantar princesa! _ fala

_ Mas está tão com aqui! _ mumurro, sentindo suas mãos, deslizando por cada curva do minha barriga.

Nós encontrávamos nuas ainda, ficamos tão cansadas ontem a noite que apenas dormimos agarradas, sem nos preocupar com o banho.

Não sentia vergonha de estar assim em sua frente, a fase de não gostar de meu corpo, se foi a muito tempo, eu me amava do jeito que eu era, ainda mais carregando uma vida, e Lauren parecia da mesma forma.

_ Hoje eu não tenho faculdade, ficarei na empresa até meio-dia, o que acha de fazer algo depois do almoço? _ indaga

_ Perfeito, falarei apenas com o namorado do Louis, e estarei livre! _ falo.

Já estava tudo totalmente pronto, pretendia falar com Harry, namorado de Louis, pra que agilizasse toda a divulgação, para que assim pudéssemos abrir terça-feira, já que na segunda tinha uma consulta.

_ Já sabe o nome que irá usar? _ indaga

_ Estava pensando em Sun&Moon ou Love Only cafeteria e bookstore! _ digo

_ Eu gostei dos dois, mas prefiro o primeiro! _ fala pensativa.

_ Eu também, agora vamos levantar antes que eu desista! _ digo levantando com cuidado, e notando os olhares de Lauren em meu corpo.

_ Quer tomar banho comigo? _ questiono, já imaginando o que poderíamos fazer naquele banheiro.

Não me julguem, eu havia acabado de descobrir como Lauren é incrível na cama, e eu aproveitaria isso aí máximo, em cada canto da casa se possível.

_ Claro! _ fala Laur se levantando em um pulo da cama e me abraçando por trás, seguimos assim para o banheiro do quarto.

Como ambas só sairíamos as oito, Lauren encheu a banheira, me ajudando a entrar, e entrando em seguida ficando por trás de mim.

Encostei minhas costas em seu peito, sentindo beijos por meus ombros, pescoço e maxilar, era incrível como ela me fazia relaxar com tão pouco.

Fechei meus olhos ao sentir uma de suas mãos próxima a minha virilha, sua outra mão foi pra um de meus seios, enquanto um de seus dedos foram para o lugar que eu tanto almejava.

Ela fazia movimentos lentos porém precisos em meu clitóris, me arrancando diversos gemidos manhosos.

_ Está gostoso amor?  _

Não tive tempo e nem raciocínio pra responder, fiquei minhas unhas na coxa de Lauren ao sentir dois de seus dedos deslizarem lentamente pra dentro de minha fenda molhada.

Lauren realmente gostava de me torturar, pois seus movimentos eram tão lentos, que eu passei a mover meu quadril de encontro ao seus dedos, eu queria gozar e logo.

_ Laur.. m-mais rápido.

Ela massageava meu seio, enquanto mordia ou chupava meu ponto de pulso.

Com certeza aquilo ficaria marcado, mas eu não me importava nem um pouco.

_ Me responda quando eu perguntar, assim eu concedo o que você tanto quer! _ diz em um tom autoritário.

_ Oh Dios, Sí! _falo ofegante.

_ Ooh camz, Cómo quieres que te joda? _ sussurra de forma sexy.

Oh merda, aquela voz extremamente rouca, falando em espanhol era minha ruína.

_ Pero rápido, me jode con fuerza! _ peço.

_ Así? _ fala aumentando as estocadas, dessa vez com força e rapidez, empurava meu quadril, para senti-la mais fundo, os movimentos se tornaram tão intensos, que a água da banheira começou a molhar o chão.

Sentia meu ventre formigar, e meu sexo contrair em seus dedos.

_ Vem pra mim meu amor! _ fala Lauren e assim gemendo alto, eu me desfiz em um orgasmo intenso, sentindo meu corpo relaxar nos braços de minha namorada.

Lauren se retirou de dentro de mim, segurando meu rosto e me beijando apaixonadamente.

_ Você é maravilhosa amor! _ fala mordendo meu lábio inferior.

_ Você é mais! _ falo sorrindo.

Assim terminamos nosso banho, e depois de um café reforçado para repor as energias gastas, enfim saímos de casa.

(...)

Lauren estacionou na frente da cafeteria algum tempo depois.

_ Tenha um bom dia! _ digo abrindo a porta.

_ Cadê meu beijo? _ indaga Lauren me impedindo de sair.

_ Oh sim! _ falo me inclinando para alcançar seus lábios, eu tinha a intenção de lhe dar apenas um selinho, mas Lauren foi além, enfiando sua língua em minha boca, iniciando um beijo quente.

_ Agora sim! _ sussurra próximo ao meu rosto.

_ Safada! _ resmungo

_ Sua culpa, ninguém mandou ser gostosa! _ diz rindo.

_ Você já se olhou no espelho? porque meu Deus! _ falo

_ Somos gostosas, isso é um fato! _ fala

Me assusto com batidas na janela do carro, abaixo o vidro me deparando.

_ Parem de se comer, Harry precisa ir ao trabalho ainda! _ diz ele e vai até um rapaz alto, bem bonito por sinal.

_ Ele é bonito! _ fala Lauren e eu olho pra ela com as sobrancelhas arqueadas.

_ O que? Não me olha assim, eu só disse a verdade! _ diz dando de ombros.

_ Tanto faz! _ digo pegando minha bolsa e saindo, batendo a porta com força.

Talvez meu ciúme seja um pouquinho demais, eu não tenho culpa.

_ Desfaz esse bico, eu amo você! _ diz se curvando sobre o banco do passageiro fazendo uma carinha fofa.

_ Também amo você! _ digo sorrindo, era difícil resistir a esses olhos e esse sorriso.

Me aproximei dos dois homens, assim que Lauren sai com o carro dali.

_ Bom dia! _ cumprimento os dois.

_ Bom dia Srta Cabello! _ fala Harry formal.

_ Menina a noite foi boa, não é? _ Fala Louis tocando meu pescoço.

_ Lou! _ repreende Harry.

_ Já estou acostumada com esse ser, não se preocupe, e pode me chamar de Camila ou Mila, esqueça a formalidade! _ Falo tranquilizando o rapaz que ficou vermelho por causa do namorado.

_ Viu amorzinho, ela é super legal! _ fala Lou

_ Sou mesmo, agora abre isso aqui, que minhas costas já estão doendo! _ resmungo.

Não estava acostumada com aquele peso, mas saber que meu pequeno ou pequena estava se desenvolvendo bem, eu poderia aguenta.

_ Já sabe o sexo? _ indaga Harry se referindo ao bebê, enquanto caminhava ao meu lado pra dentro da cafeteria.

_ Segunda, tenho uma consulta, irei descobrir, só espero que dessa vez esse serzinho colabore! _ falo alisando minha barriga.

_ Eu acho que é uma menina e das calmas, porque até agora não se mexeu, não importa o quanto eu fale e alise essa barriga! _ resmunga Louis.

_ Vai ver ela não goste de você! _ provoco rindo.

Eu sentia alguns movimentos de maneira bem leve, a primeira vez que eu senti, chorei muito, Lauren ficou até preocupada, mais assim que eu contei o motivo ficou tão feliz quanto eu.

_ Mas que calúnia, todos gostam de mim! _ fala ele indguinado.

_ Menos amor, já tentei convencer esse cabeça dura a adotarmos uma criança, mas ele sempre da pra trás, já estamos juntos a tanto tempo!  _ resmunga Harry.

_ Acho uma linda atitude, tem tantas crianças sem um lar, porque você dar pra trás? _ indago olhando para Louis.

_ Em minha defesa, eu não sei cuidar nem de mim, imagina de um bebê ou criança! _ fala

_ Vai por mim, adotem, meu bebê ainda nem nasceu, e eu já o amo de uma maneira inexplicável, é uma experiência incrível! _ falo.

_ Eu vou pensar, prometo amor! _ fala Louis olhando pra Harry que sorriu e me agradeceu em seguida.

Fomos para meu escritório, e dessa vez começamos a conversar sobre o nome e divulgação, Harry entendia bem do assunto, então rapidamente tudo foi resolvido.

_______&_______

Point Of View Lauren Jauregui.

Cheguei ao trabalho radiante, a noite de ontem foi maravilhosa, mesmo que  a princípio estivesse receosa, foi incrível, com toda certeza entraria para os melhores momentos da minha vida.

_  Posso saber o motivo desse sorrisinho? _ indaga meu pai.

_ Camila, quem mais seria? _ falo suspirando.

_ Essa garota te fisgou de vez! _ conclui Mike.

_ Realmente, eu a amo, e amo aquela criança pai, e enfim encontrei um lugar que eu me sinto bem, e é nos braços dela! _ digo de forma sincera.

_ Eu vejo isso em seus olhos, e espero que você seja muito feliz com sua família filha, porque é isso ! _ fala ele

Depois dessa breve conversa meu pai e eu nos concentramos no nosso trabalho.

Meio-dia​ em ponto, fui liberada, e seguir pra cafeteria, buscar Camila pra almoçarmos juntas.

Chegando la, Camila já me esperava em frente ao prédio, ao lado de Louis.

_ Hey amor! _ digo lhe dando um selinho assim que ela entrou.

_ Oi Laur! _ fala.

_ Você está bem? _ indago antes de dar partida no carro.

_ Sono, e dores nas costas! _ mumurra.

_ Já que é assim, vamos pra casa, você toma um banho, e ficamos por lá mesmo assistindo filme! _ falo.

Não importava o lugar, se estivesse com ela já valeria a pena.

_ Tem certeza Laur? _ indaga.

_ Sim camz! _ falo.

Seguimos pra casa conversando coisas aleatórias, e subimos para o apartamento, pedi para que ele fosse tomar seu banho, enquanto eu fazia algo para comermos.

Fiz uma macarronada, e um suco de morango.

Corri para o andar de cima, e como minhas coisas continuavam no outro quarto, fui até o mesmo, e tomei um banho, vestindo uma roupa leve.

Ao descer encontrei Camila arrumando a mesa para poder comermos.

E pela sua expressão, ela parecia mesmo com sono, almoçamos em silêncio, deixei a louca para lavar depois, agora eu curtiria um pouco minha mulher.

Subimos, e deixei a cama o mais confortável possível para ela, devido as suas costas, fechei as cortinas, liguei a TV, e me deitei ao seu lado.

_ Amo está assim com você! _ diz contra o meu pescoço.

_ Eu também, obrigada Camz! _ falo

_ Pelo que? _ indaga curiosa.

_ Por ter aparecido na minha vida, por uma simples mensagem sua, ter me trago felicidade! _ digo.

_ Oow amor, se eu soubesse que uma mensagem iria nos unir tão intensamente, teria feito isso a muito tempo! _ 

_ Tudo acontece no seu tempo, E eu não me importaria de viver tudo novamente, pra no fim eu ter você! _ digo.

_ Não me faz chorar, amo tanto você! _ resmunga com a voz embargada.

_ Oow princesa, amo vocês! _ digo depositando um beijo em sua testa.

A base de muito carinho, enquanto víamos o filme, finalmente ela pegou no sono.


Notas Finais


Comentem...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...