História My world - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, Little Mix
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Jade Thirlwall, Jesy Nelson, Leigh-Anne Pinnock, Luke Hemmings, Michael Clifford, Perrie Edwards, Personagens Originais
Tags 5 Seconds Of Summer, Little Mix, Luke Hemmings, Perrie Edwards
Exibições 19
Palavras 1.353
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Festa, Hentai
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Forgiveness Project


Fanfic / Fanfiction My world - Capítulo 3 - Forgiveness Project

-Você acha mesmo que ficaria com você? Foi tudo o que eu e seu irmão combinamos! - dizia Luke. Todos nos olhavam, alguns riam. Vamos lá Perrie de dois anos atrás, volte! Estou precisando de você!
-Fui burra… - disse com a cabeça baixa.
-Você sempre foi Perrie! Eu e você? MUITO provável - diz irônico.
-Fui burra em achar que você poderia me ajudar, porém, você é tão intui! A Perrie que todo mundo acha que é certinha e nerd, simplesmente não existe! Como você vai contar a todos que você iludiu uma pessoa que não existe? Eu tenho dó de você Luke. - ele ficou calado. Olhei ao redor, sorri e fui para o meu quarto.

-Perrie me desculpa! Eu te amo! Deixe eu me explicar! - diz Luke chorando.
-Fala logo!
-Eu fiz isso tudo por popularidade no inicio, mas depois eu descobri a pessoa incrível que você é e me apaixonei! - o loiro diz. Eu já estava com algumas lagrimas caindo.
-Por qual motivo você me humilhou na frente de todos?
-Ethan me forço. Se eu não te humilhasse na frente de todos ele iria contar meu maior segredo.
-Você me magoou por causa da porra de UM SEGREDO!
-Eu não queria que você pensasse coisas horríveis sobre mim!
-Qual é o segredo? - pergunto brava
-Minha mãe não morreu em um acidente de carro, eu deixei a casa pegar fogo sem querer e eu não sabia que minha mãe estava no quarto. Eu à matei Perrie…

Acordo suando e tremendo. Odeio sempre ter que sonhar com o Luke e odeio ter caído na dele, porém, eu simplesmente não odeio ele. Eu não consigo odiar ele. Eu me perdi, achei que Luke poderia ser Jade, mas só existe uma Jade na minha vida. Só existe uma pessoa que vai sempre entrar no meu quarto pela janela, vai me fazer rir, ser quem eu sou, sentir o que eu quero sentir, cantar, me aceitar e me amar. Jade não é só a minha melhor amiga, ela é quem eu sou e sem ela eu não consigo ser eu mesma. Saio dos meus pensamentos com a porta do quarto sendo aberta bruscamente.

-Pronta para tudo voltar ao normal Perrie? - Grita uma criatura morena com uma mala, Jade. Pulo da cama e dou um super abraço nela. Desabo em lagrimas.

-Eu senti tato sua falta - Falo com a voz falha.

-Ei ei ei! Sem chorar! Vai trocar de roupa, hoje vai ser o melhor dia de todos! - diz rindo. 

Vou ao banheiro coloco um cropped branco, uma saia até o joelho azul marinho, uma jaqueta jeans e um all star preto com salto. Faço uma maquiagem básica, corretivo, pó, delineador e marcará de cilios. Saio do banheiro e me deparo com três garotas, Jade, Jesy e Leigh-Anne. Abro um sorriso enorme, elas me abraçam e começam a me fazer um monte de perguntas o que me fez rir.

-Chegou a hora de pisar nas pessoas dessa escola - Anne disse e todas gargalhamos.

-Principalmente esse tal de Luke! - Jess disse e eu gargalhei.

-Vamos encontrar os outros! - disse animada. elas concordaram e nós saímos do quarto rindo, indo em direção ao corredor principal da escola. Quando chegamos no corredor, todos estavam cochichando, dentre essas pessoas, uma se destacou. Erick, que gritava meu nome.

-PERIE! - berrou me agarrando - você cresceu tanto Pezz! - eu gargalhei.

-Onde está o Lucas e o Zay? - digo gargalhando.

-Estou aqui Perrie! - dizem juntos sorrindo.

-Eai, caras! - digo seria, mas logo abro um sorriso - Eu também senti falta de vocês! - eles sorri e me abraçam.

-Oi mana - diz Medison cínica - Não vai me apresentar seus amiguinhos?

-Não! Agora se me der licença temos que arruar as coisas para a aula. - Madison revira seus olhos e sai. 

-Agora é história, já sabiam né?! - pergunto e eles sorriem em resposta. Vou até o armário e pego o material.

Ficamos conversando um tempo, e claro, com varias pessoas nos olhando. O sinal havia tocado, nós conversamos mais 5 minutos e fomos para a aula. Chegando lá, estavam todos sentados, os meninos, Jess e Anne, se sentaram e ficou só eu e Jade na porta cobrindo os olhos.

-Você acha que ele está aqui? - pergunta Jade.

-Eu vou lá saber? É o seu pai Jade! Uma espiadinha? 

-Sim! - diz nervosa.

-Um, dois, três - tiramos a mão dos olhos e olhamos para a mesa do professor. Era isso o que eu queria!

-Yey! - comemora Jade.

-Obragado garotas, entrem! - fomos para o lado dele - sentem em seus lugares! - diz, nós sorrimos e sentamos. Nas primeiras carteiras juntas, como de costume.- Como já devem ter percebido, eu não sou o professor de história do qual vocês estão acostumados, pois bem, eu sou o novo professor de história. Eu juro que as minhas aulas não são chatas.

-Eu não acredito professor! - diz meu irmão.

-Vou fazer vocês todos acreditarem, principalmente você Dilan! - o professor falou.

-Acho difícil! E como sabe meu nome? - pergunta o loiro desconfiado. Olho para Erick, Lucas e Jade, em sinal de aviso. Me levanto e fico ao lado do Sr. Trirlwall.

-Eu disse para ele! Edward não é chato, para falar a verdade, ele é o melhor professor que eu já tive! Ele consegue transformar história na minha vida. 

-Hora da aula começar! mostre para eles o seu talento profinho - Reviro os olhos e sento. Edward escreve no quadro “Perdão”

-Na história. Países vão à guerra. É o que normalmente estudamos aqui. Mas hoje vamos conversar sobre paz, perdão e como chegamos lá. Eu tenho boas ideias, as vezes.

-O que pode acontecer se eu não pensar por vocês? - pergunta Erick.

-Erick, eu te perdoo! - o professor fala.

-O que eu fiz? - pergunta calmo.

-Eu te perdoo também! - diz Zay.

-O que eu fiz? - o seu tom se torna preocupado.

-Você sabe o que fez! - Lucas responde.

-Eu me sinto melhor agora que te perdoei. E você? - Edward pergunta para Erick.

-Me desculpe se eu te machuquei. O que eu fiz? - perguntou mais uma vez desesperado.

-Classe, hoje vamos vamos começar o projeto do perdão. Nossa história não só sobro o que nós fizemos. Como nós crescemos vem do reparo do que fizemos, e como perdoamos o que foi feito para nós. Peguem um papel! - conclui o professor. Todos seguem o que o professor falou - Peguem um papel, expressem sentimentos. Essa vai ser uma das coisas mais importantes que vocês vão fazer. Vocês vão perdoar alguém!

-O que isso tem a ver com história? - pergunta Luke. Senti um leve arrepio.

-Isso não importa. A escola mandou eu fazer um projeto, eu tive essa ideia.

-Como eu perdoei meu irmão por ter quebrado meu CD da minha banda favorita? - pergunta Jesy ao professor.

-Aquilo não foi perdão Jesy!

-Porque não?

-Por que você não superou! Bom, não tem ninguem em sua vida que vocês querem perdoar? Mudem sua história.

-Querido irmão, o destruidor de CD’s de ótimas bandas. - diz Jesy. Eu só olhei para o papel.

-Perrie? - o professor pergunta - Não quer perdoar ninguém?

-Não!

-Não acha que agora seria um bom momento? - pergunta Lucas - Não quer perdoa-los um dia? Você está tendo uma ótima oportunidade!

-Lucas, eu te perdoo por se intrometer na minha vida! 

-Sério que ninguém está se perguntando sobre o comportamento da Perrie? - pergunta Nial irritado - Eu já sabia que isso iria acontecer, eu devo uma explicação. Mas o tempo perfeito para contar vai ser depois da aula. O dia só está começando!

-Desculpa - digo baixinho, com certeza ninguém ouviu. Tive uma ideia! Peguei meu lápis e comecei a escrever

Querida Perrie.
Eu te perdoo por ter mudado completamente quem você é, ter se humilhado, se destruído e por acreditar nas coisas. Essa vai ser de longe, uma das coisas mais importantes que eu vou fazer na minha vida, me perdoar.

 

 


Notas Finais


Eu sei que está tudo bagunçado, mas no próximo cap vai ficar tudo mais claro.
bjs estrelinhas especiais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...