História Mysterious Bieber - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Justin Bieber
Personagens Ariana Grande, Justin Bieber
Tags Ariana Grande, Justin Bieber
Visualizações 278
Palavras 1.903
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIE AMORES DA MINHA LIFEEE!! TO DE VOLTA HAHAHA. FIZ UM CAP GRANDINHO ATÉ PARA VCS, ESPERO QUE GOSTEM, BOA LEITURA E ME DESCULPEM QUALQUER ERRO! SZ

Capítulo 11 - Capítulo 11- Catching Feelings


P.O.V's Ariana Grande


Acordei com a luz do sol invadindo minha vista e com uma dor de cabeça desgraçada.

- Isso que da beber muito... - pensei comigo mesma enquanto criava coragem para abrir meus olhos por completo e me levantar da cama.

Depois de muito custo me levantei da cama e fui ainda com os olhos meio fechados em direção ao closet. Por conta de estar com os olhos ainda um pouco fechados matei meu dedinho mindinho, ou seja, bati ele em uma quina.

- PORRA! - Gritei de dor e segurei meu pé, sendo que acabei me desequilibrando e caindo de bunda no chão - AI PORRA, MINHA BUNDA! - Choraminguei ainda atirada no chão frio do quarto.

Alguns minutos depois de me lamentar e perguntar o porque sou tão trouxa, me levantei do chão e terminei meu percurso até o closet. Escolhi uma roupa e a deixei em cima da cama quando sai do closet. Caminhei em passos lentos até o banheiro e me despi após fechara porta do mesmo. Entrei no box, liguei o chuveiro e comecei a meu maravilhoso e relaxante banho com a água morninha.

Quando terminei meu banho, me sequei e sai do banheiro com a toalaha enrolada em meu corpo, peguei a roupa que havia escolhido, vesti e sai do quarto indo depois para a cozinha.

- ABAIXA QUE É TIRO! - Gritei fazendo uma "arminha" com as mãos apontando em direção ao Chaz que deu um pulo ao ouvir meus berros e deixou cair seu cereal no chão, o deixando completamente sujo.

- PORRA ARIANA! - Ele gritou enquanto colocava a mão sobre o peito, eu só conseguia gargaçhar da situação.

- ASSALTO? INVASÃO? CADÊ ESSAS PORRA? - Bieber gritou com uma arma na mão ao adentrar na cozinha. Chaz e eu nos entreolhamos e caímos na gargalhada.

- Calma Drew - Chaz se pronunciou depois de longos minutos rindo. E... Interessante, o nome do Bieber pode ser Drew. Drew Bieber?

- Vocês me acordaram seus merdas, quem começou com a gracinha? - Bieber parecia irritado, como sempre...

- Fui eu, não culpe o Chaz - Dei de ombros e abri a geladeira afim de pegar algo para comer - Vocês não fazem compras a quanto tempo?! - Olhei para eles. A geladeira estava praticamente vazia, só tinha algumas bebidas e algumas outras besteiras.

- Sei lá, somos donos de uma gangue e não de uma cozinha - Ironizou Bieber.

- Eu não tenho mais o que comer, já que alguém derrubou a única coisa que me restava - Chaz jogou a indireta com sucesso enquanto eu segurava o riso.

Segurar o riso agora foi meio que difícil, já que Bieber havia acabado de escorregar no cereal e cair de bunda no chão. Foi de imediato, começei a rir.

- CARALHO, VÃO LIMPAR ESSE CHÃO! - Bieber berrava alguns xingamentos e eu e Chaz riamos que nem dois idiotas retardados. Bieber se levantou do chão e sua roupa estava completamente suja, mais motivos para mais risadas.

- Ariana, de uma de cozinheira e faça algo para eu comer - Chaz pediu fazendo a típica cara de cachorrinho abandonado na chuva.

- Quer que eu faça o que? Panquecas de biscoito com vodka? - Fui sarcástica - Vocês precisam fazer compras de verdade e parar de comer só porcarias - Completei

- Vai no mercado então com o Chaz, "senhorita fitness" - Disse Bieber fazendo aspas com os dedos em senhorita fitness.

- Vai você com ela - Chaz meio que reclamou de ter que ir no mercado.

- Se eu pudesse sair sem ninguém até diria o "eu vou", porém, a vida nem sempre é como queremos... - Falei

- Ta aprendendo direitinho - Bieber sorriu falso e eu retribui o sorriso da mesma forma, falsamente...

- Ok, ok, vamos nós três então - Chaz sugeriu e eu assenti. Bieber reclamou um pouco mas depois assentiu também e subiu para o seu quarto, provavelmente para tomar um banho já que o mesmo estava com a roupa toda suja de cereal.

[...]

- Bieber, posso te pedir uma coisa? Sabe, nem vai fazer diferença na sua vida - Perguntei enquanto o olhava dirigir em direção ao supermercado.

- Ja está pedindo algo, Ari - Chaz riu e eu o fizilei com os olhos.

- Peça, mas não garanto nada... - Bieber deu de ombros.

- É que... Amanhã é aniversário da minha melhor amiga, eu iria comemorar com ela se pudesse mas esquece, eu queria apenas poder fazer uma ligação para ela. Só uma ligação, dizer o "Feliz aniversário, tchau" e... - Eu ia continuar a falar e falar mas fui interrompida por Bieber cortando minha fala.

- Não - Curto e grosso

- Por favorzinho... - Meio que implorei

- Deixa ela Drew, é so uma ligação para a melhor amiga - Chaz tentou me ajudar mas parecia que nada no mundo faria Bieber mudar de idéia.

- Já disse que não, caralho - Bieber se pronunciou após minutos de insistência minha e até um pouco de Chaz também.

- Eu deixo você ficar do meu lado enquanto falo com ela, deixo a ligação até no viva-voz, eu juro que falo com el apenas 5 minutos... - Implorei mais uma vez.

- Ok, apenas 5 minutos... - Bieber finalmente concordou me fazendo sorrir. Porra eu ia falar com a Demi, fazia muito mais de um mês que não nos falávamos. Eu tinha apenas 5 minutos, mas 5 minutos é melhor que nada né...

Saímos do carro quando Bieber havia acabado de estacionar o veículo em frente ao supermercado, entramos no mercado e vi Chaz já indo para a sessão de salgadinhos e besteiras, porém ele não completou o ato já que eu puxei seu braço e o levei para. Aparte de verduras e frutas, Bieber apenas nos seguia com sua típica cara de cu demonstrando puro tédio de estar ali. Eu sei, isso é estranho, mas eu sempre gostei de fazer compras.

- Ari, você sabe mesmo cozinhar né? - Chaz me perguntou um tanto quanto preocupado.

- Algumas coisas sim - Ri.

- Duvido que eu vá comer isso aí, vai que ela coloca veneno no meu prato - Falou Bieber enquanto eu o fitava rindo irônica.

- Oh burro, da onde eu vou tirar veneno para colocar na sua comida? Ok, é uma idéia tentadora, mas não tem como eu fazer brotar das cinzas - Fui irônica.

- Lembre-se dos 5 minutos com sua amiga... - Ele me lembrou.

- Opa, desculpa pai - Continuei na pura ironia e del língua para ele que revirou os olhos.

- Vocês tem quantos anos? 5? - Chaz perguntou também revirando os olhos.

- Ok, vamos continuar as compras.. - Falei pegando algumas coisas necessárias para a casa. Óbvio que também pegamos alguns salgadinhos e doces, mas não em exagero.

- Acabamos? Eu já não aguento mais - Bieber reclamava de 10 em 10 segundos, assim como Chaz.

- Sim, acabamos - Falei e os dois soltaram um suspiro de alívio. Fomos para o caixa e após pagar pelas compras, saímos do mercado. Colocamos as coisas no carro, entramos no mesmo e Bieber deu partida em direção a mansão.

Como estava um silêncio, liguei o rádio, tocava uma música que nunca havia ouvido na minha vida, mas me surpreendi ao ouvir Bieber cantando.

- I wanna be honest

(Eu quero ser honesto)

I want to be bad

(Eu quero ser mau)

I want to destroy you

(Eu quero te destruir)

I want to move fast

(Eu quero mover rápido)

I want the attention

(Eu quero a atenção)

I want all the cash

(Eu quero todo o dinheiro)

I want all the ass

(Eu quero todas as bundas)

Is it too much to ask?

(É pedir muito?)

Ele cantava cada parte da música e eu continuava meio que sem acreditar, a voz dele era linda...  Em nenhum momento falei algo, apenas fiquei olhando pela janela e ouvindo sua bela voz, a música era bem a cara dele, bem estilo ignorante. Soltei um riso fraco com isso.

- I think to be thoughtful

(Eu penso em ser pensativo)

I know that I’m not

(Eu sei que não sou)

You think I’m a fake

(Você acha que eu sou falso)

And I know you’re a fraud

(E eu sei que você é uma fraude)

- Você canta muito bem, não sabia que você cantava - Falei e no mesmo instante ele parou e desligou o rádio.

- Tem muitas coisas que você não sabe sobre mim... - Bieber disse enquanto olhava a rua pela janela do carro.

- Tipo o seu nome? A sua idade? Quem é Kiara? Como você entrou nessa vida? Porque insiste que eu seja sua? - Perguntei e por um segundo ele me olhou mas nada disse. - Qual o seu nome? Eu estou a mais de um mês convivendo com você e só sei seu sobrenome - Completei.

- Você saber meu nome não vai adiantar em nada na sua vida mas... Meu nome é Jason, Jason Bieber...  - Bieber, pera, Jason disse. Ele bem que tem mesmo cara de Jason.

- Hm... Ok, Jason

[...]

Depois que chegamos, arrumamos (vulgo, eu sozinha) as coisas na cozinha e etc. Agora eu me encontrava no quarto, atirada na cama fitando o teto. Ouvi três batidas na porta e murmurei um "entra", mesmo sem saber quem era. Logo a porta foi aberta e Chris entrou no quarto, fiquei meio surpresa por ele estar ali.

- Er oi... - Falou ele deixando a porta entre aberta e caminhando em direção a minha cama.

- Oi, senta ai - Falei o mais normal possível e assim ele fez, se sentou ao meu lado.

- Desculpa Ari... - Chris disse quase eu um sussurro.

- Pelo o que? - Sim, eu me fiz de desentendida. Chris havia me magoado naquele dia, e muito.

- Você sabe, e eu tive sim um motivo para isso tudo, eu tive um motivo para ter me afastado de você... - Ele dizia tudo olhando no fundo de meus olhos e eu fazia o mesmo com ele, olhava no fundo de seus olhos.

- E qual é...?

- Eu te amo... Desde a primeira vez que te vi percebi que você era diferente das outras, você é linda, é uma boa pessoa, você simplesmente é você... Eu tive que me afastar pois não queria problemas com o Bieber e não queria também acabar com a minha amizade com você, mas eu acho que de certa forma acabei estragando. Me desculpa, eu sei que você provavelmente não vai sentir o mesmo mas... Somente me desculpe - A cada palavra de Chris eu ficava mais e mais boquiaberta e sem saber ao menos dizer uma palavra.

- Chris eu... Eu não sei o que dizer

- Não precisa dizer, apenas me desculpe - O olhei confusa.

- Desculpar pelo o que? - Perguntei.

- Por isso... - Sem nem ao menos ter tempo para responder, ele me beijou, do nada. Eu não sei o que deu em mim, mas retribui, afinal, eu não tinha nada com Bieber.

- QUE PORRA É ESSA AQUI? - Dei um pulo para trás ao ouvir a voz de Bieber no comodo, ele estava lá, parado nos olhando. Chris estava nervoso, e eu também. Bieber não falou mais nada, apenas saiu do quarto.

Chris foi atrás correndo praticamente, e eu fiquei lá, sem saber se ia atrás de Bieber ou não, realmente nós não tínhamos nada mas, eu me senti mal por ele ter visto, eu não sei explicar direto o que senti. Talvez eu estivesse... Pegando sentimentos, sentimentos estranhos, mas... Pegando sentimentos, por ele... Pelo cara que praticamente me sequestrou, pelo cara que me trata mal todos os dias. Isso é estranho, tão estranho quanto meus possíveis sentimentos por ele, por Bieber...




CONTINUA??!


Notas Finais


O que acharam?? Será que a Ari ta mesmo pegando sentimentos pelo Bieber??! Comentem please🙏❤

Obs: A música que eu coloquei umas partes no cap se chama Lurk, do The Neighbourhood. EU AMO ESSA MÚSICA!

Divulguem a fic e comentem também ksksks, vcs são demais 💜💜💜
Bjs da Gabi s2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...