História Mystery Of Life - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dakota, Debrah, Dimitry, Iris, Kentin, Kim, Leigh, Letícia, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Violette
Exibições 16
Palavras 815
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yuri
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Nada a dizer, só aproveite :v
Só lembrando que essa é a parte um do arco das memórias :3

Capítulo 5 - Memórias de Uma Vida Perdida (P1)


Eu me deparei em um quarto de hospital, e minha mãe tinha acabado de entrar pela porta, e comecei a suar frio, ao lembrar da conversa com a Mika.

- M-Mãe?!

- Filha, fiquei tão preocupada! O que aconteceu?! Os professores te acharam no pórão sangrando!

- E-Eu só me lembro de... Alguém, me falando algo sobre guardiões... Do Sol e da Lua...

- M-Mas... Não pode ser.

A mãe de Amy fala, sussurando baixo.

- O que houve mãe?!

- N-Nada, vou ligar para seu pai para avisá-lo do seu estado.

- O-Ok...

Mika tinha razão, minha mãe ficou sem jeito a ouvir isso.

- Querido?!

- Sim? Como está Amy? Foi grave?

- Ela está bem, mas algum insolente falou coisas que não devia à ela, logo ela se lembrará de tudo.

- E o que faremos?

- Provavelmente ela vai perguntar aos colegas depois, então vamos recorrer à eles.

- Ok, até logo.

- Até.

Minha mãe ainda não voltou, queria muito saber o que ela falou com o papai.

- E-Eu... Preciso ir para o colégio...

- Filha! V-Você precisa descansar, já falei com a diretora e ela aceitou te liberar por uma semana.

- Uma semana?! Não posso esperar tudo isso!

- Por quê?

- Eu... Tenho muitas coisas para fazer, e quero me esforçar!

- Sei.

Minha mãe me deixou e assim anoiteceu, eu estava entediada, eu poderia estar sabendo mais do meu passado!

- Eu sei de alguém que sabe mais, eu tenho que sair daqui.

Me levantei devagar e passei pelo corredor, não havia ninguém, o que era bom.

Passei pela recepção, mas para o meu azar, o guarda estava na frente do hospital, justamente por onde tenho que sair.

Tive a incrível para não dizer horrível ideia de ir pelas janelas do segundo andar.

- Ah... Será uma boa ideia?

- Quer saber? Não importa, aí vou eu...

Abri a janela, e me joguei para fora. Quando percebi, estava no chão, caí sobre um arbusto.

- Amy?!

- AHH...HUM!!!

- Cala a boca, tábua. Vão ouvir a gente.

Quando eu percebi, Castiel estava lá, e para que eu não gritasse de susto, ele tapou a minha boca.

- Tábua?! TÁBUA?! De novo com seus argumentos estúpidos sobre o meu corpo?!

De repente, Castiel fez uma expressão de susto, como se eu tivesse dito algo anormal para ele.

- O-O que você disse?!

- E-Eu...

- Você se lembra?

- Eu falei por falar, nem prestei atenção, mas talvez eu esteja me lembrando mesmo. Mika tinha razão...

- Mika?! Você me explica isso depois. Os outros ficarão felizes em saber que você se lembra de alguns momentos, Serenity.

- Não estou acostumada com esse nome...

- Vamos combinar que é melhor que Amy, haha.

- Humf... Bati no braço dele, como uma forma de brincadeira.

- Ok, vamos logo, tem algo que eu quero te mostrar.

- Tá... Mas o que é?

- Só me siga, se quiser saber tudo.

Eu o segui, até uma casa enorme, bem bonita. Algo me diz que eu já ví e entrei nessa casa algum dia...

- Que casa é essa?

- É a casa da Íris.

- Por que estamos aqui? E quem é Íris?

- Íris é nossa amiga e todos se reuniram aqui para fazer com que você veja a realidade da sua vida.

- Oh, então ela é parte das pessoas que eu me esqueci?

- Sim.

- Eu ainda não entendi essa parte do esquecimento... Mika não me explicou sobre isso.

- Você falou com Mika?

- É... É por isso que parei no hospital, pelo visto.

- Ela... Te machucou?

Minhas memórias parecem voltar aos poucos, desde que Mika me contou tudo...

E parece que é a primeira vez que Castiel se preocupa comigo.

- Na verdade, apenas me feriu com uma faca... Nada demais.

- E o que ela te contou?

- Sobre os meus pais verdadeiros, meu nome, que vocês e meus pais sabiam da verdade...

- .... E ela não estava errada, pela primeira vez.

- O que ela tem? Ela parecia sinistra.

- Não é isso que temos que falar sobre agora.

- Vai me esconder mais do que já escondeu? É isso?!

- Não, apenas não é o momento exato.

Parei de perguntar, pelo jeito ele não iria me falar mais nada sobre a Mika.

Eles entraram na casa da Íris.

- Serenity! Quanto tempo...

- E-Eu...

- Ela não está acostumada.

- Oh, desculpa... Bom, sou Íris, você provavelmente não se lembra de mim.

- Infelizmente, gostaria de ter minhas memórias de volta. 

- Você terá, mas temos que explicar o que houve com elas para você.

- Por isso, reunimos todos do colégio que tem uma ligação com você antes de tudo.

- Aqui temos uma lista, para você tentar lembrar deles.

De meninas tínhamos: Priya, Íris, Violette, Melody, Kim, Peggy, Lety e Rosalya. Não vou nem mencionar que disseram Ambre, Debrah, Charlotte, Li e Mika.

De meninos tínhamos apenas Castiel, Nathaniel, Lysandre, Kentin, Armin e Alexy.

- Então... Já que agora estamos todos cientes de quem é quem... Vamos explicar a situação para a Serenity... Ou Amy.

- Quem quer começar?

- Eu.

Quando ví, Kentin levantou a mão, se oferecendo para me explicar tudo. Eu não entendo porquê ele sempre está me ajudando, será que nós fomos melhores amigos?


Continua.... ~





Notas Finais


Espero que tenham gostado :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...